“Nunca usamos Debi e Lóide como referência”, diz Leandro Hassum sobre ‘Os Caras de Pau’



Os atores, produtores e diretor da comédia ‘Os Caras de Pau em O Misterioso roubo do Anel participaram de uma coletiva de imprensa em São Paulo, nesta segunda-feira (1º).

Estavam presentes os protagonistas Leandro Hassum, Marcius Melhem e a bela Christine Fernandes, o diretor Felipe Joffily e os produtores Bruno Mazzeo e Augusto Casé.

Mais divertida que o filme, a coletiva deu espaço para Hassum brilhar com seu humor de sempre. 17 quilos mais magro após uma cirurgia bariátrica, o ator já começou a entrevista com uma piada, dizendo que ele e o Melhem se conheceram há 14 anos em “uma sauna”.

Depois, Hassum demonstrou uma pitada de ciúmes ao pedir para o amigo falar sobre a nova parceria com Marcelo Adnet, em um programa de humor.

Sobre a produção, a dupla revela que a ideia de adaptar a série aos cinemas veio do filho do produtor Bruno Mazzeo, João.

“Tudo começou porque tínhamos vontade de fazer um filme dos Caras de Pau, mas nunca encontramos o caminho ou alguém que topasse. Até um dia que o Bruno nos ligou com a proposta. Na verdade, ele foi um pouco egoísta com a gente. Ele fez tudo isso por culpa do João [filho de Mazzeo], que era o grande fã da série”, brincou Melhem.

Aproveite para assistir:


Questionados pelo CinePOP se haviam se inspirado em ‘Debi & Lóide‘ para compor seus personagens abobados e brincalhões, Hassum e Melhem negaram.

“Foi legal você falar no Debi e Lóide porque foi uma referência que a gente nunca usou. Risos. Eles na verdade já são inspirados em outros personagens. E a gente usou de inspiração outros comediantes clássicos, que vem lá da ‘Commedia Dell’arte’ (comédia no teatro popular famosa no século XV na Itália), como O Gordo e o Magro, e Dean Martin e Jerry Lewis. Tudo que vem depois é inspirado nesses mestres. Mas Débi e Lóide não. Adoro eles, mas nunca tinha pensado como referência”, afirmaram Hassum e Melhem.

Com muito bom humor, os atores ainda brincaram sobre a operação de Hassum. Questionados sobre os boatos de que a produção do longa teria ficado brava por ele ter emagrecido e atrapalhado a divulgação do filme, negaram.

“Agora quero ser galã”, brincou Hassum. “Mas gente, esse boato é mentira. O filme foi filmado há um ano, não tem nada a ver”, concluiu.

“E uma coisa importante: o Leandro não vai ficar magro, tá, gente? Ele tem os ossos grandes. Não tem como lixar os ossos”, brincou Melhem. “Não vou? Porra. Gastei a maior grana com essa cirúrgia”, completou Hassum, levando todos ao riso.

No longa, Pedrão e Jorginho (Marcius Melhem e Leandro Hassum) são seguranças contratados de um importante museu e acabam envolvidos em uma grande confusão após serem acusados do roubo do anel mais valioso do mundo. A joia é herança de família da socialite Gracinha de Medeiros (Christine Fernandes). Ninguém parece mesmo acreditar na dupla, que passa a ser perseguida por mafiosos portugueses, ninjas implacáveis e toda polícia.

A Imagem Filmes lança a comédia no Brasil dia 25 de Dezembro.

carasdepau_1

carasdepau_1

carasdepau_2

carasdepau_3

carasdepau_4



COMENTÁRIOS