Crítica | Os 3 Lá Embaixo - animação para nenhum fã de ficção científica botar defeito

Crítica | Os 3 Lá Embaixo - animação para nenhum fã de ficção científica botar defeito

Nota:

Os Contos de Arcadia, criado por Guillermo del Toro (A Forma da Água), ganhou mais uma parte após o lançamento de Caçadores de Trolls em 2016, que obteve três temporadas. Agora o cineasta conhecido por sua marca na realização de filmes de terror com uma pegada singular e própria, trouxe ao mundo a animação da Netflix em parceria com a DreamWorks chamada Os 3 Lá Embaixo. Lembrando que a terceira parte que tem o nome de Wizards terá lançamento ainda este ano.

Levando o nome de Del Toro, que também assina a direção de dois capítulos, e o de A.C. Bradley como produtor supervisor, aqui é possível acompanhar a história de dois adolescentes da realeza de Arikidion e um guarda costas, o comandante Varvatos Vex (Nick Offerman). Os três precisaram deixar o planeta em que viviam após um golpe de poder feito por um ditador e foram parar em Arcadia Oaks, uma cidade da Terra onde precisam se adaptar aos costumes humanos para se enturmarem o máximo possível enquanto consertam a Nave Mãe (Glenn Close).

A narrativa de Os 3 Lá Embaixo vai direto ao ponto logo no episódio piloto, onde a cerimônia de coroação acontece para logo ser interrompida pelo General Morando (Alon Aboutboul), o executor do golpe. Obviamente, com as cenas de ação bem construídas e um show de cores para deixar qualquer retina encantada, a história prende o espectador nos seus primeiros minutos e só desperta a vontade de entender mais todo aquele contexto.




A trama possui um desenvolvimento espetacular trabalhando com cenas divertidas e até mesmo trazendo um pouco de drama à mesa, dando amadurecimento aos personagens estabelecidos. É importante salientar o quanto a produção brinca com a ideia de seres de outros planetas tendo que se adaptar a alguns costumes e tecnologias atrasadas – como eles dizem – da Terra, realizando assim sutis críticas a certos aspectos do ser humano. Enquanto que, por outro lado, os roteiristas evidenciam o ato de ter sentimentos como saudade, emoção, amor, entre outros, e vão explicando essas situações aos imigrantes. Outro ponto que só torna a narrativa ainda melhor é o conjunto de referências que ela apresenta à cultura POP. Fiquem atentos para enxergar todas!

O time de vozes de dubladores é de despertar ainda mais a vontade de assistir, além de combinarem perfeitamente com os personagens que lhes é cabido: Offerman caiu como uma luva ao interpretar Varvatos, um comandante intenso, disposto a fazer qualquer coisa para proteger os jovens da realeza. Enquanto isso, Tatiana Maslany está excelente sendo a voz de Aja, a Princesa de Arikidion, e Diego Luna também faz um trabalho impecável como Krel, o Príncipe.

O trio protagonista é de se apaixonar logo no primeiro capítulo despertando no público o desejo de ser um humano na cidade de Arcadia, tendo assim a oportunidade de esbarrar com os mesmos. Importante destacar o quanto o vozerão de Glenn Close abrilhanta a Nave Mãe, uma inteligência artificial sempre pronta para resolver as situações e responder as questões sobre a vida na Terra. Um que provoca risadas em qualquer cena em que aparece é Stuart (Nick Frost), apenas aguardem para conferir. O antagonista, General Morando, consegue de fato provocar antipatia naqueles que assistem, desta forma, cumprindo o propósito para o qual foi criado.

Em quesitos técnicos a animação é um deleite para os olhares mais exigentes trazendo um verdadeiro espetáculo de cores, como citei logo no início, e um traço que dá atenção aos detalhes, deixando as feições e os movimentos dos personagens bem próximos ao realismo. Ademais, a trilha sonora é bem pensada e está em sintonia com o todo apresentado pela trama.

Os 3 Lá Embaixo é uma mistura de Star Wars, Star Trek, Battlestar Galactica e Arquivo X para deixar qualquer fã de uma ficção científica de primeira vidrado e sem conseguir parar de assistir. É dessas histórias para ver com toda a família – e para os pais amantes deste gênero iniciarem os filhos no bom caminho.


Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c