'O Processo', sobre impeachment de Dilma, estreia em Berlim e é ovacionado


'O Processo', de Maria Augusta Ramos, estreou nesta quarta-feira, 21 de fevereiro, no Festival de Berlim, que acontece até 25 de fevereiro na Alemanha.

O longa participa da mostra Panorama e teve sua primeira exibição ontem, sendo ovacionado e aplaudido de pé pelo público.

A diretora Maria Augusta Ramos esteve presente na exibição que aconteceu às 18h30 (horário local). O longa retrata o processo que culminou no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff em 31 de agosto de 2016.

"Fico muito feliz com a seleção para o Festival de Berlim e para a Panorama, uma mostra que já exibiu grandes filmes. É um dos mais importantes festivais do mundo e que pode ajudar a aumentar a visibilidade do filme no exterior. É também uma forma de contribuir para a afirmação da cinematografia brasileira e chamar a atenção para o momento atual do país", afirma a diretora Maria Augusta Ramos.




Diretora dos longas premiados "Futuro Junho" (2015), "Seca" (2015), "Juízo" (2013), "Morro dos Prazeres" (2013) e "Desi" (2000), em seu novo trabalho, Maria Augusta busca compreender e refletir sobre o atual momento histórico brasileiro. A diretora dá continuidade às abordagens desenvolvidas a partir do sistema judiciário do país na trilogia formada por "Justiça", "Juízo" e "Morro dos Prazeres".

Para realizar 'O Processo', Maria Augusta passou vários meses em Brasília, sua cidade natal, acompanhando cada passo do processo de impeachment, somando 450 horas de material filmado. Sem fazer entrevistas ou intervir nos acontecimentos, ela e sua equipe circularam por corredores do Congresso Nacional, filmaram coletivas de imprensa, registraram as votações na Câmara dos Deputados e no Senado e testemunharam bastidores nunca mostrados em noticiários.

O longa é produzido por NoFoco Filmes, coproduzido por Canal Brasil e tem distribuição de Bretz Filmes.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c