Star Wars Day – Conselho Jedi RJ celebra o May the 4th com evento para os fãs

Star Wars Day – Conselho Jedi RJ celebra o May the 4th com evento para os fãs



Dia 4 de maio é uma data internacionalmente conhecida como o Dia de Star Wars. A ideia surgiu com a semelhança sonora em inglês da data – May, the 4th – com a frase icônica dos jediMay the Force be with you (Que a Força esteja com você). A partir daí, os fãs da saga passaram a comemorar o dia como sendo a data oficial do universo criado por George Lucas, e ontem, no Rio de Janeiro, o Conselho Jedi – o maior e mais antigo fã clube dedicado à série do Brasil – organizou um evento que reuniu quase mil fãs no Imperator, na zona norte da cidade.

Em mais de seis horas de programação intensa, os fãs puderam passear por estandes que ofereciam todo tipo de colecionável, desde produtos nacionais a importados direto dos parques da Disney.

Havia também um estande da editora Aleph que vendia dezenas de livros da saga com mais de cinquenta por cento de desconto, o que fez a alegria dos jovens com pouca grana no bolso.

Dentre as atrações, houve uma belíssima apresentação do Ballet Star Wars, desenvolvido pela Cia de Ballet adulto UP Dance Studio, que interpretou os temas de John Williams com graciosidade e leveza. A banda The Screeners animou o público tocando temas dos filmes nerds favoritos. Os Podcrastinadores e Os Três elementos, youtubers e podcasters, também deram uma palhinha para o público, dando dicas e levantando teorias sobre o universo intergaláctico de George Lucas. E como mestre de cerimônias, Fernando Caruso, o nerd mais carismático do Brasil, subia ao palco toda vez que uma nova diversão entrava em cena.

 

Aproveite para assistir:


 

Sucesso em todos os eventos do Conselho Jedi, Marcelo Vianna atraiu o público com seu cosplay perfeito de Darth Vader. Aliás, como era de se esperar, o desfile de cosplay foi uma atração a parte, incluindo uma família inteirinha que se vestiu de acordo com seus personagens favoritos.

“É emocionante ver as homenagens aos atores que morreram” comenta Larissa Rezende, que faz cosplay de Princesa Leia há anos e assistia, naquele momento, um vídeo feito pelo grupo Retired Troopers em tributo a Peter Mayhew, o ator que interpretava Chewbacca. “Eu até sinto frio com meu cosplay, mas a emoção é maior”, diz a jovem, que também é professora de História e brinca que seus alunos sabem exatamente como agradá-la falando apenas de Star Wars em sala. “Eu estou animada com o fim da saga no fim do ano. Mas também com um pouquinho de medo”, diz, e ela não é a única.

Por isso mesmo um painel com Débora Otero, Nadja Lirio, Felipe Rodrigues e Brian Moura, membros do Conselho Jedi, foi montado para explicar as novidades da Celebration, que é o maior evento sobre Star Wars do mundo, realizado pela própria Disney, e que este ano aconteceu em abril em Chicago. Dentre as novidades estão o game “Jedi Fallen Order”, que sai dia 15/11, e o game “Vader Immortal”, onde o player se torna um aprendiz e vai ter que treinar em primeira pessoa para não desagradar o vilãozão.

Os membros do Conselho comentaram os seis livros sobre a saga que estão planejados para vir a público, como por exemplo o ‘Master Apprentice’, que foca na jornada do Obi-Wan Kenobi; e ‘Luke, a Skywalker Saga’, que, bom, foca da família; ‘A Crash of Fate’, faz parte da série ‘Black Spirit: SW Galaxy’s Edge’; além do livro infantil ‘C3PO Does Not Like Sand’ e o projeto secreto ‘Project Luminous’, no qual cinco autores famosos se juntaram para produzir algo inédito que será divulgado ao público em 2020.

E é óbvio que a iminente inauguração dos dois parques temáticos da saga na Disney também foi um assunto empolgante entre os fãs, especialmente a estação Black Spire, que permite ao usuário se transportar para outro planeta e literalmente viver uma experiência Star Wars completa. Neste espaço, para vocês terem uma ideia, só serão vendidos produtos customizados Star Wars, ou seja, não vai ter Mickey Mouse em nenhum local. Tudo para que a ideia de que você está em outro planeta não seja quebrada. E quando digo nenhum produto, é nenhum produto MESMO. Até a Coca-Cola será estilizada.

Na cantina do parque haverá o DJ Rex tocando músicas criadas com exclusividade por John Williams e lá será servido carne de banta, a bebida azul, a bebida vermelha e muito mais! E detalhe: as carnes serão processadas num pod racer!

Outra novidade é a possibilidade de você criar seu próprio sabre de luz de acordo com a Força que tem em você, e o Droid Depod, onde o visitante pode montar seu próprio droid. Sem contar a grande atração do parque, que é a oportunidade que o visitante vai ter de sentar nos gunners e pilotar de verdade a Millenium Falcon.

Tanto o parque da Califórnia quanto o de Orlando será 100% interativo, então, a partir do momento que você entrar no espaço, você literalmente se esquecerá do mundo do lado de fora. Isso significa, por exemplo, que se você não for tão bem-sucedido na sua corrida com a Millenium, você não será bem atendido pelos serviços do parque. Ou seja, você tem que se empenhar na hora de se divertir, do contrário, você será tratado como um Lando ou como um Han.

A experiência será tão imersiva que o app do parque contará com um guia de falas, uma tabela que indicará, nas línguas do universo de Star Wars, o equivalente ao que você quer dizer em inglês. Ou seja, ninguém fala inglês no parque!

O espaço na Disney Califórnia será aberto ao público dia 31 de maio de 2019, e, em Orlando, mais para o fim do ano. Entretanto, o hotel do parque da Flórida terá um prazo máximo de hospedagem de 2 dias, nem mais, nem menos.

Em conversa com o CinePOP sobre o sucesso do evento, o presidente do Conselho Jedi RJ, Brian Moura, comentou que “fica até arrepiado em ouvir isso. Eu me emociono muito, porque foram dois meses se dedicando para que tudo desse certo”. E sempre dá certo quando há amor de fã envolvido.

E fiquem ligados, que a Jedicon RJ deste ano foi confirmada e acontecerá nos dias 25 e 26 de outubro!

 

 



COMENTÁRIOS