Karla Souza, de 'How to Get Away With Murder', diz ter sido estuprada por diretor

Karla Souza, de 'How to Get Away With Murder', diz ter sido estuprada por diretor


A nova vítima do assédio sexual no mundo da TV e cinema é a atriz Karla Souza, famosa por 'How to Get Away With Murder'. Durante uma entrevista ao CNN, a atriz alega ter sido estuprada por diretor no começo de sua carreira no México.

Souza se recusou a dar o nome do diretor e contou que tudo começou quando, inapropriadamente, ele apareceu em seu quarto de hotel às 2 da manhã para ensaiar algumas cenas, um hotel que só ela estava hospedada, longe do elenco.

"Então ele bateu na minha porta dizendo que queria fazer algumas cenas. Eu pensei: ‘São duas da manhã, isso não é certo e não deveria acontecer'"

Ela conta que, em certa noite, se recusou a abrir a porta e que foi humilhada por ele:




"No dia seguinte, ele decidiu que não iria me filmar e começou a me humilhar na frente de todos no set. Foi assim que ele teve controle psicológico sobre mim"

Após mais de um mês tendo que lidar com abusos psicológicos, a atriz conta que acabou cedendo:

"Acabei cedendo e deixando ele me beijar, me tocar de todas as maneiras possíveis que eu não queria que fizesse e um desses avisos, ele me atacou violentamente e me estuprou, foi horrível"

Souza disse também que na época não o denunciou por medo de prejudicar sua carreira, que estava apenas começando.

Atualmente, a atriz está brilhando como a Laurel Castillo no seriado 'How to Get Away With Murder' e conseguiu buscar forças para contar o abuso que sofreu no passado.

 





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c