quinta-feira, junho 20, 2024

Cannes 2024 | Com temática queer, BABY, de Marcelo Caetano, está entre os 11 selecionados da Semana da Crítica

Após o anúncio de Motel Destino, de Karim Aïnouz, em competição no Festival de Cannes na última semana, Baby, de Marcelo Caetano, é selecionado para a 63a Semana da Crítica, mostra paralela do Festival de Cannes 2024. O anúncio dos 11 títulos  desta edição foi divulgado nesta segunda-feira, dia 15 de abril. 

Leia mais: Festival de Cannes 2024 | ‘Motel Destino’, do brasilero Karim Aïnouz, Lanthimos, Cronenberg, Coppola competem pela Palma de Ouro

Entre os dias 15 e 23 de maio, os longas serão exibidos nos cinemas em torno do Palácio do Congresso e festivais. Organizada pelo Sindicato Francês de Críticos de Cinema, a mostra competitiva reúne sete filmes de cineastas de primeiro e segundo longa e mais quatro em sessão especial. 

Depois de estrear sua primeira obra, Corpo Elétrico (2017), no Festival de Roterdã, Marcelo Caetano consegue mais uma vez abertura em um festival internacional. Escolhido entre mais de 1000 inscritos, Baby conta a história de uma paixão tumultuada, de uma amizade cheia de desencontros no centro de São Paulo, protagonizado por João Pedro Mariano e Ricardo Teodoro. O filme é uma coprodução entre Brasil, França e Holanda.

Logo após ser liberado de um Centro de Detenção para jovens, Wellington (João Pedro Mariano) se vê à deriva nas ruas de São Paulo. Durante uma visita a um cinema pornô, ele conhece Ronaldo (Ricardo Teodoro), um garoto de programa, que lhe ensina novas formas de sobreviver. Aos poucos, a relação dos dois se transforma em uma paixão cheia de conflitos, entre a exploração e a proteção, o ciúme e a cumplicidade.  

Veja também: Crítica | Corpo Elétrico – cinema nacional representativo 

Nesta terça-feira, dia 16 de abril, será anunciada a lista da mostra paralela Quinzena dos Realizadores, a qual poderá apresentar também uma produção nacional entre os selecionados. Ano passado, a mostra trouxe o lançamento mundial de Levante, de Lillah Halla, o qual  ganhou o Prêmio FIPRESCI, da Federação Internacional dos Críticos de Cinema.

Ainda nesta semana, na quinta, dia 18 de abril, serão anunciados os curtas-metragens selecionados nas mostras paralelas. 

Selecionados da 63a Semana da Crítica do Festival de Cannes 2024: 

Filme de abertura : Les Fantômes, Jonathan Millet (França)
Filme de encerramento : Animale, Emma Benestan (França)

Não deixe de assistir:

Em competição

Baby, Marcelo Caetano (Brasil)
Blue Sun Palace,Constance Tsang (EUA)
Julie Keeps Quiet, Leonardo Van Dijl (Bélgica)
Locust, Keff (Taïwan)
La Pampa, Antoine Chevrollier (França)
The Brink of Dreams, Nada Riyadh & Ayman El Amir (Egito)
Simon de la montaña, Federico Luis (Argentina)

Sessões especiais

La Mer au loin, Saïd Hamich Benlarbi (França)
Les Reines du drame, Alexis Langlois (França)

Mais notícias...

Letícia Alassë
Crítica de Cinema desde 2012, jornalista e pesquisadora sobre comunicação, cultura e psicanálise. Mestre em Cultura e Comunicação pela Universidade Paris VIII, na França e membro da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). Nascida no Rio de Janeiro e apaixonada por explorar o mundo tanto geograficamente quanto diante da tela.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS