Os Melhores Filmes da Carreira de Jack Nicholson

Os Melhores Filmes da Carreira de Jack Nicholson



O grande Jack Nicholson completou 82 anos na última segunda-feira, dia 22 de abril. E embora muito atrasados, não poderíamos deixar de homenagear esta verdadeira lenda viva da sétima arte. Considerado um dos maiores atores de todos os tempos, Nicholson é dono de nada menos do que 12 indicações ao Oscar como ator – e três vitórias: duas como ator principal (Um Estranho no Ninho e Melhor é Impossível) e uma como coadjuvante (Laços de Ternura).

O veterano está afastado das telas desde sua pequena participação da comédia de James L. Brooks, Como Você Sabe (2010), na qual interpretou o pai de Paul ‘Homem-Formiga’ Rudd. Antes disso, dividiu as telas com Morgan Freeman em Antes de Partir (2007), dirigido por Rob Reiner – em seu último filme como protagonista até então. Rumores recentes davam sua saúde como debilitada. Mesmo assim, o ator chegou a ser vinculado ao remake americano da comédia alemã As Faces de Toni Erdmann (2016), o qual protagonizaria ao lado de Kristen Wiig. O projeto está em andamento com Lisa Cholodenko (Minhas Mães e Meu Pai) na direção e Wiig ainda a bordo, mas a presença de Jack na obra não é mais mencionada.

Seja como for, aos 82 anos, aposentado ou não, Jack Nicholson já nos trouxe muita alegria e questionamentos em seus filmes. E imprimiu mais talento e importância do que a maioria dos mortais, garantindo sua passagem tranquila para a imortalidade no panteão da sétima arte. Pensando nisso, o CinePOP, com a ajuda de vocês, o grande público, selecionou os 10 melhores filmes do ator. Lembrando que a lista foi criada com a média tirada das notas que os longas do ator receberam do grande público. Vem conhecer.

10 | Cada um Vive Como Quer (1970)

Uma das grandes parcerias de Jack Nicholson no cinema foi com o diretor Bob Rafelson, que o dirigiu em quatro filmes – este foi o primeiro. Indicado para quatro prêmios no Oscar, incluindo melhor filme e ator para Nicholson, o longa traz o astro na pele de Robert Dupea, um sujeito que abdica de sua vida rica e confortável e passa a trabalhar como proletário em perfuradoras de petróleo.

09 | Profissão: Repórter (1975)

Aproveite para assistir:


Grandes artistas buscam sempre colaborar entre si. E Jack Nicholson, considerado um dos melhores atores de sua geração, já na década de 1970, se colou com diretores de peso ao longo de sua carreira. Foi exatamente o que ocorreu aqui, quando o ator estrelou este thriller dramático e foi dirigido pelo icônico Michelangelo Antonioni. No longa, Nicholson interpreta um repórter escalado para cobrir uma guerra. No caminho, resolve assumir a identidade de um  conhecido seu falecido, um traficante de armas. Maria Schneider (O Último Tango em Paris) contracena com o ator.

08 | A Última Missão (1973)

Indicado para três prêmios no Oscar, incluindo melhor ator para Jack Nicholson, este filme narra a jornada de dois oficiais da marinha durões (Nicholson e Otis Young) designados a levarem um jovem oficial para a prisão. No caminho, eles decidem dar uma última mostra de diversão para o sujeito. A Última Missão recebeu uma espécie de sequência 44 anos depois, com o filme A Melhor Escolha (2017), dirigido por Richard Linklater e protagonizado por Bryan Cranston, Steve Carell e Laurence Fishburne.

07 | Batman (1989)

Com o filme dirigido por Tim Burton, o ator não foi indicado ao Oscar. Mas prestígio Nicholson já tinha de trabalhos anteriores, então aqui ele simplesmente se diverte e, é claro, enriquece com um acordo que lhe garantia uma porcentagem da bilheteria. Batman foi um fenômeno sem precedentes e que não será replicado, pois ocorreu numa outra época – e se Tubarão (1975) introduziu ao mundo os blockbusters, podemos afirmar que Batman elevou o jogo a outro patamar (com uma das campanhas de marketing mais agressivas e pioneiras da história). Grande parte do feito se deve à presença do ator na pele do vilão Coringa.

