Crítica | The Post: A Guerra Secreta é um ótimo drama histórico

Crítica | The Post: A Guerra Secreta é um ótimo drama histórico

Nota:

Muito criticado pelos trabalhos recentes, o gênio Steven Spielberg realmente passou por uma fase de redefinição na carreira. Conhecido por sua visão única do cinema de aventura e fantasia, ele passou a investir em filmes históricos, como 'Cavalo de Guerra', 'Lincoln' e 'Ponte de Espiões'. Depois dessa fase de transição, podemos afirmar com todas as letras que Spielberg se reencontrou, nos presenteando com um filme tenso e empolgante sobre o universo do jornalismo.

Em 'The Post: A Guerra Secreta', vemos a relação da diretoria de um jornal com o governo ao receber documentos incriminatórios.

Ben Bradlee (Tom Hanks) e Kat Graham (Meryl Streep), editores do jornal The Washington Post, recebem documentos secretos do governo estadunidense relatando o verdadeiro papel do país na Guerra do Vietnã. Enfrentando o Pentágono e a concorrência do New York Times, a dupla corre para publicar a bombástica verdade por trás do conflito.



Com um elenco recheado de estrelas, as atuações são todas muito seguras. Dando o devido destaque ao sempre ótimo Tom Hanks e a mitológica Meryl Streep, que inicia apagada, mas entrega o esperado no ato final. Se não é muito original, o roteiro compensa na coesão. É um filme redondinho com toques de tensão e uma grande questão: até onde vai a ética jornalística?

Talvez o filme ganhasse um pouco mais de impacto caso fosse lançado antes do excelente 'Spotlight - Segredos Revelados', mas isso sequer chega perto de um demérito.

'The Post: A Guerra Secreta' é um ótimo entretenimento para quem busca um drama histórico bem dirigido e com rostos carismáticos.

 





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c