Conheça os Atores da série ‘Game of Thrones’ que fazem sucesso também no Cinema

Conheça os Atores da série ‘Game of Thrones’ que fazem sucesso também no Cinema




Não é de hoje que a TV serve de trampolim para o cinema. No passado, atores como Michael J. Fox e Bruce Willis usaram este caminho para se tornar verdadeiros astros do cinema. O que temos hoje com o prestígio de obras feitas para a telinha é o caminho inverso – inclusive de alguns dos maiores nomes das telonas.

Seja como for, esta migração (agora uma via de mão dupla) é um excelente canal para comunicar e unir ainda mais tais públicos e aproximar as duas mídias. Com o sucesso de uma nova série, rostos então desconhecidos podem vir a se tornar as novas celebridades do momento e o caminho natural é que arrisquem um passo maior em produções cinematográficas. Com a sensação Game of Thrones não foi diferente.

Foi encerrada a oitava e última temporada do programa, baseado nos livros de George R. R. Martin, que está no ar pela rede HBO desde 2011 – enaltecido como um dos melhores seriados já feitos (no IMDB, por exemplo, é a segunda melhor série de todos os tempos – ficando atrás somente da minissérie documental Planeta Terra II, de 2016).

Como forma de homenagem, o CinePOP resolveu trazer para você uma lista com os atores de Game of Thrones que conseguiram destaque em suas carreiras também no cinema. Vem conhecer, e não esqueça de comentar dizendo qual seu ator preferido da série.


Aproveite para assistir:


Jason Momoa

É curioso pensar que atualmente o maior nome saído de Game of Thrones é um ator que só esteve no programa durante a primeira temporada. Com seu troglodita Khal Drogo, Momoa conquistou uma verdadeira legião de fãs, que guardam carinhosamente seu personagem dentre os mais queridos do programa. No mesmo ano, o grandalhão substituía Arnold Schwarzenegger no remake de Conan – O Bárbaro (2011).

Mas o divisor de águas (com o perdão do trocadilho) viria mesmo ao aceitar o papel do herói Aquaman no filme Batman Vs Superman (2016) – sua primeira aparição nas telonas. Depois disso viriam Liga da Justiça (2017) e o sucesso absoluto no filme solo do personagem, Aquaman (2018) – que já tem sequência prometida para 2022. O próximo projeto do ator é a reimaginação do clássico literário Duna, no qual viverá Duncan Idaho, previsto para o ano que vem.

Sophie Turner

Diferente de muitos da lista, a ruivinha (agora loira) Sophie Turner permaneceu no programa por todas as temporadas, onde a vimos crescer diante das telas no papel de Sansa Stark. De menina assustada, que teve a boa vida virada do avesso, Sansa tem um dos arcos mais interessantes do programa, se transformando numa mulher forte e empoderada, destemida e temida. Além de ter se transformado em musa de muitos marmanjos.

No cinema, Turner conseguiu destaque (assim como seu colega de elenco acima) ao interpretar uma heroína saída dos quadrinhos: a mutante Jean Grey em sua fase jovem. Sua primeira aparição no papel foi em X-Men: Apocalypse (2016), e este ano a atriz reprisará o papel no adiado X-Men: Fênix Negra, no qual terá importante papel para a trama, que dá nome ao filme. Fora isso, Turner também participou do terror Meu Outro Eu (2013) e do suspense Josie (2018) – ainda inédito no Brasil.

Nikolaj Coster-Waldau

O ator dinamarquês é outro que permanece até hoje como parte do elenco principal do programa – embora muitos quisessem vê-lo morto (em especial de começo). Jaime Lannister, seu personagem na série, é quem desencadeia toda a trama que viria a se tornar a “guerra dos tronos”, na primeira temporada. Ao longo de sua jornada, no entanto, Jaime foi se tornando mais humano, bondoso e justo – deixando o cargo de vilã mor todo para sua irmã, Cersei.

Depois do sucesso com a série, o ator esteve em filmes como o terror Mama (2013), com Jessica Chastain; a ficção Oblivion (2013), com Tom Cruise; a comédia Mulheres ao Ataque (2014), com Cameron Diaz; o thriller dramático Segunda Chance (2014), de Susanne Bier; o drama de guerra Mil Vezes Boa Noite (2013), com Juliette Binoche; e no blockbuster Deuses do Egito (2016). Ou seja, um currículo invejável. Adicionando a ela, seu próximo projeto é Domino, suspense criminal dirigido por ninguém menos do que o lendário Brian De Palma – prometido para este ano ainda.

