‘Bond 25’: Danny Boyle revela motivo de abandono da direção do novo 007

‘Bond 25’: Danny Boyle revela motivo de abandono da direção do novo 007



O próximo capítulo da franquia 007’ sofreu uma baixa grave que atrasou toda a produção. No caso, o diretor Danny Boyle decidiu abandonar o projeto que já estava em estágios avançados de pré-produção. 

Agora, em entrevista para a Empire, Boyle explica seus motivos para ter deixado o projeto, que basicamente resumem-se ao roteiro.

“Eu aprendi muito sobre mim mesmo com Bond. Eu trabalho em parceria com roteiristas e eu não estou preparado para me separar. Estávamos trabalhando muito muito bem, mas eles não queriam ir nesse caminho conosco. Então decidimos sair, e seria injusto dizer o que era, porque eu não sei o que Cary Fukunaga vai fazer. Eu recebi uma mensagem muito legal dele e lhe desejei boa sorte. “É uma grande pena. Eu achei que o que eu e o John Hodge estávamos fazendo era muito bom. Não estava pronto, mas poderia ter sido muito bom. Você precisa acreditar em seu processo e parte disso é a parceria que eu tenho com um roteirista. É como se alguém chegasse falando, ‘Ei, você vai ter que trabalhar com um montador diferente.”

Um motivo justo?

Segundo o ComicBook, o título do filme pode ser ‘007 – Eclipse‘.

Antes previsto para estrear em 14 de fevereiro de 2020, o filme agora chega apenas em 8 de abril de 2020. Dois meses de atraso para dar tempo de finalizar a pós-produção do problemático filme.

Aproveite para assistir:


Vindos de ‘007 Contra Spectre‘, teremos a volta de Lea Seydoux, Ralph Fiennes Naomie Harris.

Cary Joji Fukunagade ‘Beasts of No Nation‘, dirige.

A Annapurna ficará a cargo dos direitos de distribuição do filme nos EUA, ao lado da MGM. Já a Universal Pictures fica como a detentora dos diretos internacionais.



COMENTÁRIOS