‘Liga da Justiça’ tem três versões diferentes; Entenda!

‘Liga da Justiça’ tem três versões diferentes; Entenda!



Enquanto os fãs insistem no lançamento do corte de Zack Snyder em ‘Liga da Justiça‘, o Screen Rant revelou que ainda há outra versão do filme, além das duas envolvidas na polêmica.

Segundo o site, antes mesmo da estreia de ‘Batman vs Superman’, Zack Snyder e Chris Terrio escreveram um roteiro para ‘Liga da Justiça‘, mas precisaram alterar a narrativa, que era muito sombria e assustadora.

O produtor Jon Berg disse que seriam necessárias mudanças após a recepção de ‘Batman vs. Superman‘, e a versão nem chegou a ser gravada.

“Tivemos de acelerar a história para conseguir esperança e otimismo um pouco mais rápido”, disse o produtor.

Outro aspecto do roteiro não gravado é que o pesadelo de Bruce Wayne em ‘Batman vs Superman‘ seria a base para o filme.

Anteriormente, o site já havia divulgado que Darkseid devastaria a Terra e mataria Lois Lane. Após ressuscitar o Superman, o vilão faria a uma lavagem cerebral no herói, tornando-o seu general na tentativa de conquistar o planeta.

Aproveite para assistir:


Para reverter a situação, o Flash voltaria no tempo, o que se encaixa com a aparição do herói em ‘Batman vs. Superman’.

Nada disso foi confirmado oficialmente e só deixa as coisas mais confusas. Apesar disso, esta parece uma versão ainda melhor do que aquela que chegou aos cinemas.

De qualquer forma, parece que tanto os fãs quanto Zack Snyder não vão desistir de ver a versão original do longa.

Recentemente, os membros do grupo #ReleaseTheSnyderCut” colocaram vários cartazes e outdoors pedindo a versão em San Diego.

Confira:

Os fãs criaram uma vaquinha online para promover o lançamento do filme na próxima San Diego Comic-Con e já arrecadaram 26.000 dólares.

“Chegou a hora de fazer uma declaração final para a Warner Bros. sobre o nosso desejo firme e inflexível de lançarem a versão completa de ‘Liga da justiça’ de Zack Snyder. Ao longo do último ano e meio, o movimento #ReleaseTheSnyderCut realizou uma série de campanhas, de modo a atrair a atenção daqueles com poder e influência suficientes para satisfazer nossa demanda.”, diz uma parte do comunicado publicado no site Gofundme.

Para quem não está familiarizado com a polêmica, Zack Snyder foi contratado como diretor do filme, mas teve de se afastar das gravações após problemas pessoais envolvendo a morte de sua filha. Para não atrasar a produção mais uma vez, o estúdio contratou Joss Whedon para concluir as filmagens. O resultado não agradou e o filme foi massacrado pelo público e pela crítica especializada.

Desde então, fãs devotos do diretor vem tentando fazer com que a Warner Bros. libere o lançamento da versão idealizada por Snyder, que teria confirmado sua existência.

E aí, será que o movimento ganha força para pressionar o estúdio?



COMENTÁRIOS