Há cinco, um dos filmes mais aclamados do século XXI, Moonlight: Sob a Luz do Luar’, era exibido pela primeira vez no Festival de Telluride e ganhava aplausos e densos elogios da crítica especializada.

Estrelado por nomes como Trevante RhodesAndré HollandJanelle MonáeAshton SandersJharrel JeromeNaomie HarrisMahershala Ali, a produção foi escrita e dirigida por Barry Jenkins e funciona como uma espécie de semi-biografia de Tarell Alvin McCraney. A história é centrada no jovem Chiron e nas três fases de sua vida (infância, adolescência e idade adulta), explorando temas como sexualidade, identidade, abuso doméstico e traumas.

Levando para casa três estatuetas do Oscar, incluindo Melhor FilmeMelhor Ator Coadjuvante para Ali, o filme construiu um legado extenso que é redescoberto ano após ano. E, para celebrar seu aniversário, separamos uma breve lista com algumas curiosidades de bastidores.

Confira:



  • Citado como um dos melhores filmes de todos os tempos, a vitória do longa na principal categoria do Oscar fez história por se tornar a primeira obra LGBTQIA+ e com elenco totalmente negro a conquistar o feito. Ali se tornou o primeiro ator muçulmano a ganhar um prêmio de atuação na premiação, enquanto Joi McMillon se tornou a primeira mulher negra a ser indicada à categoria de Melhor Edição.
  • Segundo o diretor de fotografia James LaxtonMoonlight teve um baixíssimo orçamento de US$1,5 milhão. Jenkins, em uma coletiva de imprensa em Londres, confirmou que esse era, de fato, o orçamento – o menor de todos os vencedores de Melhor Filme no Oscar desde ‘Rocky: Um Lutador’, de 1976.

Aproveite para assistir:

  • Harris teve de rodar todas as cenas em apenas três dias, visto que estava em turnê para promover ‘007 Contra Spectre’ e em virtude de um problema com o visto (afinal, a atriz é britânica).
  • Quando Juan ensina a versão mais jovem de Chiron a nadar, Ali estava realmente ensinando o jovem Alex R. Hibbert a nadar. Quando as filmagens começaram, Hibbert não sabia nadar.
  • Em uma entrevista, Jenkins revelou que os três atores que interpretaram Chiron nunca se encontraram durante a produção. Ele queria que cada um construísse a própria personalidade de Chiron em seus respectivos segmentos, sem influências das outras representações. A mesma técnica foi utilizada com os atores que interpretaram Kevin.

  • A produtora Dede Gardner se tornou a primeira mulher a levar para casa o Oscar de Melhor Filme duas vezes. Além de Moonlight, ela conquistou o prêmio pelo elogiado drama de época ’12 Anos de Escravidão’.
  • A cena favorita de Jenkins no filme é o momento em que Paula (Harris) está olhando para a câmera, sobrecarregada em 48fps. Essa foi uma decisão de última hora tomada pelo diretor, especificamente criada para envolver os espectadores por completo com a personagem.



  • A versão adulta de Chiron dirige com um carro com a placa BLACK305. Black é o apelido que Kevin deu a ele quando adolescentes, enquanto 305 é o código de área de Miami, cidade onde a trama se passa.
  • Moonlight: Sob a Luz do Luar’ foi incluído entre no compilado ‘1001 Filmes que você Precisa Assistir antes de Morrer’, editdo por Steven Schneider.
  • Harris é a única atriz a aparecer nos três atos do longa-metragem.
Comentários

Não deixe de assistir: