Conheça muitas curiosidades sobre os filmes 'Tomb Raider', com Angelina Jolie

Conheça muitas curiosidades sobre os filmes 'Tomb Raider', com Angelina Jolie


Pois é, amiguinhos. Lara Croft está de volta! A arqueóloga mais famosa da cultura pop, nascida nos videogames Tomb Raider datados de meados da década de 1990, retorna para seu terceiro longa-metragem para a alegria dos fãs. A personagem, no entanto, está um pouco mudada, assumindo as formas mignon de Alicia Vikander – mais parecida com a nova encarnação dos games. A primeira Croft do cinema, porém, como sabemos foi Angelina Jolie, nas superproduções de 2001 e 2003. Para nos entregarmos à nostalgia, e aproveitar o lançamento do novo Tomb Raider - A Origem, que estreou esta semana nos cinemas brasileiros e pelo mundo, vamos conhecer algumas curiosidades sobre os primeiros filmes da aventureira inglesa. Portanto, apertem os cintos, será uma viagem truculenta!

Angelina Jolie é Lara Croft

Como em todas as superproduções, Lara Croft – Tomb Raider (2001) passou por um processo seletivo para escolher sua protagonista, a atriz que viveria a britânica Lara Croft. Antes de Angelina Jolie ser eleita, no entanto, outras atrizes foram cogitadas. Catherine Zeta-Jones e Demi Moore foram duas das principais atrizes consideradas para o papel.

Além destas duas, Sandra Bullock, Ashley Judd, Drew Barrymore, Kate Hudson, Cameron Diaz, Jennifer Lopez, Gwyneth Paltrow, Christina Applegate, Nicole Eggert, Elizabeth Hurley, e até mesmo Anna Nicole Smith foram consideradas para o papel.



Charlize Theron, Uma Thurman, Liv Tyler e Denise Richards (?!) recusaram o papel da arqueóloga oferecido a elas. Preciso comentar, Denise Richards recusou!? O que ela tinha de melhor para fazer?

Por outro lado, Milla Jovovich, Kirsten Dunst e Fairuza Balk chegaram a fazer testes para viver a personagem. Obviamente, o estúdio não optou por elas. Jovovich viria a viver outra personagem em um filme baseado em games, na franquia Resident Evil, e Dusnt abocanharia o papel feminino principal na franquia Homem-Aranha, de Sam Raimi.

Outra curiosidade é que Jennifer Love Hewitt (Eu Sei o que Vocês fizeram no Verão Passado) foi pega pela “síndrome de Sean Young”. Explico. A atriz Sean Young estava louca na época por um papel nos filmes Batman, de Tim Burton, e para o segundo chegou ao cúmulo de pular vestida de Mulher Gato na frente do diretor em seu escritório. Hewitt também fez campanha intensa para viver Croft no cinema, e mesmo após a saída de Jolie, a atriz seguiu promovendo seu interesse pela personagem, como em 2009 durante um programa na MTV.

Mais perto chegou a atriz e modelo Kelly Brook (Piranha 3D), que estava em negociações para substituir Jolie após sua saída da franquia. O papel terminou com Alicia Vikander neste reboot.

Diretor

Como sabemos, Simon West (Con Air – A Rota da Fuga e Os Mercenários 2) e Jan De Bont (Velocidade Máxima e Twister) dirigiram o primeiro e o segundo filme respectivamente. No entanto, antes de West ser confirmado como o comandante do primeiro filme, Stephen Herek (Criaturas e Os Três Mosqueteiros) seria o diretor. Herek optou por dirigir Rock Star (2001), drama sobre uma banda com Mark Wahlberg e Jennifer Aniston.

Por outro lado, o diretor Simon West trocou a chance de comandar Falcão Negro em Perigo (2001) para fazer o primeiro Tomb Raider. Será que ele fez a escolha certa? Ridley Scott viria a dirigir o filme de guerra.

Reflexo dos Games

Claro que sendo um filme baseado num jogo, o longa precisaria emular muito de sua contraparte. Sendo assim, detalhes puderam ser notados pelos fãs, como quando o mordomo Hillary (Christopher Barrie) se protege com uma bandeja, ou quando Croft (Jolie) pronuncia “A-ha” ao encontrar os lobos no filme – nos jogos a cada item descoberto por ela, a aventureira solta a expressão. Além, é claro, da própria movimentação e postura da protagonista, como sacar as armas no meio de um salto, a forma de mergulhar na água e as cambalhotas para trás – todos movimentos famosos para o jogador experiente. Para tanto, Angelina Jolie precisou de aulas de yoga e kickbox a fim de se preparar para o papel. Ela também aprendeu a manejar as armas.

Outras curiosidades:

Essa é fácil. O pai de Lara Croft, Lorde Richard Croft, foi interpretado pelo próprio pai de Angelina Jolie na vida real, o ator Jon Voight.

Na época, Tomb Raider (2001) foi o filme de ação e aventura protagonizado por uma mulher mais rentável da história, somando mais de US$ 130 milhões em bilheteria nos EUA, e um pouco mais de US$ 270 milhões ao redor do mundo. Atualmente, este valor já foi ultrapassado por Mulher Maravilha (2017), que junta mais de US$ 820 milhões ao redor do mundo.

Angelina Jolie treinou por seis meses para entrar em forma para o filme.

