Crítica | Casal Improvável - Charlize Theron e Seth Rogen em DELICIOSA comédia romântica

Crítica | Casal Improvável - Charlize Theron e Seth Rogen em DELICIOSA comédia romântica

Nota:


Todos os anos, dezenas de comédias românticas são despejadas nos cinemas, mas poucas conseguem realmente entreter o público. Com fórmulas batidas e histórias 'água com açúcar', o gênero começou a perder espectadores ao longo dos anos devido ao excesso de clichês e falta de novidades. Salvo alguns casos raros, vide o recente 'Podres de Rico', o gênero deixou de ser garantia de lucro e sucesso para os estúdios.

Para a nossa sorte, acaba de chegar aos cinemas mais uma surpreendente e deliciosa comédia romântica que conquista justamente por inovar a fórmula. Roteirizado por Dan Sterling, do polêmico 'A Entrevista', e por Liz Hannah (The Post: A Guerra Secreta), 'Casal Improvável' (Long Shot) é um sopro de frescor para um gênero cansado.

Protagonizado por um casal pra lá de improvável, a bela Charlize Theron e o divertido Seth Rogen, a comédia quebra paradigmas do gênero ao apresentar uma dupla que aparentemente tem pouco em comum... mas se apaixona perdidamente.

Charlotte Field (Theron) é uma das mulheres mais influentes do mundo. Inteligente, sofisticada e talentosa, ela é uma diplomata poderosa com um talento para ... quase tudo. Fred Flarsky (Rogen) é um jornalista talentoso e livre, com uma tendência autodestrutiva. Os dois não têm nada em comum, exceto que ela era sua babá e foi sua primeira paixão. Quando Fred inesperadamente encontra com Charlotte, ele a encanta com seu humor autodepreciativo e suas lembranças de seu idealismo juvenil. Enquanto se prepara para concorrer à Presidência, Charlotte impulsivamente contrata Fred como seu redator de discursos, para o desânimo de seus conselheiros de confiança. Um peixe fora d'água no time de elite de Charlotte, Fred não está preparado para seu estilo de vida glamouroso e de alto risco.


Aproveite para assistir:


Os melhores momentos do filme vêm da diferença de personalidade dos protagonistas e os conflitos culturais que os dois passam para ficarem juntos, sempre com jogo de cintura e bom humor. A química entre Theron e Rogen é surpreendentemente impagável, e fica bem claro que os dois se entregaram aos seus personagens e às irreverências do roteiro.

Com uma direção ágil e segura, Jonathan Levine ('50%', 'Meu Namorado é um Zumbi') consegue misturar cenas dramáticas e humor sem nunca parecer piegas, entregando uma produção que diverte e apaixona ao mesmo tempo. É uma das mais gratas surpresas do cinema em 2019.

A cereja do bolo fica pela trilha sonora, repleta de canções sucesso dos anos 90. Vai ser difícil sair do cinema não cantarolando It Must Have Been Love do Roxette, a música preferida da protagonista.

Divertido, inovador, ácido e apaixonante, 'Casal Improvável' é um prato cheio para os pombinhos apaixonados.

Assista nossa crítica em vídeo:


COMENTÁRIOS