Finalizando nosso especial musical de fim de ano, separamos os quinze melhores videoclipes de 2020 como parte da última matéria para celebrar um dos anos mais memoráveis da indústria fonográfica.

Desde as obras menos conhecidas, como “Joan of Arc on the Dance Floor”, até as mais populares, como “WAP”“Watermelon Sugar”, confira as nossas escolhas abaixo:

15. “THE BOX”, Roddy Ricch

Direção: Roddy Ricch, Christian Breslauer



Roddy Ricch comandou com sólida força o videoclipe de “The Box”, cuja história o colocar no centro de uma narrativa à la ‘Velozes e Furiosos’. Passando por diversos momentos de uma vida recheada de ação, Ricch faz uma reflexão sobre seu crescente sucesso e de que forma tudo pode ser encarado com exagero desnecessário.

14. “WATERMELON SUGAR”, Harry Styles

Direção: Bradley & Pablo

“Watermelon Sugar” entrou para nossa lista de melhores músicas do ano passado – e é claro que o aclamado single de Harry Styles ganharia um videoclipe oficial no mesmo nível. Alegadamente, Styles usou certos psicotrópicos para compor o álbum, o que explica as referências dos anos 1960 do clipe e da paleta de cores vibrante.



13. “POSITIONS”, Ariana Grande

Direção: Dave Meyers

lead single homônimo de ‘Positions’, mais recente álbum de Ariana Grande, veio acompanhado de incrível clipe arquitetado em semi-planos sequência em que uma das cantoras mais interessantes da atualidade assume a presidência dos Estados Unidos – a posição de alta cobiça.

Aproveite para assistir:



12. “XS”, Rina Sawayama

Direção: Ali Kurr

Exagerado, colorido, propositalmente artifical – esses são alguns dos poucos adjetivos que caracterizam “XS”, um dos icônicos videoclipes do álbum de estreia de Rina Sawayama. A diretora criou uma narrativa simples de ser entendida e colocando a artista como uma robô pin-up que vende um produtor caro e desnecessário.

11. “FEVER”, Dua Lipa, Angéle



Direção: WAFLA

Filmes musicais que não desejam ser mais do que conseguem são sempre bem-vindos – e, por essa razão, “Fever” entrou para nossa lista. Aqui, Dua LipaAngéle discorrem de uma química apaixonante enquanto andam pelas ruas escuras de uma cidade, entrando em danceterias ou até mesmo comendo batata frita de um food truck.

10. “SPOTLIGHT”, Jessie Ware

Direção: Jovan Todorovic

Jovan Todorovic trouxe a estética cinematográfica para “Spotlight”, um dos vários singles do aclamado álbum ‘What’s Your Pleasure?’, de Jessie Ware. A bordo de um trem em alta velocidade, Ware atravessa corredores perdidos em momentos que não voltam mais – e através de uma frenética e arrepiante edição.


9. “GIRL LIKE ME”, Black Eyed Peas, Shakira

O quinto single do mais novo álbum do grupo Black Eyed Peas trouxe uma parceria inesperada com Shakira. A icônica artista latina roubou os holofotes em um animado videoclipe, comandando movimentos que variam desde o vogue até os workouts de Jane Fonda.

8. “CARDIGAN”, Taylor Swift

Direção: Taylor Swift

Em sua nova incursão diretorial, Taylor Swift encontrou em “cardigan” uma das melhores narrativas de toda a sua carreira. Munida apenas de um piano de cauda, Swift viaja através de mundos fantásticos, admirando a natureza selvagem de uma floresta ou lutando para sobreviver numa tempestade em alto-mar.

7. “RACHA”, Urias

Produção: Brabo

Urias já havia feito história ao levar para casa uma estatueta da Premiação de Berlim pelo irretocável “Diaba” – e voltou mais uma vez esse ano com o videoclipe oficial de “Racha”. Fazendo jus ao título da canção, Urias sensualiza com movimentos fluidos e posa ao lado de um carro de corrida, erguendo-se em holofotes preto e branco.

6. “WAP”, Cardi B feat. Megan Thee Stallion

Direção: Colin Tilley

Colin Tilley criou uma bizarra e divertida experiência com “WAP”, videoclipe oficial da música performada por Cardi BMegan Thee Stallion. Para tanto, resolveu criar uma justaposição conflitante entre o explícito conteúdo da canção e os visuais coloridos, colocando as performers em uma mansão infinita, num equilíbrio perfeito entre elegância, sensualidade e extravagância.

5. “PRISONER”, Miley Cyrus feat. Dua Lipa

Direção: Alana O’Herlihy, Miley Cyrus

“Prisoner” não é apenas um dos melhores filmes musicais do ano, mas também das últimas décadas. Dirigido por Alana O’HerlihyMiley Cyrus, a história traz a dupla formada por Cyrus e Dua Lipa encarnando o estilo peculiar das The Runaways, com roupas de couro, uma sóbria paleta de cores e um filtro setentista convidativo e narcótico.

4. “PHYSICAL (LET’S GET PHYSICAL WORK OUT)”, Dua Lipa

Direção: Daniel Carberry

Sim, sim, “Physical” é um videoclipe incrível, mas você já assistiu à outra versão estrelada por Dua Lipa? O vídeo de treinamento dirigido por Daniel Carberry é uma joia rara da plataforma do YouTube e, dessa vez, encarna Jane Fonda através de uma carta de amor com figurinos impactantes e movimentos dinâmicos.

3. “ALREADY”, Beyoncé

Direção: Beyoncé

“ALREADY” faz parte do filme ‘BLACK IS KING’ – e resume toda a importância que Beyoncé representa para a celebração e a exploração da cultura africana, trazendo-a para o cenário mainstream e revisitando suas raízes antepassadas. Inspirada pelas tribos Zulu e Xhosa, a narrativa é uma alegoria para a libertação da comunidade negra de todos os dilemas que enfrentou ao longo dos séculos.

2. “JOAN OF ARC ON THE DANCE FLOOR”, Aly & AJ

Direção: Aly Michalka, Stephen Ringer

Enquanto grande parte dos artistas se limitaram às décadas finais do século passado, Aly & AJ foram ainda mais longe e voltaram para o início da arte cinematográfica com o videoclipe de “Joan of Arc on the Dance Floor”. Rodando através de uma lente 16mm e outra 35mm, o estilo do clipe é inspirado no expressionismo alemão e nos longas-metragens da Era Muda do cinema.

1. “911”, Lady Gaga

Direção: Tarsem Singh

Nada poderia nos preparar para o que Lady Gaga havia em estoque no mundo de ‘Chromatica’.

Para o 3º single do álbum, “911”, Gaga abraça a arte surrealista ao lado de Tarsem Singh, valendo-se de elementos clássicos do cinema, incluindo os longas-metragens ‘A Cor da Romã’‘8 1/2’. A artista acorda em um deserto, rodeada de romãs, e então segue um cavaleiro misterioso até um vilarejo onde as coisas mais estranhas acontecem. A onírica narrativa termina em uma reviravolta gigantesca, que se tornou um dos assuntos mais comentados do ano e que chocou fãs ao redor do mundo.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva