It: Uma Obra-Prima do Medo e as Minisséries de Stephen King

It: Uma Obra-Prima do Medo e as Minisséries de Stephen King



It: Capítulo 2 segue firme e forte nas bilheterias mundiais. A continuação do terror mais rentável da história do cinema traz agora o clube dos perdedores na fase adulta (encabeçados por Jessica Chastain e James McAvoy) precisando novamente lidar com o problema chamado Pennywise. O filme já arrecadou mais de US$ 389 milhões ao redor do mundo, com apenas uma semana em cartaz. Não há dúvidas de que o palhaço assustador que adora fazer todo mundo flutuar continua extremamente lucrativo.

O que talvez nem todos saibam é que It: A Coisa e It: Capítulo 2 não foram as primeiras adaptações do livro homônimo do autor Stephen King. E mais ainda, muitos lembram da versão original como uma produção cinematográfica, quando na realidade se trata de uma minissérie feita para a TV em dois episódios – aqui no Brasil, lançada no mercado de home vídeo (o que aumentou a confusão dos fãs), a fita chegou em versão dupla.

Pensando nisso, decidimos relembrar com vocês todas as adaptações de livros do grande mestre do terror, criadas na forma de minisséries em poucos episódios – e quem sabe os produtores se inspirem em adaptar novamente algumas destas obras (bem datadas diga-se), como fizeram com It. Vem com a gente conhecer.

OBS. Na lista colocamos apenas as minisséries, de poucos episódios, então séries de mais de uma temporada, ou que foram canceladas na primeira temporada, mas tinha intenção de continuar – como O Domo e O Nevoeiro, não foram levadas em conta.

It: Uma Obra-Prima do Medo (1990)

It assustou uma geração de amantes de filmes e entusiastas da cultura das vídeo locadoras. Como este amigo que vos fala. Naquela época consumíamos de tudo, mas é só dar uma revisitada para perceber que esta produção não é exatamente tão boa quanto lembrávamos. It foi a primeira adaptação de um livro de King na forma de um programa televisivo estendido e dividido em capítulos. Estreando no canal ABC em novembro de 1990, um dos atrativos até hoje é a personificação de Tim Curry (Rocky Horror Picture Show e A Lenda) como o icônico Pennywise.

Aproveite para assistir:


The Tommyknockers (1993)

Seguindo na esteira do sucesso de It: Uma obra-prima do Medo, a mesma ABC exibia três anos depois outra minissérie baseada num livro de King nos mesmos moldes – dividida em dois episódios no curso de duas noites. Também conhecido como Os Estranhos, a obra ganhará nova versão em breve, desta vez na forma de um longa-metragem para o cinema produzido pelo papa do terror James Wan. Na trama, estranhos eventos começam a ocorrer numa cidadezinha norte-americana, como pessoas desaparecendo. Os moradores começam a se portar de uma forma errática. Até a descoberta de que tudo pode estar ligado a aparição de vida alienígena no local.

A Dança da Morte (1994)

Sim, você acertou. Mais uma minissérie de Stephen King era lançada pelo canal ABC, e já no ano seguinte de Tommyknockers. Esta, no entanto, quebrando o formato usual de dois episódios, elevando para quatro episódios no curso de quatro noites. Fora isso, aqui tínhamos nomes em alta no mercado como Gary Sinise (recém-saído de uma indicação ao Oscar por Forrest Gump), Molly Ringwald e Rob Lowe – dois astros do chamado Brat Pack dos anos 1980. A Dança da Morte, originalmente conhecido como The Stand, já está ganhando forma como uma nova série de 10 episódios. Na trama apocalíptica, uma epidemia devasta metade da população na Terra. Os que sobram se dividem em dois grupos, comandados pelas personificações do bem e do mal – que se preparam para um confronto final.

Fenda no Tempo (1995)

Mais uma vez a rede americana ABC provou ser a casa das adaptações de Stephen King no formato de minissérie, ao lançar mais uma obra sua na TV, voltando ao formato de dois episódios no curso de duas noites. Baseado no livro Four Past Midnight, esta minissérie tem um nome de prestígio por trás da direção: trata-se do cineasta Tom Holland, responsável por alguns dos grandes cults de horror dos anos 1980, vide A Hora do Espanto (1985) e Brinquedo Assassino (1988). Na trama, um voo noturno passar por uma experiência sobrenatural quando parte dos passageiros e equipe desaparece da aeronave. Após pousarem, os sobreviventes descobrem uma terra devastada, num mundo à mercê de estranhos seres interdimensionais.

O Iluminado (1997)

Não é segredo para ninguém que Stephen King não gostou nem um pouco da versão do mestre Stanley Kubrick para o seu O Iluminado. Isso porque o grande diretor alterou diversas partes emblemáticas do livro de King – há quem diga, inclusive melhorando a história. O autor renegou a adaptação e contou os dias até a estreia da minissérie, novamente da ABC, dividida em três episódios. É claro, desta vez uma adaptação mais fiel de sua obra, com direito a taco de polo e não baseball e animais em forma de esculturas de plantas se movendo. Com Rebecca De Mornay e Steven Weber nos papeis principais, esta nova versão de O Iluminado talvez só tenha agradado o próprio criador da história.

