'O Grito': Processo contra produtores pode CANCELAR o reboot

'O Grito': Processo contra produtores pode CANCELAR o reboot


O reboot do terror 'O Grito' está caminhando em um bom ritmo, mas pode ser cancelado devido a um processo contra os produtores.

O produtor da versão original, Taka Ichise, alega ter contratos que o garantam uma compensação financeira pelo filme, além da creditação de seu nome.

Se o estúdio não lhe garantir os direitos dispostos na documentação, a releitura do terro sofrerá problemas jurídicos sérios, podendo até mesmo ser cancelada.

'O Grito' foi feito, originalmente, no Japão e dirigido por Takashi Shimizu. Lançado em 2002, o longa vou trazido para o cenário hollywoodiano com uma abordagem mais americana, rendendo dois filmes estrelados por Sarah Michelle Gellar ('Buffy - A Caça Vampiros').



O terror já está sendo gravado com o título 'Grudge' (em tradução livre, 'Rancor').

Recentement, em suas redes sociais, o diretor Nicolas Pesce compartilhou uma foto da nova casa assombrada que será usada no reboot. Confira:

Andrea Riseborough será a protagonista, uma detetive e jovem mãe solteira. Demián Bichir (‘A Freira‘) e John Cho (‘The Exorcist‘), Lin Shaye (‘Sobrenatural‘), Betty Gilpin ('GLOW'), William Sadler ('O Nevoeiro'), Jacki Weaver ('As Vozes') e Frankie Faison ('As Branquelas') completam o elenco.

"Estamos muito animados com esta nova adaptação," disse o produtor Sam Raimi. "Nós voltamos ao material de origem para entregar um suspense sobrenatural implacável que explora os horrores do subúrbio americano."

Nicolas Pesce (‘The Eyes of My Mother’) assume a direção, e o roteiro foi escrito pelo escocês Jeff Buhler (‘O Último Trem’).

Raimi (‘A Morte do Demônio’) vai produzir através da Ghost House.

O reboot de ‘O Grito‘ deve chegar aos cinemas no dia 16 de Agosto de 2019, se o processo não for pra frente.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c