CLIMÃO! ‘Bohemian Rhapsody’ ganha dois Globos de Ouro e Bryan Singer é ignorado

CLIMÃO! ‘Bohemian Rhapsody’ ganha dois Globos de Ouro e Bryan Singer é ignorado



Bohemian Rhapsody‘ consolidou seu sucesso tanto nas bilheterias como na temporada de premiações, levando dois Globos de Ouro, nas categorias de Melhor Filme de Drama e Melhor Ator em Drama, para Rami Malek.

Mas, no momento dos agradecimentos, o diretor do longa, Bryan Singer, ficou de fora. Demitido da produção duas semanas antes do fim das filmagens, sua repentina saída teria sido por problemas dentro do set de filmagens. Isso teria levado a uma espécie de climão durante o evento, com o nome do cineasta sendo completamente ignorado tanto pelos produtores, bem como por Malek.

Além disso, há anos Singer é acusado por assédio sexual, tendo sido processado em dezembro de 2017 por um homem que alega que o diretor o tenha estuprado quando tinha apenas 17 anos. Na ocasião, o cineasta negou veemente  as acusações, se referindo a elas como mentiras.

A atitude de se desvencilhar do nome de Bryan Singer aparenta como uma forma de desassociar os demais membros da produção às polêmicas que o norteiam.

 

Aproveite para assistir:


Bohemian Rhapsody‘ é uma celebração exuberante do Queen, sua música e seu extraordinário cantor principal Freddie Mercury, que desafiou estereótipos e quebrou convenções para se tornar um dos artistas mais amados do planeta. O filme mostra o sucesso meteórico da banda através de suas canções icônicas e som revolucionário, a quase implosão quando o estilo de vida de Mercury sai do controle e o reencontro triunfal na véspera do Live Aid, onde Mercury, agora enfrentando uma doença fatal, comanda a banda em uma das maiores apresentações da história do rock. Durante esse processo, foi consolidado o legado da banda que sempre foi mais como uma família, e que continua a inspirar desajustados, sonhadores e amantes de música até os dias de hoje.



COMENTÁRIOS