Os 32 Melhores Casais do Cinema e Séries de Super-Heróis

Os 32 Melhores Casais do Cinema e Séries de Super-Heróis


Nesses tempos de divergências, brigas e intolerância, o amor mais do que nunca precisa ser disseminado. O melhor sentimento do ser humano muitas vezes parece em falta – em ambos acusados e acusadores. Voltando nossa atenção para esse sentimento majestoso, resolvemos criar nossa nova lista, focando nele. Mas não apenas isso, ao invés de apenas casais apaixonados em filmes de romance, resolvemos lembrar do amor entre personagens de um gênero recheado de ação e lutas –para percebermos que até os Super-heróis merecem descanso de seus combates para se apaixonar e amar.

Pois bem, com a ajuda de nossos colegas no IMDB, estes são os melhores casais de filmes e séries do universo dos Super-heróis.

Mulher Maravilha e Steve Trevor

Começando a lista com uma personagem que é sinônimo de igualdade feminina, e que em breve ganhará uma sequência no cinema. A Mulher Maravilha, saída de uma ilha paradisíaca, tem no militar Steve Trevor seu grande amor, desde a época do seriado antigo.



Demolidor e Elektra

Dizem que o amor pode caminhar junto do ódio, se as paixões forem incontroláveis. A dupla de lutadores habilidosos da Marvel é a prova disso. No cinema, Ben Affleck e Jennifer Garner estenderam o romance da ficção para a vida real. Atualmente, na Netflix, são Charlie Cox e Elodie Yung que vivem o tórrido caso.

Superman e Lois Lane

O maior super-herói de todos encontrou uma companheira à altura, e ela é humana. Bem, quase, já que é uma talentosíssima jornalista – o que a faz sobre-humana. Christopher Reeve e Margot Kidder, Teri Hatcher e Dean Cain, Henry Cavill e Amy Adams, e até Brandon Routh e Kate Bosworth foram intérpretes deste romance.

Batman e Vicki Vale

Ao contrário dos colegas da DC (Superman e Mulher Maravilha), o Batman é um solitário, mas isso não o impede de viver seus casos românticos, que infelizmente nunca duram muito. No cinema, o primeiro foi com a repórter Vicki Vale (seguindo os passos do amigo de Krypton), vivida pela estonteante Kim Basinger.

Senhor Fantástico e Mulher Invisível

No cinema, ainda não tivemos uma boa representação do primeiro grupo de heróis da Marvel nos quadrinhos. De qualquer forma, uma coisa que nunca faltou nas adaptações foi o amor entre Reed Richards e Sue Storm – a encarnação mais famosa é a de Jessica Alba e Ioan Gruffudd, que ao menos rendeu dois longas.

Homem-Aranha e Gwen Stacy

Nos quadrinhos, Gwen Stacy foi o primeiro grande amor de Peter Parker, vulgo Homem-Aranha. No cinema, porém, esta paixão só foi retratada no desnecessário reboot O Espetacular Homem-Aranha (2012) e sua sequência (2014), na qual o herói foi vivido pelo empenhado Andrew Garfield. A coisa boa: Stacy nas formas de Emma Stone.

Homem-Formiga e Vespa

Alguns casais são icônicos nas HQs e vem logo à mente quando nos referimos a tais duplas. Um deles é o formado por Hank Pym e Janet Van Dyne – que entre outras coisas, são membros fundadores da maior equipe da Marvel: Os Vingadores. No cinema, Janet só apareceu na continuação (lançada este ano), nas formas de Michelle Pfeiffer.

Ciclope e Jean Grey

O casal mais famoso do Universo X dentro da Marvel, os mutantes Scott Summers e Jean Grey já passaram por várias provações (e possessões – Fênix não deixa mentir) para seu amor. No cinema, essa história já foi contada nas formas de Famke Janssen e James Marsden, e agora os personagens assumem aparências mais jovens como Sophie Turner e Tye Sheridan.

Batman e Mulher Gato

Eu disse que o personagem já andou por aí. Em Batman, O Retorno (1992), o cavaleiro das trevas fez par com sua companheira mais famosa, que cria com ele uma dinâmica a la Demolidor e Elektra: a Mulher Gato, nas formas inesquecíveis de Michelle Pfeiffer (ela de novo).

Clark Kent e Lana Lang

Bem, não é só o Homem Morcego que teve mais de uma companheira ao longa de suas encarnações. O Homem de Aço, antes de conhecer Lois, teve um romance duradouro com a colega de Penquenópolis no seriado Smallville. A dupla foi vivida por Tom Welling e Kristin Kreuk. Somebody Save Me.

Homem de Ferro e Pepper Potts

Podemos dizer que esse romance começou a Marvel no cinema. Homem de Ferro (2008) foi o primeiro tijolo na mansão que é o MCU, que já dura dez anos. E neste primeiro filme, a interação entre Tony Stark (Robert Downey Jr.) e sua secretária Pepper (Gwyneth Paltrow) foi parte do sucesso. O caso se desenvolveu em casamento nos longas que seguiram.

Hulk e Betty Ross

Pobre Betty Ross. Ela é o grande amor da vida do gigante esverdeado, porém, constantemente esquecida em diversas encarnações. Na série da década de 1970, por exemplo, Betty ficou de fora. Isso sem contar no MCU, no qual o cientista Bruce Banner ganhou as formas de Mark Ruffalo, e até seu pai, o General Ross já deu as caras. Tudo culpa de O Incrível Hulk (2008), no qual o protagonista foi vivido por Edward Norton e a bela ganhou a aparência de Liv Tyler. Antes disso, em 2003, no filme de Ang Lee, a cientista foi vista como Jennifer Connelly.

Homem-Aranha e Mary Jane

Ao contrário das HQs, no cinema a primeira namorada de Peter Parker foi a vizinha Mary Jane Watson, vivida por Kirsten Dunst. A aspirante a atriz teve um longo romance com o protagonista, que envolveu inclusive uma desistência de casamento da parte dela e se estendeu por três filmes. Atualmente, no MCU, MJ como é conhecida, mudou sua identidade para Michelle nas formas da gracinha carismática Zendaya.

Deadpool e Vanessa

Todo super-herói precisa de uma companheira, mesmo um incorreto como Deadpool. Poucas relações do gênero no cinema foram tão picantes quanto a desta dupla vivida por Ryan Reynolds e nossa conterrânea carioca Morena Baccarin.

Arqueiro Verde e Felicity Smoak

No cânone, o Arqueiro Verde e Canário Negro são para a DC em termos de casal o que o Homem-Formiga e a Vespa são para a Marvel. E na série Arrow as coisas até começaram assim. No entanto, o público pediu e ganhou uma troca, com o crescimento da assistente do herói, vivida por Emily Brett Rickards, no programa. Assim um novo casal adorado se formou – ao menos neste universo.

Míssil Adolescente Megassônico e Yukio

Viva a diversidade! Deadpool 2 conseguiu a façanha de ser mais divertido que o primeiro, introduziu uma das melhores personagens do gênero na forma da sortuda empoderada Domino (Zazie Beetz) e além de tudo, o primeiro casal gay num filme de heróis mainstream. Sim, a Míssil Adolescente saiu do armário e ganhou uma namorada de cabelo rosa conhecida como Yukio.

Pantera Negra e Nakia

Por falar em quebra de barreira, este ano ficará marcado pelo sucesso de Pantera Negra – o primeiro filme de super-heróis com um elenco majoritariamente negro. É claro que além de todas as questões relevantes apresentadas no longa, o amor não podia ficar de fora. E ele veio na forma da picuinha entre o herói, vivido por Chadwick Boseman, que controla tudo menos os sentimentos pela independente Nakia – a Oscarizada Lupita Nyong´o – sua espiã favorita.

Feiticeira Escarlate e Visão

O amor transcende raças, sexo e até mesmo humanidade. A Marvel é boa em muitas coisas, entre elas criar casais icônicos. Nas HQs, o relacionamento entre o androide Visão e a complicada Wanda Maximoff sempre foi interessante e funcionou bem. No cinema, aos poucos o romance foi se assentando ao longo dos filmes, até culminar com Guerra Infinita.

Capitão América e Agente Carter

Por falar em relacionamentos sofridos, o líder dos Vingadores talvez seja o que tenha o romance mais amargo, apagado pelo tempo. Quando foi criado durante a Segunda Guerra Mundial, o Capitão América conquistou Peggy Carter (Hayley Atwell), mas uma tragédia separou os dois, o levando décadas no futuro. Como consolo, a agente ganhou sua própria série.

Flash e Iris West

O herói mais rápido da DC é dono de uma série de sucesso, que já dura cinco temporadas. Assim como nas HQs, sua companheira inseparável é Iris West, criando um mais que necessário casal inter-racial. Nem todas as encarnações foram assim, como a da série dos anos 1990. No programa, Grant Gustin e a bela Candice Patton vivem a dupla. No cinema, o Flash de Ezra Miller quase formou par com a gracinha Kiersey Clemons como Iris, mas a atriz terminou limada da edição final. Esperamos vê-la em breve nas telonas.

Homem-Formiga e Vespa II

Calma, isto não é uma repetição. Assim como nas HQs, Hank Pym, o herói original, passou seu manto para Scott Lang, a nova encarnação do personagem. Assim, vivido por Paul Rudd, o Homem-Formiga se apaixona pela filha de seu mentor, Hope Van Dyne, que trilhando os passos da mãe, adota o codinome Vespa, vivida por Evangeline Lilly.

Canário Branco e Nyssa al Ghul

Aqui temos mais um relacionamento necessário de diversidade sexual. Este, no entanto, não é um relacionamento comum, mas sim um muito conturbado, entre uma heroína e uma vilã. A Canário Branco, papel de Caity Lotz, é uma heroína icônica, líder em Lendas do Amanhã e sinônimo de personagem gay empoderada. Para complicar as coisas, ela se apaixona pela vilã Nyssa al Ghul (Katrina Law), filha do vilão Ra´s al Ghul.

Batman e Chase Meridian

Quantas vezes o Batman já se apaixonou nesta lista? Bem, já perdemos a conta. Aqui, neste terceiro filme da série, dirigido por Joel Schumacher, temos uma curiosidade. A personagem vivida por Nicole Kidman, uma psiquiatra, foi criada exclusivamente para o longa, e não existia nos quadrinhos.

Doutor Estranho e Dra. Christine Palmer

A talentosa Rachel McAdams entrou na produção quando ela já havia começado, para interpretar o interesse romântico do mestre das artes místicas da Marvel, o Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch). Resta saber se com a continuação a caminho, a atriz indicada ao Oscar voltará ao papel.

Senhor Incrível e Elastigirl

Não poderíamos terminar a lista sem o casal mais “incrível” do gênero, com o perdão do trocadilho. Pais de três filhos, os heróis acabaram de ganhar uma sequência, na qual é ela quem sai para combater o crime, enquanto ele fica em casa cuidando do bebê. Sim, até os heróis se adaptam aos novos tempos.

Luke Cage e Claire Temple

Haja café. Este é outro herói que se apaixona como troca de roupa. Facilmente poderíamos listar outras companheiras para o indestrutível herói do Harlem, Luke Cage (Mike Colter), como Jessica Jones (Krysten Ritter) e Misty Knight (Simone Missick). Mas aqui, selecionamos Claire Temple (Rosario Dawson), a enfermeira da noite, a qual segue salvando a vida do herói.

O Coruja e Espectral II

Um dos melhores filmes de heróis já feitos (acredite), Watchmen veio de uma igualmente incrível fonte, a graphic novel de Alan Moore. Entre as inúmeras ideias potentes, temos um relacionamento entre heróis jamais apresentado antes. E os protagonistas são o Coruja (Patrick Wilson), uma espécie de Batman, e Espectral (Malin Akerman), uma espécie de Mulher Maravilha.

Gavião Negro e Mulher Gavião

Dupla de amantes alienígenas alados, os Gaviões são canônicos na DC e sua imagem é muito conhecida para os fãs dos quadrinhos. No terreno do audiovisual, além das animações, a dupla deu as caras nas séries da CW, Arrow, Flash e Lendas do Amanhã, vividos por Falk Hentschel e Ciara Renée.

Supergirl e Mon El

Para conquistar a beldade Supergirl (Melissa Benoist) só mesmo sendo de outro planeta. Assim, a série da CW tratou de trazer outro herói extraterrestre para com a heroína formar um par. Mon El ou Lar Grand é vivido por Chris Wood no programa.

Thor e Jane Foster

Na rota de aprendizado de humildade do Deus do Trovão está o amor pelos humanos, em especial pela cientista Jane Foster. Mesmo após o sucesso moderado do primeiro filme, a Oscarizada Natalie Portman exibiu interesse mínimo por voltar ao personagem, mas foi contratualmente obrigada, ao menos para a continuação. Já no terceiro, Ragnarok, as faíscas podem estar rolando entre Thor e Valquíria (Tessa Thompson).

Lanterna Verde e Carol Ferris

Já listamos Ryan Reynolds como Deadpool. Mas nem tudo são flores para o sujeito. Nos quadrinhos, Hal Jordan é um dos personagens mais adorado pelos fãs, já que sua joia lhe dá imenso poder. No filme, a única coisa boa vivida pelo casal ocorreu fora das telas, com o ator casou com sua companheira de cena, Blake Lively.

Hulk e Viúva Negra

Existem coisas que preferíamos esquecer. A assassina russa vivida por Scarlett Johansson no cinema despertou o interesse do Homem de Ferro no segundo filme do herói e beijou o Capitão em Soldado Invernal (com quem formava um casal mais plausível). No entanto, dentre tantos erros de Era de Ultron, surgiu um relacionamento equivocado entre ela e o gigante verde. Por onde andará Betty…?





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c