sexta-feira, maio 24, 2024

Crítica | Cedo Demais – Comédia de Costumes com Thati Lopes e Yuri Marçal mistura Live-Action e Animação

Recomeçar é sempre bom (e importante) na vida. Toda vez que iniciamos um novo relacionamento, um novo emprego, ou viajamos para um lugar que nunca fomos antes: todas essas vezes é um recomeço, pois estaremos conhecendo pessoas novas, outros costumes, outras formas de se fazer as coisas. Às vezes esse novo olhar nos faz enxergar camadas desconhecidas de nós mesmos; às vezes, faz a gente enxergar que aquilo que estamos fazendo não é exatamente o que queríamos fazer e é preciso seguir por outro caminho. O importante é sempre se permitir dar a volta por cima, seguir novos percursos: esse é o mote de ‘Cedo Demais’, comédia jovem brasileira que recentemente estreou na Starplus após um período nos cinemas este ano.

André (Yuri Marçal) e Lucas (Vitor Thiré) são melhores amigos e têm juntos uma empresa de venda de catuaba, que não anda bem das pernas. Mas hoje eles vão celebrar o casamento do outro grande amigo deles, Narciso (Kayky Brito). Ao chegarem no local, André conhece a noiva Dora (Thati Lopes) em uma situação constrangedora: ele, passando mal, ela, com fobia de pássaros. Infelizmente, após a cerimônia, um acidente ceifa a vida de Narciso, e Dora passa a ter que lidar com o luto e as incertezas da vida. Ao mesmo tempo, André precisa entender seus sentimentos por Dora, superar a sua ex, e decidir o que quer fazer de sua vida.

Escrito por Rafael Leal, Manuela Cantuária e Livia Saraiva, o roteiro de ‘Cedo Demais’ acaba seguindo muitas vertentes que desviam o foco da história principal, terminando por confundi-la. Ao decidir por desenvolver a maioria dos personagens com um background, as tramas se misturam sem caminharem juntas pelo objetivo do protagonista, ora centrando a problemática na falta de rumo vocacional de André, ora centrando na sua confusão sentimental. Ainda que a vida real seja bem bagunçada (afinal, ninguém consegue controlar a vida), a não linearidade e a aleatoriedade das coisas desnorteiam o espectador.

Mas ‘Cedo Demais’ tem lindas tomadas aéreas da área de São Conrado, no Rio de Janeiro, e uma vibração quente e primaveril que favorece a beleza estética das cenas, mostrando o quão bonita Thati Lopes fica de noiva ou como uma paisagem relaxante da praia da Urca favorece a leveza dos temas conversados. Dirigido por José Lavigne (que comandou a direção de vários programas televisivos conhecidos do grande público), sua experiência na tv é transportada para o longa-metragem em cenas curtas e diálogos rápidos, entrecortados por piadas que fluem naturalmente – como é na vida real.

Apresentado como comédia romântica,Cedo Demais’ poderia ter carregado mais tanto na comédia quanto no romance. Ao optar por pelo aspecto indeciso e amplo das escolhas juvenis, acaba trazendo um enredo disperso demais, como se fosse um recorte de uma história maior a qual o público não conhece. Com belos cenários cariocas e a participação especial de Bella Camero, Gabriel Godoy e Roberta Rodrigues, destacam-se Thati Lopes e Yuri Marçal, tanto pela firmeza por encararem um protagonismo quanto pela competência em interagirem com cromas que mais tarde se tornaram animais (cachorros, gaivotas etc) feitos em técnica de animação como alternativa para o uso de animais reais. ‘Cedo Demais’ está disponível na Starplus.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS

Recomeçar é sempre bom (e importante) na vida. Toda vez que iniciamos um novo relacionamento, um novo emprego, ou viajamos para um lugar que nunca fomos antes: todas essas vezes é um recomeço, pois estaremos conhecendo pessoas novas, outros costumes, outras formas de se...Crítica | Cedo Demais – Comédia de Costumes com Thati Lopes e Yuri Marçal mistura Live-Action e Animação