Donos da casa assombrada de ‘Invocação do Mal’ relatam atividades paranormais

Donos da casa assombrada de ‘Invocação do Mal’ relatam atividades paranormais


O primeiro filme da franquia ‘Invocação do Mal‘ acontece numa casa assombrada em Harrisville, Rhode Island. E em breve, ela estará aberta ao público… e continua assombrada, segundo os novos proprietários.

O casal Cory e Jennifer Heinzen comprou a casa que inspirou o filme de James Wan e estão planejando consertá-la e abrir a casa para qualquer um que queira entrar. O que torna sua história ainda melhor é o fato de que Cory também é um investigador paranormal.

Em uma entrevista recente ao MovieWeb, os Heinzens revelaram seus planos e experiências até agora com a casa em Rhode Island.

“Eu sempre fui fascinado pelos Warrens. É como um pedaço de história paranormal, esta casa. Desde que se mudamos vimos portas se abrindo, pegadas e batidas. Foi difícil ficar lá sozinho. Eu não tenho o sentimento de nada mal, (mas) tem algo na casa. Você pode dizer que há muitas coisas acontecendo na casa.”, afirmou.

A casa foi construída em 1700 e a investigação do casal Warren ocorreu na década de 1970, quando a família Perron foi perturbada por demônios invocados pela bruxa Bathsheba Sherman.

Aproveite para assistir:


Heinzen se sentiu satisfeito ao se mudar:

“Minha primeira reação à coisa toda foi como: ‘Sem chance, eu vou comprar a casa do ‘Invocação do Mal’. Eu estava deslumbrado. É como a nova Amityville. Para mim, é o ápice das casas mal assombradas porque as pessoas que vivenciaram tudo isso ainda estão vivas e podem contar as histórias do que aconteceu lá.”

A ideia é que a casa seja aberta ao público em 2020 pelos novos proprietários.

Você teria coragem de visitar lá?