quinta-feira, abril 18, 2024

Mike Flanagan, criador de ‘Maldição da Residência Hill’, revela qual seu filme de TERROR favorito

É inegável que o Mike Flanagan se tornou um nome de peso no gênero terror durante os últimos anos. Aclamado das telinhas, ele criou séries de sucesso como ‘A Maldição da Residência Hill‘, ‘A Maldição da Mansão Bly‘, ‘Missa da Meia-Noite‘ e, mais recentemente, ‘A Queda da Casa dos Usher‘.

Nos cinemas, ele também comandou longas elogiados como ‘Doutor Sono‘, ‘O Espelho‘ e ‘Ouija: Origem do Mal‘.

Através do seu Tiktok, o cineasta compartilhou um vídeo divertido escolhendo entre suas produções favoritas do gênero. Apesar de ter resistido pelo seu amor por ‘Os Estranhos‘, um outro título popular acabou levando a melhor.

Confira:

@flanaganfilm #horror #horrormovie #horrortok ♬ Little Things – Adrian Berenguer

Anteriormente, Flanagan havia revelado quais eram seus planos para uma 3ª temporada de ‘A Maldição da Residência Hill‘: “Se houvesse uma terceira temporada, eu queria que essa temporada fosse ‘The Haunting of Hell House’. Na verdade, foi o primeiro título que exploramos quando Hill House acabou, mas os direitos foram garantidos pela Suntup Editions e não parecia haver um caminho a seguir.”

Ele continuou:

“Não sei se alguma vez houve uma história de casa mal-assombrada tão cinematográfica quanto Hell House. Ela foi escrita por um homem que pensava visualmente, que tinha talento para cenários cinematográficos, expectativas do público e emoções viscerais que escapou a muitos de seus antecessores literários. Essa é uma das razões pelas quais ‘Eu Sou a Lenda’ [também escrito por Richard Matheson] ressoa tão profundamente, e Stephen King está correto quando diz: ‘Sem seu ‘Eu Sou a Lenda‘, não teria havido ‘Noite dos Morto-vivos’. Sem Hell House, eu diria que não haveria ‘Poltergeist’, nem ‘Invocação do Mal‘, nem ‘Sobrenatural’.”

Vale lembrar que o livro de Matheson foi adaptado apenas uma vez, com o filme ‘A Casa de Noite Eterna‘ (1973).

Não deixe de assistir:

Estrelado por Pamela Franklin, Roddy McDowall e Clive Revill, o longa gira em torno do excêntrico milionário Sr. Deutsch, que contrata o físico estudioso de parapsicologia, Dr. Lionel Barrett, para investigar a vida após a morte no “único lugar onde a sobrevivência ainda está para ser refutada”, a mansão conhecida como a Casa Belasco, o ‘Monte Everest das casas assombradas’. Acompanham o Dr. Barett nessa investigação sua esposa, Ann; a jovem médium Florence Tanner e o paranormal Ben Fischer, único sobrevivente de uma tentativa de investigação da casa ocorrida 20 anos antes e que resultou em um pesadelo..

Lembrando que a última produção de Flanagan para a Netflix foi ‘A Queda da Casa de Usher’.

A série conquistou 89% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Confira as análises:

“Mesmo que assuma uma previsibilidade semelhante a de um slasher, empurrando os personagens para mortes inventivas, um por um, ‘A Queda da Casa de Usher’ também se torna mais sombria à medida que avança e enfrenta as ofensas do mundo real espelhadas na história.” – TV Guide.

“Embora a minissérie de Mike Flanagan tenha recebido muitos elogios, “O que Edgar Allen Poe teria pensado da família Sackler?” prova ser um arremesso substancial, elevado por um elenco que nunca esteve melhor.” – Consequence.

“‘A Queda da Casa de Usher’ é uma fatia ferozmente divertida do gênero televisivo que você não deve perder.” – Guy at the Movies.

‘”Um elegante redemoinho de opulência, ganância, sangue e horror com vibes góticas, ‘A Queda da Casa de Usher‘ é a melhor criação de Flanagan até agora.” – TNM.

“Uma jornada intensa e cheia de suspense pela história de uma família realmente confusa e com muitos segredos de família. Não economiza sangue e sangue coagulado, o que é uma coisa muito boa.” – Mama’s Geeky.

Flanagan criou uma família Usher tão atraente quanto as lendas da TV ‘The Ewings’ ou ‘The Sopranos’. Alguns são tão desagradáveis ​​que sua punição é deliciosa, mas muitos também são simpáticos.” – United Press International.

Crítica | ‘A Queda da Casa de Usher’ é mais uma obra-prima do terror assinada por Mike Flanagan

Apesar de detalhes sobre a narrativa não terem sido revelados, o conto titular foi publicado originalmente em 1893 e analisa temas como loucura, família, isolação e identidades metafísicas. A história acompanha um narrador sem nome que viaja para a Casa de Usher em um “dia sombrio, sem som e monótono”. A casa, pertencente a um amigo de infância chamado Roderick Usher, é misteriosa e arrepiante – e o narrador percebe que a casa absorveu um mal inenarrável e uma atmosfera doentia de tudo o que a cerca.

Carla Gugino, Mark HamillCarl LumblyMary McDonnell estrelam a produção.

Henry Thomas, T’Nia Miller, Kyleigh Curran, Samantha Sloyan, Rahul Kohli, Sauriyan Sapkota, Zach Gilford, Michael Trucco, Paola Núñez, Katie Parker, Malcolm Goodwin, Crystal Balint, Aya Furukawa, Daniel Jun, Matt Biedel, Ruth Codd, Annabeth GishRobert LongstreetKate SiegelWilla Fitzgerald e Bruce Greenwood completam o elenco.

Flanagan também entra como produtor executivo ao lado de Trevor MacyEmmy GrinwisMichael Fimognari. Ele também dirige quatro episódios da série, enquanto Fimognari fica responsável pelos outros quatro.

O projeto é o sexto do acordo entre Flanagan e a Netflix, precedido por ‘Missa da Meia-Noite’, pelos elogiados ‘A Maldição da Residência Hill’‘A Maldição da Mansão Bly’, pelo thriller ‘Jogo Perigoso’ e a cancelada ‘The Midnight Club’.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS