Crítica | Safe - Netflix lança ótimo suspense instigante com Michael C. Hall

Crítica | Safe - Netflix lança ótimo suspense instigante com Michael C. Hall

Nota:

Cinco anos após o decepcionante fim da série ‘Dexter’, o astro Michael C. Hall retorna à TV com uma série de suspense que vai te deixar preso na frente da TV do começo ao final.

Criado por um dos principais escritores de suspenses da atualidade, Harlan Coben, a série traz um emaranhado de reviravoltas no melhor estilo Stephen King e consegue chocar a audiência com uma trama cheia de mistérios e um final arrebatador.

A história se passa em um condomínio de luxo no subúrbio da Inglaterra que é extremamente seguro, daí vem o ‘Safe’ do título da série. Porém, como todo bom suspense, todos os personagens tem um obscuro segredo a esconder.



Michael C. Hall interpreta Tom Delaney, um cirurgião que recentemente ficou viúvo e precisa cuidar de suas duas filhas. Quando Jenny (Amy James-Kelly), sua filha mais velha, desaparece – ele embarca numa jornada desenfreada para encontrá-la. A situação se complica quando o namorado dela, o problemático Chris, é encontrado morto.

Enquanto Tom tenta desvendar o mistério, vamos conhecendo os podres de cada um de seus vizinhos, desde uma mãe pedófila até uma jovem traficante de drogas que desencadeia todos os problemas da trama após dar uma festa que foge do controle.

Apesar do sotaque britânico chinfrim, duramente criticado lá fora, C. Hall entrega mais uma grandiosa atuação digna de ‘Dexter’ e 'Six Feet Under'.

O principal destaque da série está em seu talentoso elenco: Amanda Abbington está sensacional como a detetive Sophie Mason; Marc Warren entrega uma grandiosa atuação como Pete Mayfield, o amigo gay do protagonista; e o grande destaque vai para a beldade Audrey Fleurot, que interpreta Zoe Chahal – uma mulher que perdeu o filho e está sendo acusada de pedofilia.

Para driblar os espectadores, o roteiro anda em círculos entregando pistas falsas e pontas soltas que nunca são resolvidas, repleto de conveniências que às vezes cansam. Porém, esse artifício não atrapalha o andar da trama, que consegue nos deixar instigado a cada final de episódio querendo assistir ao próximo conforme o desenrolar dos fatos vão nos mostrando que nada realmente é o que parece.

A série, exibida na França pelo canal C8, foi adquirida internacionalmente pela Netflix – que lançou seus 8 episódios no Brasil.

Para quem adora um mistério no melhor estilo Agatha Christie, ‘Safe’ é um prato cheio. Uma trama novelesca cheia de suspense, guinadas inesperadas, personagens sombrios e um final assustadoramente surpreendente.

Safe’ nos mostra que nada – nem ninguém – é o que parece. E a série sabe fazer isso com louvor.

 





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c