Antes de ser contratado para comandar o ambicioso ‘Batman’Matt Reeves se reuniu com o produtor J.J. Abrams para dar vida ao subestimado found footage apocalíptico ‘Cloverfield – Monstro’.

Apesar da recepção sólida por parte da crítica (conquistando 78% de aprovação), o público não pareceu muito interessado pela história de monstros que Reeves arquitetou – mas isso não impediu que o longa-metragem arrecadasse US$172 milhões nas bilheterias mundiais contra um orçamento de US$25 milhões.

Na trama, Michael Stahl-David dá vida a Rob Hawkins, um jovem que mora em Nova York e que está está prestes a se mudar para o Japão. Ele reúne os amigos em uma festa de despedida, na qual pretende revelar sentimentos mal-resolvidos. Entretanto um forte solavanco assusta os convidados. Todos buscam notícias sobre o ocorrido na TV, que diz que a cidade sofreu um terremoto. Ao chegar ao terraço para ver os estragos o grupo nota uma bola de fogo gigante, seguida pela queda de luz na cidade. O pânico toma conta de todos, o que aumenta ainda mais quando eles enfim conseguem chegar à rua.

Contando com nomes como Odette YustmanT.J. MillerJessica LucasLizzy CaplanMike Vogel, além de um roteiro assinado por Drew Goddard, o filme merece mais reconhecimento do que tem e, na iminência de seu 14º aniversário, montamos uma lista com algumas curiosidades de bastidores para você conferir.



Veja abaixo:

Aproveite para assistir:

  • Lizzy Caplan pensava que este era um filme romântico, até participar da segunda audição, quando leu uma cena. Depois de passar no teste, ela descobriu que o longa-metragem era uma história de monstros – e que os atores não tinham permissão de ler o roteiro até depois de assinarem contrato.
  • O primeiro trailer do filme foi exibido antes de ‘Transformers’, em 2007. O vídeo mostrava uma gigantesca explosão na cidade de Nova York e a cabeça da Estátua da Liberdade sendo jogada na rua. O teaser foi rodado com uma câmera de vídeo de mão e não apresentava qualquer título.

  • O homem que encontram no beco está falando ucraniano. Ele está pedindo por ajuda para encontrar a filha e a esposa, visto que não pode ir embora sem elas.
  • Durante o primeiro final de semana de exibição do filme, várias salas de cinema postaram avisos para indicar que os espectadores poderiam sofrer com enjoo e tontura em virtude dos movimentos da câmera na mão.
  • O logotipo da Iniciativa DHARMA, um projeto de pesquisa fictício que aparece na aclamada série ‘Lost’, pode ser visto brevemente no começo do filme.



  • No teaser trailer, a voz que grita: “eu vi! Está vivo! É enorme!” é do próprio Reeves.
  • A cabeça decapitada da Estátua da Liberdade na rua é inspirada pelo pôster do clássico ‘Fuga de Nova York’, de John Carpenter, que apresenta a mesma imagem.
  • O título, originalmente, era um código nominal para o filme – afinal, ele é chamado como homenagem à Cloverfield Boulevard, localizada em Santa Mônica, Califórnia, onde localizam-se os escritórios de produção da companhia Bad Robot, de Abrams.

  • O sucesso financeiro do filme rendeu duas sequências: a primeira, ‘Rua Cloverfield, 10’, foi lançada em 2016 e fez um estrondo crítico e comercial, expandindo o universo criado por Reeves, Goddard e Abrams; a segunda, ‘O Paradoxo Cloverfield’, foi exibida pela Netflix em 2018.
  • O design para a criatura serviu de inspiração para diversos filmes subsequentes, incluindo ‘Star Trek’ (2009), ‘Super 8’ (2011), ‘Transformers: O Lado Oculto da Lua’ (2011), ‘Círculo de Fogo’ (2013) e ‘Godzilla’ (2014).
COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: