Crítica | O Segredo de Davi – Um suspense poderoso que não foi feito para o grande público

Crítica | O Segredo de Davi – Um suspense poderoso que não foi feito para o grande público

Nota:

O cinema nacional, conhecido majoritariamente pelas suas comédias, tem se expandido nos últimos anos, ganhando maior destaque por diversos festivais com outros gêneros que não apelam ao grande público do país. Recentemente, tivemos o aclamadíssimo terror 'As Boas Maneiras', com um enredo que focava em lobisomens de uma forma completamente única e intimista, que ganhou bem mais destaque no exterior. 'O Segredo de Davi' deverá seguir pelo mesmo caminho. Com aspecto Hollywoodiano, o filme deve passar despercebido pelo grande público brasileiro, mas é um ótimo esforço do cinema nacional por entregar, mais uma vez, algo que foge do lugar comum.

Na trama, o tímido estudante de cinema Davi esconde um passado sombrio. Ele acaba se transformando num serial killer que fica famoso por filmar as vítimas e colocar na internet. À medida que as mortes acontecem, o seu segredo fica ainda mais ameaçado e fatos aterrorizantes sobre o seu passado começam a vir à tona.

O mais interessante em 'O Segredo de Davi' é ser um filme que precisa ser desvendado. Seu enredo se desenrola lentamente, revelando-se muito mais complexo do que parecia ser à primeira vista. A trama é contada através da perspectiva do Davi, um garoto antissocial com tendências psicopatas, e o roteiro usa esse elemento em seu benefício, tornando o espectador uma verdadeira testemunha do processo de transformação do personagem principal e os seus crimes.



Apesar de seguir por um caminho mais intimista e dramático, o diretor não tem medo de sujar as mãos no quesito violência. Enquanto a maioria das mortes não são destaque na história, há uma cena específica extremamente impactante – muito bem feita, a sequência deixa muito filme de terror no chinelo. E o momento é potencializado com a ótima performance de Nicolas Prattes. O ator está excelente no papel do psicopata Davi, entregando não só uma atuação convincente, como também poderosa.

É necessário, no entanto, prestar muita atenção no desenvolvimento da trama. O roteiro vai deixando pequenas pistas sobre o verdadeiro "segredo" do personagem, e o terceiro ato pode te pegar desprevenido. A última parte do filme destoa um pouco do resto da produção, apoiando-se fortemente em simbolismos – em uma linguagem quase poética –, o que pode facilmente confundir a audiência. Dentre flashbacks, revelações e metáforas, pode ser um pouco difícil identificar o fio narrativo, ainda mais considerando que o roteiro faz questão de deixar algumas questões abertas, cabendo ao espectador sua interpretação subjetiva.

Como já afirmei, esse não é um filme para o grande público. 'O Segredo de Davi' desafia os seus espectadores e não entrega uma trama mastigada. Além disso, o enredo explora narrativas ainda consideradas polêmicas no cenário social brasileiro, que provavelmente se tornariam alvo de controvérsias (caso a produção chegasse às massas). Com quase duas horas de duração, o filme tem um ritmo lento – o que pode incomodar algumas pessoas –, mas se destaca pela ótima construção do personagem principal. Apesar de não ser perfeito, 'O Segredo de Davi' é um filme poderoso, que se arrisca no incomum e faz um ótimo proveito de uma premissa aparentemente simples.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c