terça-feira, julho 23, 2024

Disney Celebra os 80 Anos do Zé Carioca!

Foi num dia 24 de agosto que um brasileirinho muito simpático passou a fazer parte do mundo mágico de Walt Disney. Estamos falando do querido Zé Carioca, o papagaio do Rio de Janeiro que, a partir do ano de 1942, passou a integrar o time de personagens animados do carismático elenco de apoio nas aventuras de Mickey, Donald e companhia. E, em um evento cheio de nostalgia e animação, a Disney Brasil celebrou os 80 anos desse querido personagem na noite de ontem, 23 de agosto, em um belo evento no hotel Emiliano, na icônica Avenida Atlântica, em Copacabana, que foi cenário da principal aventura do papagaio.

Criado pelo próprio Walt Disney em 1941, Zé Carioca foi primeiro apresentado ao público no ano seguinte, em 1942, no filme ‘Alô, Amigos’, que foi exibido nas salas de cinema do país. O personagem foi resultado da inspiração do criador do Mickey Mouse durante uma viagem que o quadrinista fez ao país na década de 1940, em que ele e sua comitiva vieram ao Brasil para, literalmente, observar nossa cultura e se inspirar por aqui. O resultado foi não só a criação do papagaio dançarino, mas também da inserção definitiva da música popular brasileira e de muitos instrumentos por aqui tocados nas animações da produtora, que, a partir de então, passa a usar melodias com um gingado mais bossa-nova, mais de samba em muitos desenhos por eles produzidos.

A iniciativa para a criação do Zé Carioca, entretanto, partiu de uma movimentação motivada por interesses políticos: a vinda da comitiva de Walt Disney ao país foi uma estratégia dos governos dos Estados Unidos e do Brasil para buscar estreitar laços entre os dois países durante a Guerra Fria estadunidense, e a produção do longa ‘Alô, Amigos’ era uma das ferramentas do que conhecemos como “política da boa vizinhança”, ou seja, uma ação calculada para enaltecer o Brasil e sua cultura visando, caso a guerra se acirrasse, uma colaboração militar ao território nórdico. Uma camaradagem estratégica.

Apesar da origem controversa – que até hoje divide opiniões – Zé Carioca chegou aos seus 80 anos mantendo o carisma que encantou o público ao longo das décadas. Depois de receber o Pato Donald por aqui no seu primeiro filme e de dar um rolê com o amigo pela América Latina, apresentando diversos pontos relevantes das culturas (alguns deles, é verdade, de maneira estereotipada), o papagaio dançarino voltou a aparecer em duas outras produções da Disney: os filmes ‘Você Já Foi à Bahia?’, de 1944, e ‘Tempo de Melodia’, de 1948.

É claro que, na prática, o Zé Carioca é um personagem feito e criado por Walt Disney, um cidadão estadunidense, e isso significa um olhar estrangeiro sobre o brasileiro e o carioca, o que contribuiu para algumas ações caricaturadas do personagem não só nos três longas animados, mas também nos quadrinhos, que é onde ele fez mais sucesso entre o público. Entretanto, há de se ter um olhar generoso sobre o papagaio, que, apesar dos pesares, como todo senhor de 80 anos ele teve uma criação meio controversa, mas, a seu modo, ajudou a espalhar a música e as paisagens brasileiras em um mundo pré-internet e pré-globalização.

Assim, com seu paletó impecável e seu chapéu panamá na cabeça, Zé Carioca chega aos 80 anos em plena forma, reconquistando o público como um vovô querido, cheio de suingue, com energia para muitas aventuras novas e lançando sua própria coleção comemorativa em parceria com a Água de Coco, que chega ao público em novembro. A festa em solo carioca contou, ainda, com o lançamento de uma canção exclusiva de Xandy de Pilares, exaltando a carioquice do papagaio e as belezas do Brasil, e chegará ao público no próximo dia 9 de setembro em todas as plataformas de áudio.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS