segunda-feira, fevereiro 26, 2024

Crítica | Luther: O Cair da Noite – Ótima narrativa que gira em torno de um potente personagem

O confronto contra o caos. Em mais um capítulo da aclamada série da BBC criada por Neil Cross, Luther: O Cair da Noite nos mostra uma Londres em total caos com um criminoso impiedoso realizando assassinatos macabros onde um experiente detetive da polícia britânica, repleto de problemas no seu passado precisará correr contra o tempo para deter as ações dessa mente criminosa. Dirigido pelo cineasta Jamie Payne, o projeto ambientado nos dias atuais, tem como base o dinamismo, a narrativa segue o passo a passo de seus personagens antagônicos no clássico confronto entre o bem e o mal. Nos papéis principais, os ótimos Idris Elba e Andy Serkis.

Na trama, voltamos a encontrar (pra quem acompanhou a série) o introspectivo e brilhante detetive John Luther (Idris Elba) que após ser designado para resolver o desaparecimento de um homem acaba sendo acusado de diversos crimes pelos seus ‘Modus operandi’ do passado. Mas com um implacável criminoso à solta, ele bola um plano mirabolante e contará com a ajuda do seu ex-chefe Martin (Dermot Crowley) e a nova detetive chefe do departamento de polícia Odette (Cynthia Erivo).

A atualidade como plano de fundo de uma caça. Com filmagens em pontos icônicos da capital inglesa, como a praça Piccadilly Circus, em uma Londres do presente, agitada, um jogo de gato e rato é instaurado. De um lado um chantagista que se alimenta dos segredos de outras pessoas que acha pelas redes sociais, um stalker perturbado que alimenta vícios terríveis por meio da angústia alheia. Do outro, um brilhante detetive que ao longo do tempo insistiu em resolver as coisas do seu jeito o que o fez ser julgado e até mal interpretado pela posição de confiança que tinha como detetive da exigente polícia britânica. O antagonismo é marcante, um clássico duelo entre o bem e o mal, onde as reflexões sobre os desenrolares da psiquê, da impulsividade humana, são deixadas como migalhas para uma montagem de um quebra-cabeça existencial desses dois impactantes personagens.

A primeira pergunta que você pode se fazer é: assistir ao seriado primeiro é melhor? Já lhe respondo, não necessariamente. Saber o contexto do seriado te dá um raio-x mais completo desse incrível personagem que teve 6 temporadas eletrizantes ainda numa era onde os streamings não eram tão fortes como nos dias atuais. Mas se você ainda não viu, pode assistir ao filme sem problemas. O roteiro de Luther: O Cair da Noite preza pela objetividade e em um curto espaço já prende sua atenção, passando por ações macabras, chocantes que traça paralelos com o universo obscuro da Dark Web, um lugar onde o anonimato rola solto.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS

O confronto contra o caos. Em mais um capítulo da aclamada série da BBC criada por Neil Cross, Luther: O Cair da Noite nos mostra uma Londres em total caos com um criminoso impiedoso realizando assassinatos macabros onde um experiente detetive da polícia britânica, repleto de...Crítica | Luther: O Cair da Noite - Ótima narrativa que gira em torno de um potente personagem