Emilia Clarke

A baixinha Emilia Clarke é outra que pode agradecer por não ter sido eliminada ao longo das oito temporadas do programa. Muitos caíram pelo caminho, mas sua heroína trágica Daenerys Targaryen, a mãe dos dragões, permanece firme e forte no programa. Ela é a personagem querida com quem muitos se identificam, uma mulher que começou o programa comendo o pão que o diabo amassou, somente para ascender como um dos personagens mais fortes e poderosos da série.

No cinema, a grande chance de Emilia Clarke foi ao viver Sarah Connor em O Exterminador do Futuro: Gênesis (2015), personagem imortalizado por Linda Hamilton em O Exterminador do Futuro 2 (1991). O quinto Exterminador pode ter deslizado em vários quesitos, mas o desempenho de Clarke como a dura mulher é um dos melhores elementos do filme. No ano seguinte, a atriz faria meio mundo se debulhar em lágrimas com o drama choroso Como eu era Antes de Você (2016). Ano passado foi a vez de embarcar em outra franquia monstruosa do cinema com Han Solo: Uma História Star Wars. O próximo projeto da atriz, a ser lançado ainda este ano, é Above Suspicion, do diretor Phillip Noyce (O Doador de Memórias), sobre o primeiro agente do FBI condenado por assassinato.

Peter Dinklage

O ator Peter Dinklage já era conhecido por alguns trabalhos elogiados, como O Agente da Estação (2003) e Sob Suspeita (2006), de Sidney Lumet, antes de sua participação em Game of Thrones. Mas foi devido à popularidade de seu Tyrion Lannister, um dos personagens pelos quais os fãs torciam para sobreviver até o desfecho, que o ator pôde alçar novos voos no cinema. E o desejo do público foi atendido, já que o menosprezado membro da família Lannister realmente chegou ao desfecho do programa vivo – só não sabemos se ele permanecerá assim até o último episódio, já que tudo pode acontecer.

No cinema, alguns de seus trabalhos mais marcantes pós-Game of Thrones foram em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014), no qual interpretou o criador das Sentinelas, Dr. Bolivar Trask; Pixels (2015), comédia com Adam Sandler; o indicado ao Oscar Três Anúncios para um Crime (2016); e um dos maiores filmes da história: Vingadores – Guerra Infinita (2018), no qual interpretou o “gigante” que forja o novo martelo de Thor. Seus próximos projetos são como dublador em Angry Birds 2 (prometido para este ano), no qual dará voz novamente a Mighty Eagle; e Os Croods 2 (2020).

Nathalie Emmanuel

A beldade britânica de 30 anos, não é uma das personagens principais do programa, mas tem participação recorrente desde a terceira temporada. Inicialmente uma escrava, Missandei (sua personagem) foi crescendo e ganhando espaço como conselheira de sua nova Rainha, Daenerys. Na série, ela vive uma das histórias de amor mais queridas pelo público, ao lado do eunuco Grey Worm (Jacob Anderson).

Nas telonas, a grande chance veio ao interpretar a hacker estilosa Ramsey em Velozes e Furiosos 7 (2015) – sendo assim assimilada a uma das maiores franquias da atualidade -, e repetindo a personagem na continuação de 2017. Além disso, também participou de outra franquia famosa, mas em menor escala: Maze Runner, na qual viveu Harriet, em Prova de Fogo (2015) e A Cura Mortal (2018). Os novos projetos da atriz são The Dark Crystal: Age Of Resistence, série da Netflix baseada no filme O Cristal Encantado (1982); e Four Weddings and a Funeral, criação de Mindy Kaling baseada no filme Quatro Casamentos e um Funeral (1994) – prometida para este ano.

Kit Harington

Kit Harington e seu Jon Snow conquistaram tanto o carinho dos fãs, que o roteiro precisou trapacear após tê-lo eliminado, trazendo o personagem de volta à vida. Mesmo sem ‘saber de nada’, o bastardo dos Stark cativou os espectadores, que viam no relutante herói a salvação do trono de ferro. O autor ‘carniceiro’ Martin, que não perdoa ninguém, tratou de dar um fim ao sujeito, puxando o tapete de todo mundo. No entanto, numa manobra que pareceu muito ter sido feita a pedido dos fãs, o seriado trouxe o sujeito de volta.

