Tron: O Legado, sequência do filme homônimo lançado em 1982, fez aniversário de dez anos nos últimos dias e, desde seu lançamento e de sua subestimada recepção por parte da crítica, ganhou uma legião de fãs que revisitaram diversas vezes o longa-metragem dirigido por Joseph Kosinski.

Kosinski, aliando-se ao produtor Steven Lisberger (que comandou a obra original), resolveu criar um projeto de alto-conceito, convencendo a Walt Disney Pictures a seguir em frente com a ideia, resultando em uma indicação ao Oscar pela incrível trilha sonora de Daft Punk e uma bilheteria de mais de US$400 milhões.

Na história, Sam, filho do famoso programador de jogos de computador Kevin Flynn, é assombrado há muito tempo pelo misterioso desaparecimento do pai. Um sinal estranho leva Sam ao fliperama de Flynn, onde é puxado para dentro de um mundo cibernético, o mesmo em que seu pai está preso há 20 anos. Sem receio, o guerreiro Quorra, Kevin e Sam procuram escapar de um universo que, embora magnífico, é muito mais avançado e perigoso do que Kevin tinha imaginado.

Para celebrar suas bodas, separamos uma breve lista com dez curiosidades sobre os bastidores do filme.



Confira:

REALIDADE AUMENTADA

As vozes da plateia durante a batalha de discos são, na verdade, as vozes do público durante o painel da Disney para o filme na Comic-Con de San Diego em 2010. Os fãs foram instruídos a gritarem frases que apareciam em uma tela gigante – e os sons foram gravados pelos técnicos da companhia de sonoplastia Skywalker.

O PESO DE UM SCI-FI



As filmagens de Tron: O Legado duraram apenas 64 dias. Entretanto, a pós-produção levou um tempo dezenas de vezes maior – 68 semanas, para ser mais exato, devido à quantidad absurda de efeitos especiais.

A VOZ DO POVO

Os primeiros rascunhos do roteiro assinado por Edward KitsisAdam Horowitz (a dupla por trás de ‘Once Upon a Time’) não traziam o papel de Alan Bradley. Depois de um pedido público feito pelos fãs e por Bruce Boxleitner, Alan foi acrescentado à história. Boxleitner foi elogiado por sua performance e até mesmo fez aparições como o personagem para promover o filme.

Aproveite para assistir:



GRANDES PODERES, GRANDES RESPONSABILIDADES

A Disney deu um voto de confiança para Joseph Kosinski, visto que Tron: O Legado foi a estreia diretorial do realizador. Entretanto, a Casa Mouse gostou das ideias que ele apresentou e, até hoje, carrega consigo o maior orçamento de um filme para um diretor estreante (US$170 milhões).

REJUVENESCENDO

Para interpretar o programa de computador CLU, o rosto de Jeff Bridges foi rejuvenescido com a mesma tecnologia do aclamado drama ‘O Curioso Caso de Benjamin Button’, lançado dois anos antes, para “envelhecer” Brad Pitt. Dessa forma, Bridges parece estar na casa de seus trinta anos (quando, à época, tinha 61).



FÃ DE CARTEIRINHA

Michael Sheen sempre foi um fã inveterado do filme original da franquia ‘Tron’ e, quando recebeu a oferta para viver Zuse em Tron: O Legado, quis imediatamente aceitar o papel. Entretanto, os agentes de Sheen não queriam que a Disney descobrisse o quanto ele queria participar do filme, porque, dessa forma, os executivos da Casa Mouse poderiam oferecer uma quantia bem menor que a pretendida por sua aparição.

PARCERIA DE SUCESSO

O duo conhecido como Daft Punk era um grande fã do filme original e rapidamente concordaram em compor a trilha sonora da sequência. Kosinski disse que, quando os entrevistava para o filme, percebeu o desejo que eles tinham de manter preservado o espírito do primeiro longa.

TECNOLOGIA DE PONTA


Diferente de seus contemporâneos, Tron: O Legado foi rodado desde o princípio no formato 3D, em vez de ser convertido na pós-produção. Os equipamentos usados, inclusive, faziam parte de uma geração à frente da tecnologia de ‘Avatar’ (2009).

QUEM SERÁ SAM FLYNN?

Garrett Hedlund fez um bom trabalho ao viver o protagonista Sam Flynn no longa-metragem, mas o ator não foi a primeira opção dos executivos da DisneyCasey AffleckChris PineRyan GoslingMichael Stahl-David também foram considerados para o papel.

SEQUÊNCIA DESCARTADA (ATÉ AGORA)

A conclusão da história de Tron: O Legado abriria espaço para um terceiro filme da franquia. Kitsis e Horowitz já estavam escrevendo o roteiro para uma continuação em potencial, mas a Disney resolveu investir em sequências da franquia ‘Star Wars’ e da saga da Marvel, visto que apresentavam prospectos melhores de bilheteria. Dez anos mais tarde, um novo capítulo da saga foi confirmado e está em desenvolvimento ativo.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva