Festival de Brasília 2019 | Confira a lista completa de premiados do evento

Festival de Brasília 2019 | Confira a lista completa de premiados do evento



A 52ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro chegou ao fim na noite deste sábado, 30 de novembro, com cerimônia apresentada pela atriz e comediante Maria Paula. Após nove dias de sessões e debates, foram entregues os famosos Troféus Candango, divididos em três mostras principais: Mostra Brasília BRB; Mostra Competitiva – Longa-metragem; Mostra Competitiva – Curta-metragem.

A noite contou com um tom muito politizado, com discursos contra o desmantelamento da cultura no Brasil e com direito a um protesto de mulheres do audiovisual (diretoras, produtoras, atrizes, críticas etc) por um espaço mais igualitário no meio e contra alguns elementos do próprio evento, especialmente a curadoria por selecionar filmes que traziam a violência contra a mulher como algo importante na trama, como Loop e Volume Morto.

Abaixo, você confere a lista completa de ganhadores do festival.

 

MOSTRA COMPETITIVA – LONGA-METRAGEM

MELHOR FILME

A Febre

Aproveite para assistir:


 

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI

Claudio Assis, Piedade

 

MELHOR DIREÇÃO

Maya Da-Rin, A Febre

 

MELHOR ROTEIRO

Thaís Borges, O Tempo que Resta

 

MELHOR ATOR

Régis Myrupu, A Febre

 

MELHOR ATRIZ

Anne Celestino, Alice Júnior

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Cauã Reymond, Piedade

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Thais Schier, Alice Júnior

 

MELHOR FILME – JÚRI POPULAR

O Tempo que Resta

 

MELHOR FILME – JÚRI DA CRÍTICA (ABRACCINE)

O Tempo que Resta

 

MELHOR FOTOGRAFIA

Bárbara Alvarez, A Febre

 

MELHOR MONTAGEM

Pedro Giongo, Alice Júnior

 

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

Carla Sarmento, Piedade

 

MELHOR TRILHA SONORA

Vinicius Nisi, Alice Júnior

 

MELHOR SOM

Felippe Schultz Mussel, Breno Furtado e Emmanuel Croset, A Febre

 

MENÇÃO HONROSA

Boca de Ouro, de Daniel Filho

Um Filme de Verão, de Jo Serfaty

 

MOSTRA COMPETITIVA – CURTA-METRAGEM

MELHOR FILME

 

MELHOR DIREÇÃO

Sabrina Fidalgo, Alfazema

 

MELHOR ROTEIRO

Camila Kater e Ana Julia Carvalheiro, Carne

 

MELHOR ATOR

Severino Dadá, A Nave de Mané Socó

 

MELHOR ATRIZ

Teuda Bara, Angela

 

MELHOR FILME – JÚRI POPULAR

A Carne

 

MELHOR FILME – JÚRI DA CRÍTICA (ABRACCINE)

A Carne

 

PRÊMIO CANAL BRASIL

Sangro

 

MELHOR FOTOGRAFIA

João Castelo Branco, Parabéns a Você

 

MELHOR MONTAGEM

André Sampaio, A Nave de Mané Socó

 

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

Isabelle Bittencourt, Parabéns a Você

 

MELHOR TRILHA SONORA

Vivian Caccuri, Alfazema

 

MELHOR SOM

Guma Farias e Bernardo Gebara, A Nave de Mané Socó

 

PRÊMIO MARCO ANTÔNIO GUIMARÃES

Chico Mendes, um Legado a Defender

 

MENÇÃO HONROSA

Ary y yo, de Adriana de Farias

 

MOSTRA BRASÍLIA BRB

MELHOR LONGA-METRAGEM

Dulcina

 

MELHOR CURTA-METRAGEM

Escola Sem Sentido

 

MELHOR DIREÇÃO

Adriana Vasconcelos, Mãe

 

MELHOR ROTEIRO

Rama de Oliveira, Mito e Música – A Mensagem de Fernando Pessoa

 

MELHOR ATOR

Wellington Abreu, Escola Sem Sentido

 

MELHOR ATRIZ

Bido Galvão, Carmem Moretzsohn, Iara Pietricovsky, Theresa Amayo, Glória Teixeira e Françoise Fourton, Dulcina

 

MELHOR LONGA-METRAGEM – JÚRI POPULAR

Dulcina

 

MELHOR CURTA-METRAGEM – JÚRI POPULAR

Escola Sem Sentido

 

MELHOR FOTOGRAFIA

André Carvalheira, Ainda Temos a Imensidão da Noite

 

MELHOR MONTAGEM

Marcius Barbieri, Ainda Temos a Imensidão da Noite

 

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

Ursula Ramos e Demétrios Pina, Dulcina

 

MELHOR TRILHA SONORA

André Luiz Oliveira, Mito e Música – A Mensagem de Fernando Pessoa

 

MELHOR SOM

Laurent Mis, Mito e Música – A Mensagem de Fernando Pessoa

 

PRÊMIO SARUÊ – CORREIO BRAZILIENSE

Escola Sem Sentido



COMENTÁRIOS