A atriz estava extremamente hesitante em usar os shortinhos curtos da personagem na cena de abertura, na qual ela treina com o robô Simon. Eventualmente ela aceitou usá-los por saber que isso faria os fãs do game felizes.

No vídeo game, Lara Croft tem formas mais curvilíneas que Angelina Jolie na vida real. A personagem fictícia usa um tamanho de sutiã dois números acima que a atriz. No filme, Jolie precisou usar enchimento um número acima do seu, por achar que dois números acima ficaria muito exagerado. No segundo filme, a atriz se recusou a usar o enchimento, e usa sutiãs de sua própria medida.

Foi usada maquiagem para cobrir a grande tatuagem que Jolie possui (ou possuía) no braço perto do ombro. Mas em algumas cenas, como na do chuveiro, pode-se notar a tatuagem coberta.

Falando da cena do chuveiro, originalmente Jolie estaria nua para ficar igual a um momento do game. No entanto, para evitar uma censura maior e continuar com a PG-13, a cena foi cortada, deixando apenas as costas da atriz e a lateral do seio à mostra.

A cena na qual Angelina Jolie dirige o Land Rover pela floresta precisou ser repetida inúmeras vezes. Isso porque o carro é aberto, e cobras, insetos e outros tipos de animais caíam dentro do carro, aterrorizando a estrela.

Angelina Jolie se machucou durante as filmagens do famoso bungee-balé. Ela fez suas próprias cenas, e no primeiro take machucou o tornozelo ao aterrissar de forma errada no lustre. As filmagens precisaram parar e a cena teve que ser gravada novamente após sua recuperação. Foi a própria que garantiu em entrevistas na época.

Lara Croft: Tomb Raider foi o primeiro filme a ser gravado no Camboja, depois de um hiato de mais de três décadas, datando de Lord Jim (1965).

Angelina Jolie levou seus coldres de arma da personagem para casa. Será que foi usado com finalidade erótica?

Angelina Jolie concordou em fazer o primeiro filme por causa dos lugares que ela iria conhecer. Ela se apaixonou pelo Camboja, e acabou se mudando para o local para ajudar em causas sociais. Foi lá também que ela conheceu e acabou adotando seu primeiro filho, Maddox.

Para testar sua saúde mental durante as filmagens, Angelina Jolie fazia exames para drogas. Isso porque existia preocupação por parte dos produtores, já que na época rumores apontavam para o constante abuso de substâncias da atriz, e seu relacionamento polêmico com Billy Bob Thornton.

Para o papel da jovem Lara Croft, foi escalda a atriz mirim Rachel Appleton. Este foi seu único trabalho na carreira.

Os filmes de James Bond (assim como os de Indiana Jones) foram fortes influências na confecção dos games Tomb Raider. Coincidentemente, Daniel Craig, o 007 atual, interpreta Alex West, o parceiro de aventuras de Croft no primeiro filme.

Tomb Raider 2: A Origem da Vida (2003)

Ainda falando em Daniel Craig, o ator não quis retornar para a sequência.

Angelina Jolie é o único membro do elenco nascida nos EUA.

O primeiro filme recebeu críticas por esconder de forma “pobre” as tatuagens da estrela. Assim, nesta continuação, seu braço nunca fica à mostra. Na cena em que aparece de biquíni no início, o braço que não tem tatuagens encobre o outro, nunca focando no braço tatuado.

Como dito, nesta continuação, Jolie se negou a usar o enchimento no sutiã, usando um de suas próprias medidas, dando dimensões mais realistas à personagem.

Um dos dublês de Jolie na continuação era um homem. Ele pode ser notado na cena em que ela e o parceiro pulam com um traje especial, conhecido como “esquilo voador”, do alto de um prédio. Em tal cena não foi usado efeito de computador e tudo foi realmente feito na frente das câmeras.

O segundo Tomb Raider foi lançado exatamente dez anos depois do primeiro filme que Angelina Jolie fez na vida, igualmente uma continuação, a ficção científica de ação Cyborg 2 (1993) – o primeiro longa foi estrelado por Jean Claude Van Damme. Quem diria! A Oscarizada estrela seguindo o rastro do lutador belga.

Por falar em filmes trash cult, muitos afirmam que esta sequência é praticamente uma nova versão de Guerreiros de Fogo (Red Sonja, 1985) – filme que deveria trazer Conan na história, mas devido aos direitos autorais Arnold Schwarzenegger teve que se contentar com um Conan genérico. A trama tanto de Guerreiros de Fogo quanto do segundo Tomb Raider traz as heroínas precisando recuperar um valioso item para um homem poderoso (que irá se revelar o vilão), e em sua jornada contam com a ajuda de um mercenário, que se torna interesse amoroso.

A Origem da Vida foi banido na China, por, segundo os mesmos, “manchar a reputação do país, dando a falsa impressão de um cenário caótico, sem governo, e controlado por sociedades secretas”.

Assim como no primeiro filme, diversos movimentos de Lara nos games foram replicados, entre os mais memoráveis está a cena em que escala e a que salta com vara em direção a um helicóptero.

Na época do lançamento de A Origem da Vida, Angelina Jolie disse que não tinha interesse algum em interpretar a personagem por uma terceira vez. Mesmo assim, existia planos para um novo Tomb Raider com Jolie – cancelados no início de 2004.

Este foi o último Tomb Raider em 15 anos, até o lançamento recente de Tomb Raider – A Origem (em cartaz nos cinemas), estrelando a sueca Alicia Vikander no papel de Lara Croft.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c