Não é só por ser o protagonista da série que o ator Kit Harington automaticamente se tornaria o ator mais bem sucedido do programa no cinema. Pelo contrário, temos inúmeros outros exemplos de atores que conquistaram o estrelato nas telonas ao invés de Harington. Nas telonas, Kit tem uma carreira curta, sem grandes trabalhos significativos. O mais conhecido foi Pompeia (2014), filme de ação medieval que protagonizou. Ele também dublou o personagem Eret nas animações Como Treinar o Seu Dragão 2 e 3 (2014 e 2019). Seu próximo projeto é The Death and Life of John F. Donovan, novo trabalho do jovem cineasta Xavier Dolan, já lançado em alguns países.

Lena Headey

Curiosamente, antes da colega de programa Emilia Clarke, Lena Headey havia interpretado a heroína Sarah Connor, mas numa série de TV: O Exterminador do Futuro: As Crônicas de Sarah Connor (que durou apenas duas temporadas, de 2008 a 2009). Como a diabólica Cersei Lannister, a adúltera incestuosa mais odiada da TV, a atriz atingiu outro nível em sua carreira, ganhando grande visibilidade. O que será que o destino reservou para a personagem – não aceitamos nada menos do que uma morte cruel (embora ela já tenha sido humilhada na célebre walk of shame).

Antes de dar vida à Cersei, Headey já havia interpretado uma rainha no cinema, esta muito mais justa e humana, a Rainha Gorgo de 300 (2006), filme de Zack Snyder. Depois disso, já como parte do elenco de GoT, a atriz encarou uma nova adaptação de HQ para o cinema – parte de um universo mais underground – com Dredd (2012). No ano seguinte, viria Uma Noite de Crime (2013), terror de alto conceito que deu origem a duas continuações e uma série de TV. O próximo trabalho da atriz é no drama independente Fighting With My Family, produzido por Dwayne Johnson, que já estreou em alguns países pelo mundo.

Pedro Pascal

O ator chileno é um dos que mais destaque conseguiu no cinema até o momento. Embora tenha ficado apenas uma temporada na série (a quarta), o ator fez com que seu Oberyn Martell se tornasse um dos personagens mais queridos e lembrados, além de trágicos, do programa. Num duelo mortal que tinha muito em jogo, os fãs gelaram no último episódio do qual o ator fez parte. Tanto que permanece como um dos mais citados na maioria das listas de episódios mais memoráveis.

Depois do sucesso em Game of Thrones, Pedro Pascal marcava outro gol ao aderir ao elenco de Narcos, série da Netflix da qual participou das três temporadas. Pascal parece ter tirado a sorte grande e vem emplacando uma superprodução atrás da outra, vide A Grande Muralha (2016), com Matt Damon; Kingsman: O Círculo Dourado (2017); O Protetor 2 (2018); Se a Rua Beale Falasse (2018); e o recente Operação Fronteira (2019). Seus próximos projetos são grandiosos – e incluem Mulher-Maravilha 1984, programado para 2020, e a série do universo Star Wars, Os Mandalorianos.

Gwendoline Christie

A gigantesca loira britânica chamou atenção na série no papel da colossal Brienne de Tarth. A guarda-costas e exímia guerreira jurou lealdade ao clã Stark e durante um tempo protegeu os filhos do casal. No entanto, durante sua jornada, serviu a outros propósitos também, e criou uma relação de amizade (de certa forma) com seu prisioneiro, Jaime Lannister.

No cinema, a atriz abocanhou um papel na maior franquia que as telonas já viram: Star Wars. O lado negativo é que sua personagem em O Despertar da Força (2015) e Os Últimos Jedi (2017), a ditatorial Phasma, nunca tira a máscara – Christie foi escolhida devido a seu tamanho imponente. Ela também havia aparecido no último filme da franquia Jogos Vorazes, A Esperança – O Final (2015). Christie também esteve ano passado em Mentes Sombrias, e seu último filme (inédito no Brasil) foi Bem-Vindos a Marwen, de Robert Zemeckis, também do ano passado.


COMENTÁRIOS