06 | Questão de Honra (1992)

O Coringa, de Batman, foi um dos grandes vilões da carreira de Jack Nicholson. Mas vocês já viram este filme? Caso a resposta seja não, os convido a conhecer o Coronel Nathan Jessep, encarregado da base em Guantanamo Bay. Num dos melhores e mais subestimados filmes da década de 1990, os astros Tom Cruise e Demi Moore vivem advogados investigando um possível assassinato dentro da marinha, que os leva diretamente a um dos homens mais poderosos da América – papel de Nicholson. Sem dúvida, todas estas séries investigativas devem muito à Questão de Honra. Não por menos, a obra foi indicada para 4 prêmios no Oscar, incluindo filme e ator coadjuvante para Nicholson.

05 | Melhor é Impossível (1997)

Um grande ator não se acomoda. E Nicholson, no auge de seus 60 anos, já tendo se provado repetidas vezes nas décadas de 1970 e 1980, termina a de 1990 com uma nota altíssima. Com Melvin Udall, seu personagem neste filme, um escritor com TOC, o astro conquistou toda uma nova gama de fãs, demonstrando para uma geração mais recente quem era Jack Nicholson. Muitos o conheceram através deste desempenho e passaram a admirá-lo. Como não? O filme foi indicado para 7 Oscar, e levou os prêmios de melhor ator para Nicholson e melhor atriz para Helen Hunt, seu par no longa.

04 | Chinatown (1974)

Nicholson sempre foi um ator metódico e através de seus desempenhos criou personagens tão icônicos que entraram para a história da sétima arte. Isso numa época em que os blockbusters não existiam – Jack nunca foi um ator a se embrenhar por grandes estúdios e produções, sempre optando por roteiros mais profundos. E aqui ao lado do lendário Roman Polanski, os dois criam uma verdadeira explosão. Chinatown é considerado o noir definitivo, sempre citado no topo das obras do gênero – o longa é um dos filmes preferidos do grande público no IMDB. Nicholson interpreta um detetive particular metido numa verdadeira teia de aranha, envolvendo conspirações e o sistema de distribuição de água em Los Angeles nos anos 1930.

03 | O Iluminado (1980)

A prova da versatilidade de grandes atores está em aceitarem papéis nos mais variados gêneros de obras cinematográficos. E Jack Nicholson pode dizer que sua filmografia é bem eclética. De dramas pesados, passando por comédias, até superproduções e filmes de suspense, Jack fez de tudo. Inclusive terror – onde começou a carreira nas produções de baixo orçamento de Roger Corman. Depois da fama, no entanto, e da vitória no Oscar como melhor ator, o primeiro filme de terror que fez foi O Iluminado. Mas não pense que essa foi uma manobra arriscada, pois o longa é baseado num livro de Stephen King e teve como diretor ninguém menos do que o gênio Stanley Kubrick. O resultado foi uma obra-prima do gênero, que é o terceiro filme da carreira do ator mais amado pelos fãs.

02 | Os Infiltrados (2006)

Como existe muito talento espalhado pelo mundo da sétima arte, nem sempre é possível juntá-los em uma vida. De fato, muitos atores ou diretores são amigos em suas vidas particulares, ensaiam trabalhar juntos, mas muitas vezes não conseguem. Veja só este caso: Jack Nicholson e Martin Scorsese só conseguiram concretizar sua tão aguardada parceria em 2006, com ambos já na terceira idade, em fases maduras de suas carreiras. Bem, os fãs reclamaram? Claro que não, pois antes tarde do que nunca. E que filme, meus amigos. Aqui, Jack vive o mafioso Frank Costello, sempre com a polícia em sua cola, mais perto do que nunca de apanhá-lo. Assim, ele infiltra um de seus homens na polícia, para lhe dar pistas das operações, mas o que ele não sabe, é que a polícia também tem um homem infiltrado em sua organização.

01 | Um Estranho no Ninho (1975)

Rufem os tambores. E o filme mais adorado da carreira de Jack Nicholson pelos fãs da sétima arte é… Um Estranho no Ninho. O filme que deu o primeiro Oscar de melhor ator para Jack, e numa fase de sua vida em que ele estava no auge de sua forma, é definitivamente um de seus trabalhos mais inesquecíveis. Muitos afirmam que ninguém vive um louco como Nicholson – que sempre foi meio doido em sua vida particular também. E o filme que começou de maneira forte esta tendência foi este – no qual o ator vive um sujeito que para escapar da cadeia, alega insanidade e vai parar num hospital psiquiátrico, no caminho conhecendo inúmeras “figuras”.

E você, quais seus filmes preferidos de Jack Nicholson? Comente.



COMENTÁRIOS