A Tempestade do Século (1999)

Aqui, um fato curioso por trás desta produção. Ao contrário das demais na lista, A Tempestade do Século não é baseado num livro de Stephen King. E por que está na lista então? King escreveu diretamente o roteiro para esta minissérie da rede ABC (e que outra emissora ama mais o escritor?). Dividido em três episódios, a trama fala sobre uma intensa tempestade que atinge uma cidadezinha e traz com ela um forasteiro demoníaco, despertando os desejos mais perturbadores dos cidadãos no local.

Rose Red – A Casa Adormecida (2002)

Este item tem muito em comum com o citado acima. Esta também é uma minissérie nascida da mente de Stephen King sem antes ter existido como um de seus livros. Originalmente, Rose Red seria um longa-metragem com planos de ser lançado no cinema. Em 1996, King vendeu a ideia para o diretor Steven Spielberg – o projeto marcaria a primeira colaboração destas duas grandes mentes criativas. Spielberg, no entanto, optou por refilmar Desafio do Além (1963) como o produtor de A Casa Amaldiçoada (1999) – que recentemente deu origem à elogiadíssima série A Maldição da Residência Hill (2018). A história de Rose Red segue basicamente o mesmo plot, com a diferença de que as pessoas levadas a passar uma noite na casa sobrenatural, também possuem dons especiais e extraordinários. Novamente exibida pela ABC, a minissérie contou com três episódios.

Vingança em Chamas (2002)

Com nomes como Dennis Hopper e Malcolm McDowell no elenco, esta é uma espécie de continuação de Chamas da Vingança (1984), baseado no livro de Stephen King. Até mesmo o título original da nova produção é Firestarter 2. Dividido em quatro episódios (aqui chegando como um filme de quase três horas de duração), esta minissérie foi ao ar pelo canal SyFy. King não tem muito envolvimento aqui, já que a continuação apenas usa como base o filme e o livro originais. A proposta é similar a do recente Doutor Sono, que mostra a vida adulta do menino Danny de O Iluminado. Aqui, temos a juventude da pirocinética Charlene ‘Charlie’ McGee, interpretada no filme original por Drew Barrymore. Desta vez, ela assume as formas de Marguerite Moreau.

A Mansão Marsten (2004)

Minissérie em dois episódios, do canal TNT, esta é a segunda adaptação do conto de Stephen King sobre um homem retornando à sua pequena e pacata cidade, somente para descobrir que ela vem sendo aterrorizada por vampiros. A primeira adaptação do conto ocorreu em 1979, com o título Os Vampiros de Salem, e direção de ninguém menos que Tobe Hooper (O Massacre da Serra Elétrica). Os Vampiros de Salem foi a segunda adaptação de uma obra de King ao audiovisual, depois de Carrie – A Estranha (1976). Esta nova versão traz nomes de peso como Donald Sutherland, Rutger Hauer, Rob Lowe, Samantha Mathis, Andre Braugher e James Cromwell.

Saco de Ossos (2011)

Produção do canal A&E, esta minissérie seguiu de perto o que era realizado nos anos 1990 pela ABC. Dividida em dois episódios, em duas noites, o programa é estrelado pelo eterno 007, Pierce Brosnan. O astro protagoniza como um autor, se isolando em uma cabana para um próximo projeto, na jornada sendo atormentado por assombrações. Tal elemento é recorrentemente usado por King em obras como Louca Obsessão e Janela Secreta. A produção é baseada no livro homônimo do autor, e conta com um elenco de nomes como Melissa George, Anika Noni Rose e Jason Priestley.

11.22.63 (2016)

Um dos mais bem trabalhados programas do lote baseados em uma obra do autor, esta minissérie contou com 8 episódios exibidos no canal de streaming Hulu e posteriormente lançada em DVD e Blu Ray. O motivo de estar na lista é porque a obra foi pensada como uma minissérie com começo, meio e fim. Protagonizada por James Franco, a história conta sobre um professor descobrindo uma passagem no tempo, de volta para o ano de 1963. Sua missão: impedir o assassinato do presidente John Kennedy. No elenco, Sarah Gadon e Chris Cooper. É baseado numa obra homônima de King. A produção é de J.J. Abrams.

Bônus:

Kingdom Hospital (2004)

Aqui é onde trapaceamos um pouco. Kingdom Hospital foi planejado como uma série e não uma minissérie, mas foi cancelada após os treze episódios da primeira temporada. O que conta aqui é que diferente das demais neste segmento, o programa foi desenvolvido pelo próprio King, baseado numa série dinamarquesa de Lars von Trier. No programa americano, King usa um pouco de suas experiências pessoais, como um atropelamento que sofreu na época. A história não havia sido um livro anteriormente. O programa também marcou nova parceria entre o autor e a rede americana ABC.

Pesadelos e Paisagens Noturnas (2006)

Com oito episódios, esta minissérie é baseada num livro de contos de King de mesmo nome. Assim como na obra original, o programa é uma coletânea de contos de horror, a cada episódio trazendo uma assustadora nova trama diferente. No elenco, nomes como Samantha Mathis, William H. Macy, Tom Berenger, William Hurt, Claire Forlani, entre outros.



COMENTÁRIOS