‘O Grito’: Reboot ganha classificação para maiores por ‘violência perturbadora e imagens sangrentas’

‘O Grito’: Reboot ganha classificação para maiores por ‘violência perturbadora e imagens sangrentas’



De acordo com o Exhibitor Relations, o reboot de ‘O Grito‘ ganhou classificação para maiores de idade, por conta da “violência perturbadora, imagens sangrentas, terror e linguagem inapropriada.”

Confira:

Aproveite para assistir:


Dirigido por Nicolas Pesce (‘The Eyes of My Mother‘), o reboot se passará no mesmo universo que o remake de 2004, estrelado pela Sarah Michelle Guellar. E sua trama se passará simultaneamente com a do primeiro filme.

O Grito tem estreia marcada para 03 de janeiro de 2020.

Confira o pôster:

“Estamos muito animados com esta nova adaptação,” disse o produtor Sam Raimi. “Nós voltamos ao material de origem para entregar um suspense sobrenatural implacável que explora os horrores do subúrbio americano.”

Andrea Riseborough será a protagonista, uma detetive e jovem mãe solteira. Demián BichirJohn ChoLin ShayeBetty GilpinWilliam SadlerJacki Weaver e Frankie Faison completam o elenco.

Raimi (‘A Morte do Demônio’) vai produzir através da Ghost House.

O Grito‘ foi feito, originalmente, no Japão e dirigido por Takashi Shimizu. Lançado em 2002, o longa foi trazido para o cenário hollywoodiano com uma abordagem mais americana, rendendo dois filmes estrelados por Sarah Michelle Gellar (‘Buffy – A Caça Vampiros‘).



COMENTÁRIOS