‘O Mistério de Candyman’: Filmagens do remake começam em agosto deste ano

‘O Mistério de Candyman’: Filmagens do remake começam em agosto deste ano



Segundo o Chicago Tribune, a aguardada sequência-remake de O Mistério de Candyman está finalmente saindo dos papéis: as filmagens do novo longa começam em meados de agosto/início de setembro deste ano.

Yahya Abdul-Mateen II (‘Aquaman‘) fará parte do novo elenco como um artista que investigará a famosa lenda urbana. Tony Todd, o Candyman original, fará uma aparição no filme.

Lakeith Stanfield está em negociações para interpretar o protagonista, que será obcecado pela lenda do Candyman. Teyonah Parris também está em negociações, para viver sua namorada.

Além de produzir, o vencedor do Oscar Jordan Peele (‘Corra!‘), que também irá coescrever o roteiro ao lado de Win Rosenfeld.

Nia DaCosta será responsável pela direção.

“O filme original foi um marco para a representação negra no gênero terror,” disse Peele em uma declaração. “Ao lado de ‘A Noite dos Mortos-Vivos’, ‘Candyman’ foi uma enorme inspiração para mim como cineasta – e ter um novo talento como Nia comandando esse projeto é verdadeiramente emocionante. Estamos honrados por trazer o próximo capítulo da franquia à vida e ansiosos para apresentar às novas audiências a lenda de Clive Barker.”

Aproveite para assistir:


Estrelado por Tony Todd (‘Premonição‘), o filme original segue a história de uma estudante de pós-graduação, Helen Lyle, que está escrevendo uma pesquisa sobre lendas e mitos locais em Chicago. Ao pesquisar sobre o projeto, ela conhece Anne-Marie McCoy, que conta sobre a lenda urbana do Candyman, um artista e filho de um escravo que teve sua mão decepada e foi assassinado pelo pai de sua amada. A lenda diz que ele aparecerá se você disser o nome dele cinco vezes na frente de um espelho.

O Mistério de Candyman‘ foi baseado em um conto do autor Cliver Barker intitulado The Forbidden, que é uma das histórias de sua coleção de contos ‘Livros de Sangue‘.

O longa será lançado nos cinemas no dia 12 de junho de 2020.



COMENTÁRIOS