domingo, maio 26, 2024

Priscilla Presley não teria apoiado NINGUÉM além de Sofia Coppola para dirigir um filme sobre sua vida

Durante uma sessão de Q&A em Las Vegas, a icônica Priscilla Presley comentou sobre a adaptação cinematográfica sobre sua vida comandada por Sofia Coppola‘Priscilla’, e disse que, apesar de ter ficado preocupada com o projeto, acredita que o resultado foi bastante positivo (via IndieWire).

“Eu estava bem preocupada com esse filme”, ela disse. “[Mas] acho que acertou em cheio, para ser honesta”.

Presley disse que Coppola “queria muito acertar” e que ela não teria aprovado outra cineasta para comandar o longa, que é baseado em sua autobiografia ‘Elvis and Me’, de 1985, além dela.

“Eu amo o estilo fílmico [dela]. Acho que ela faz um ótimo trabalho”, Priscilla acrescentou. “Ela é pelas mulheres e, quando me abordou para falar sobre o projeto, fiquei tocada. Se era para alguém fazer um filme, seria ela. Eu nunca apoiaria outro filme de outra pessoa”.

Ela completa: “ela tem um coração enorme e seu pai é muito famoso – e ela realmente se conectou comigo. Não tenho problemas com o que ela fez de maneira alguma”.

O filme, estrelado por Cailee Spaeny e com Jacob Elordi no papel do Rei do Rock Elvis Presley, conquistou 83% de aprovação no agregador de reviews, com uma nota média de 7.1/10 baseada em 189 críticas.

Confira avaliações:

“As pessoas podem culpar Coppola por mergulhar em terreno familiar, mas é difícil argumentar contra o resultado: uma jornada ao coração sombrio de uma celebridade. É seu melhor filme desde ‘Encontros e Desencontros’.” – Rolling Stone

“À sua maneira friamente analítica, Coppola apresenta alguns pontos contundentes sobre a forma como Priscilla é controlada pelos homens em sua vida.” – Independent (UK)

“A história de Priscilla é bem conhecida e o público recentemente a viu retratada na cinebiografia de Elvis, de Baz Luhrman. Então, o que o cineasta pode acrescentar à história de Priscila? A resposta curta é: não muito.” – London Evening Standard

Não deixe de assistir:

“Um tributo silencioso e simpático ao tipo de pessoa que é personagem coadjuvante na maioria dos filmes biográficos.” – BBC

“Os fãs de Elvis ficarão, sem dúvida, horrorizados.” – Times (UK)

“Coppola nos atrai para o imediatismo dos desejos da jovem Priscilla, da forma como sua amizade que virou romance com um homem extremamente solitário representou, por um tempo, tudo o que ela queria da vida.” – TIME Magazine

Lembrando que o filme estreia nos cinemas brasileiros em 26 de dezembro.

O longa vai contar a história do romance entre Elvis e Priscilla pela perspectiva da mulher. A produção será distribuída pela A24 na América do Norte e pela Vision Distribution e Stage 6 Films/Sony Pictures International Releasing no resto do mundo.

Jacob Elordi e Cailee Spaeny

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS