Os Filmes Mais Esperados de Fevereiro 2019

Os Filmes Mais Esperados de Fevereiro 2019



Lembra daquele ano maravilhoso que lançou obras como Pantera Negra, Um Lugar Silencioso, Vingadores: Guerra Infinita e Hereditário? Pois bem, ele ficou para trás. E não apenas isso, já estamos no segundo mês de 2019. Mas não pense você que não teremos filmes para todos os gostos em fevereiro. São blockbusters, filmes de terror, cinema nacional, comédias, entre outros, disputando sua preferência nas salas de cinema. Por isso você já sabe, vem conhecer as principais estreias do mês aqui no CinePOP, e anote as que você não vai querer perder.

07/02

Uma Aventura Lego 2

Continuação do grande sucesso de público e crítica Uma Aventura Lego (2014), que ainda gerou o spin off Lego Batman (2017). Os brinquedos montáveis voltam a ser foco de uma grande produção da Warner (e quem diria que poderia dar certo?), e como a criatividade não poderia diminuir, agora o foco é a ameaça do Lego Duplo – nova linha da empresa com o dobro do tamanho. Chris Pratt e Elizabeth Banks comandam novamente a dublagem original, e Phil Lord e Christopher Miller (diretores originais) assinam o roteiro.

Escape Room

Terror da Sony que pega carona em duas ideias, uma delas muito em voga atualmente. Como diz o próprio título, os Escape Rooms são salas de jogos nas quais os participantes precisam escapar de ambientes através de charadas e enigmas. Aqui, no entanto, as coisas não serão tão simples – pense em Jogos Mortais. O chamariz do elenco é Deborah Ann Woll, a Karen Page de Demolidor.

Guerra Fria

Aproveite para assistir:


Com três indicações ao Oscar, esta produção polonesa do cineasta Pawel Pawlikowski (Ida) foi uma das grandes surpresas desta edição do Oscar 2019. Tudo bem que uma indicação na categoria de filme estrangeiro era esperada, mas Guerra Fria foi além e abocanhou também nas categorias de fotografia e diretor. Todo em preto e branco, e passado na década de 1950, o filme fala sobre o caso de amor entre um diretor musical e uma cantora durante o auge da Guerra Fria na Polônia.

No Portal da Eternidade

Outra biografia do pintor holandês Vincent van Gogh chega até o radar de prêmios. Esta é protagonizada pelo talentoso veterano Willem Dafoe, que descolou sua quarta indicação com a obra. O filme, dirigido por Julian Schnabel (O Escafandro e a Borboleta), é um profundo mergulho no psicológico do icônico artista.

Se a Rua Beale Falasse

Adiado de Janeiro para Fevereiro, o novo filme do cineasta Barry Jenkins (Moonlight – Sob a Luz do Luar) finalmente poderá ser visto pelos brasileiros. Baseado no livro famoso do autor James Baldwin, a obra fala sobre racismo, quando um homem é injustamente preso por puro preconceito. Assim, sua mulher (que espera um bebê seu) fará de tudo para provar sua inocência e libertá-lo. A atriz Regina King foi reconhecida com uma indicação na categoria coadjuvante, e o longa ainda foi lembrado para indicações por roteiro adaptado e trilha sonora.

14/02

Alita – Anjo de Combate

Empurrado do ano passado para este, a superprodução é baseada numa série de quadrinhos japoneses. A história fala sobre uma menina robô descobrindo a fundo suas origens, que a levarão a uma luta para mudar o futuro da humanidade. Recheado de efeitos de primeira, o que chama atenção verdadeiramente no projeto é a dupla de cineastas envolvidos. Enquanto Robert Rodriguez (Sin City) é o comandante na direção, James Cameron (Avatar) assina o roteiro e produz.

Vingança a Sangue Frio

Todo ano esperamos um thriller recheado de ação protagonizado por Liam Neeson, para começar os primeiros meses chutando a porta. No entanto, o ator pode querer acabar com nossa diversão, já que tem afirmado que este será seu último dentro do gênero. Nos resta aproveitar. Aqui, Neeson estrela como um sujeito simples que deseja se vingar de um cartel de drogas pela morte de seu filho. O filme é a refilmagem do norueguês O Cidadão do Ano (2014). E quem dirige é o mesmo Hans Petter Moland. Completando o elenco principal, Laura Dern e Emmy Rossum.

A Mula

Por falar em despedidas… enquanto Liam Neeson se despede dos filmes de ação, o veteraníssimo Clint Eastwood deixa nossos corações ainda mais tristes. Acontece que o lendário astro anunciou aposentadoria como ator depois deste A Mula. Daqui pra frente, segundo o mesmo, só trabalhará na direção. Eastwood estava descansando como ator desde Curvas da Vida (2012) e agora retorna para sua canção do cisne. Na história real, Clint vive um nonagenário que precisa transportar uma grande quantidade de drogas para um cartel mexicano. O longa é dirigido pelo próprio.

