‘O Grito’: Diretor confirma que reboot está diretamente ligado ao filme de 2004

‘O Grito’: Diretor confirma que reboot está diretamente ligado ao filme de 2004


Em entrevista ao site IGN, o diretor Nicolas Pesce confirmou que o reboot de O Grito estará diretamente conectado ao primeiro remake norte-americano do clássico japonês, lançado em 2004.

Na minha cabeça, os filmes americanos não se separam dos japoneses, e este não estará separado do cânone principal. Tudo funciona como uma grande coisa, e tão similarmente importante para mim era garantir que não apenas mencionássemos o remake [de 2004]. Não está super claro no trailer, mas essa maldição que foi trazida para os Estados Unidos está conectado com a do Japão.

“Direi ao público para prestar atenção a uma cena em particular, ao diálogo que ocorre através do telefone que parece, a priori, descartável”, ele acrescentou. “Mas se você realmente conhece os outros filmes, a conversa que os personagens estão tendo traz muitas informações”.

Confira o primeiro trailer oficial:

Aproveite para assistir:


Trailer do reboot de #OGrito, produzido pelo mestre Sam Raimi

Publiée par CinePOP sur Lundi 28 octobre 2019

O longa será lançado nos cinemas nacionais no dia 16 de janeiro de 2020.

Dirigido por Nicolas Pesce, o reboot se passará no mesmo universo que o remake de 2004, estrelado pela Sarah Michelle Guellar. E sua trama se passará simultaneamente com a do primeiro filme.

Depois que uma jovem mãe mata sua família em sua própria casa, uma mãe solteira e um jovem detetive tentam investigar e resolver o caso. Mais tarde, ela descobre que a casa é amaldiçoada por um fantasma vingativo que condena aqueles que entram nela com uma morte violenta. Agora, ela corre para salvar a si mesma e a seu filho dos espíritos demoníacos da casa amaldiçoada em seu bairro.

Andrea Riseborough será a protagonista, uma detetive e jovem mãe solteira. O elenco ainda conta com Demián Bichir, John Cho, Betty Gilpin com Lin Shaye e Jacki Weaver.