‘Star Wars: Os Últimos Jedi’ – Furo no roteiro meio que acaba com a franquia

‘Star Wars: Os Últimos Jedi’ – Furo no roteiro meio que acaba com a franquia


Star Wars: Os Últimos Jedi‘ não agradou a todo mundo, e muitos até hoje fazem listas do que acham que não deu certo no filme. Uma reclamação que voltou a ganhar atenção recentemente foca em um momento específico que, de acordo com o youtuber Thor Skywalker, ‘acabou com Star Wars para sempre‘.

O auê se refere à cena em que o Vice-Almirante Holdo dirige o Raddus na velocidade da luz, desviando da frota da Primeira Ordem, ganhando tempo para os membros da Resistência, de modo que eles consigam escapar.  Ao levantarmos a questão de por quê ninguém nunca ter tentado fazer isso antes – fosse em futuros ataques suicidas, ou algo similar – , com objetos programados para realizarem colisões na velocidade da luz, alguns fãs sugerem que isso levanta um buraco enorme na lógica do universo cinematográfico. Por exemplo, o ataque à Estrela da Morte em ‘Uma Nova Esperança‘ fica sem sentido, uma vez que os rebeldes poderiam simplesmente tê-la destruído, ou ao menos terem danificado a estação espacial utilizando o mesmo truque.

É difícil não concordar que a ‘Manobra de Holdo‘ gera um lapso na lógica da série, mas o que se discute na verdade é o quanto isso realmente importa. Se por um lado para alguns fãs, que buscam coesão e lógica em tudo que é apresentado pela franquia, isso possa parecer ser o fim do mundo, outros ficam satisfeitos em deixar que os furos de roteiro sejam apenas furos de roteiro.

E aí? Qual dos dois tipos de fã é você?







Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c