Poderia me Perdoar?

Outro filme que caiu no radar de prêmios, Poderia me Perdoar?, da jovem cineasta Marielle Heller, conquistou três indicações no Oscar 2019 – melhor atriz, ator coadjuvante e roteiro adaptado. Igualmente uma história real, a humorista Melissa McCarthy, aqui falando bem sério, vive a escritora Lee Israel, que desesperada começa a falsificar cartas de icônicos artistas. O filme é emocionante e melancólico.

Minha Fama de Mau

Outra biografia, desta vez uma brasileira. O ator Chay Suede vive o ícone da música nacional Erasmo Carlos, o Tremendão. Dirigido por Lui Faria, o filme acompanha os passos de Erasmo desde a juventude na Tijuca, Rio de Janeiro, até a escalada rumo ao sucesso. É claro que numa história dessas não poderia faltar o Rei Roberto Carlos, vivido aqui por Gabriel Leone.

21/02

A Morte te Dá Parabéns 2

Mais uma continuação de um filme de sucesso estreia em fevereiro de 2019. Essa, porém, de um “terrir”. A Morte te dá Parabéns (2017) conquistou público e crítica com sua trama bem sacada, criativa e divertida, que mistura Feitiço do Tempo (1993) com Pânico (1996). E para a continuação, os criadores vão ainda mais longe e envolvem elementos de ficção científica. A gracinha carismática Jessica Rothe retorna na pele da protagonista Tree.

Sai de Baixo – O Filme

No ar de 1996 a 2002, o programa humorístico Sai de Baixo, gravado ao vivo na frente de uma plateia, fez a alegria dos espectadores todos os domingos da época. O programa ensaiou um retorno em 2013. Mas agora, 23 anos depois de sua estreia nas telinhas, Caco Antibes, Magda, Vavá, Cassandra e Ribamar finalmente ganham as telonas. E a pergunta que fica é: o humor incorreto do passado tem lugar nos dias politicamente corretos de hoje?

Querido Menino

Nem todo filme que chega com pompa de Oscar e gerando hype de fato emplaca na premiação. Querido Menino era um que já dava como certa a indicação para ator coadjuvante do menino Timothée Chalamet (sensação ano passado por Me Chame pelo Seu Nome), mas terminou passando em branco. Sabe a cena mais comentada do filme gay citado, a conversa entre pai e filho no final? Pois bem, Querido Menino se comporta como aquela cena estendida por toda a projeção. Aqui, temos a luta de um pai (Steve Carell) para livrar seu filho do vício em drogas.

Todos Já Sabem

Javier Bardem. Penélope Cruz. Ricardo Darín. Só por este timaço irretocável de atores, o longa Todos Já Sabem valeria seu ingresso. Some a isso a direção do iraniano Asghar Farhadi (O Apartamento) e uma intrigante premissa. Na trama, Cruz retorna ao lar na Espanha para o casamento da irmã, com seus dois filhos pequenos. No evento, uma situação inesperada traz de volta segredos do passado.

28/02

Cinderela Pop

Nesta produção nacional protagonizada pela jovem Maisa, o mote é a subversão do clássico Cinderela para os dias atuais e o mundo da música. Assim, o príncipe encantado é um cantor, por exemplo. Fernanda Paes Leme vive a Madrasta. E o filme é dirigido por Bruno Garotti, de Eu Fico Loko (2017) e do recente Tudo por um Pop Star (2018), também com Maisa.

A Caminho de Casa

Para quem ama cachorros e animais em geral, esta é a pedida do mês. Aqui, uma cachorrinha viaja mais de 640 quilômetros através da natureza do Colorado para reencontrar seus donos. Ashley Judd e Alexandra Shipp (Com Amor, Simon) estão no elenco.

Calmaria

O astro Matthew McConaughey está de volta, desta vez numa história de suspense e drama. McConaughey interpreta um capitão de barco, vivendo tranquilo de turismo numa ilha pequena e pacífica. Sua calmaria muda com a chegada da ex-mulher (papel de Anne Hathaway), que o encontra e reaparece com um pedido de ajuda peculiar.

Crimes Obscuros

Escondido depois de algumas exibições em festivais, este longa reaparece agora para o lançamento em nossos cinemas. Trata-se de mais uma produção que traz um desempenho sério de Jim Carrey, conhecido como o rei das comédias na década de 1990. Filmes sérios, dramáticos e sombrios não são estranhos para o ator, no entanto. Aqui, neste thriller, Carrey vive um detetive da polícia investigando um assassinato. Ele encontra semelhanças entre o crime na vida real e um descrito em um livro. O longa é baseado num artigo real, escrito por David Grann.



COMENTÁRIOS