The Gifted - Episódios 1x09 e 1x10 - outfoX e eXploited

The Gifted - Episódios 1x09 e 1x10 - outfoX e eXploited

Nota:

E a criação de Matt Nix entregou dois episódios excelentes, “outfoX” e “eXploited”, respectivamente, com destaque para o décimo que acelerou o coração dos telespectadores e deixou todos na beira do sofá roendo as unhas de nervoso.

Movidos pela emoção e com influência de Esmé (Skyler Samuels), a novata que mal chegou e já está aprontando pacas, os mutantes mais Reed (Stephen Moyer) e Caitlin (Amy Acker) decidiram realizar uma invasão as Indústrias Trask para descobrir mais sobre o que acontece no local e libertar os mutantes presos. Ao longo de todo o nono episódio pode-se ver que a situação não sairia conforme eles esperavam. O ponto mais alto está para Andy (Percy Hynes White) e Lauren (Natalie Alyn Lind) que testam pela primeira vez o poder ao juntar as mãos, contudo, não vão até o final ou destruiriam todo o local onde está a resistência.

Outro destaque vai para Blink (Jamie Chung) e Dreamer (Elena Satine), que acabam por ficar para trás, quando os sentinelas descobrem a presença deles no local, com o intuito de salvar os outros. Porém, numa ação surpresa, Andy se recusa a usar o poder da fenris, pois acabaria matando pessoas inocentes e os irmãos mais Clarice e Sonya são capturados. Aproveitar para parabenizar o show de atuação da Amy Acker ao ver tudo pelas câmeras hackeadas.




Agora vamos ao décimo episódio e aos queixos caídos do público. Com os quatro presos pelos sentinelas, os ânimos se afloram na resistência e Polaris (Emma Dumont) demonstra compartilhar cada vez mais de sentimentos semelhantes aos do pai Magneto, de fato parece que ela é mais radical do que os outros. Enquanto isso, John Proudstar (Blair Redford) prefere uma abordagem mais elaborada para não ter riscos de perder mais seu pessoal. É angustiante assistir a toda manipulação feita por Esmé para conseguir o que quer e ver todos acreditando nas “boas intenções” da telepata.

Caitlin é quem vem demonstrando mais crescimento e amadurecimento ao longo dos episódios. É prazeroso assistir as palavras que ela diz a Jace Turner (Coby Bell) e a esposa do mesmo a respeito da prisão dos filhos. “O que você está fazendo em nome da nossa filha?” e com uma frase, Paula Turner (Frances Turner) derrubou o sentinela que decidiu retirar os prisioneiros das Indústrias Trask.

Agora precisamos falar sobre os poderes dos irmãos Strucker: com as ameaças do Dr. Campbell (Garret Dillahunt) e principalmente, após ele matar sem dó a Dreamer, e provocar o ranço de todos os fãs da série, os irmãos uniram as mãos para demonstrar o poder e sinceramente, não acredito que aquela seja metade da capacidade deles. Se de fato fosse todo o poder da fenris, aquela sala e aquele prédio estariam destruídos, virado pó. Mas já é um começo do que poderá ser visto futuramente. Sem contar que os efeitos especiais em torno do uso da habilidade está ótimo para a TV aberta.

E a pergunta: para que ele queria medir a capacidade dos poderes e “pegá-los”? E lá vai a minha teoria: lembram no primeiro episódio em que o Campbell aparece, no final da season premiere, e pede para alguém pesquisar um arquivo sobre os gêmeos que fizeram um ataque no Rio de Janeiro? Existe um ou dois corpos numa maca na cena (Mas Karolen, pode ser qualquer um)... sim, sim, pode ser qualquer um. Mas lá vai uma ideia louca que se passou na minha cabeça: Campbell está em posse dos gêmeos Von Strucker e pode ser que vivos, porém, sem os poderes ou enfraquecidos, e com a demonstração de Andy e Lauren, talvez ele possa recuperar o dos avós do Reed e transformá-los em Hounds. Pode ser que eu esteja 100% errada, mas não duvidaria de ser algo do tipo. Vamos aguardar para descobrir! Talvez ele apenas usará os poderes para desenvolver uma arma para atacar os mutantes.

Sem tempo para sofrer pela morte de Sonya, The Gifted joga os telespectadores em um loop de adrenalina quando é revelado os planos de Esmé que, sem receio algum, mata os sentinelas no local, exceto pelo agente Turner, e recuperar as irmãs. PERAÍ! IRMÃS? SIM, MEUS AMIGOS, SIM, AS IRMÃS STEPFORD, A.K.A IRMÃS CUCKOOS, ESTÃO NA SÉRIE. Okay, parei de gritar. Mas precisamos falar também sobre este momento! Só para relembrar: as Stepford são clones que foram criadas pela Arma Extra, ainda quando Emma Frost estava em coma devido ao ataque que matou sua primeira equipe de Satânicos. O Dr. Sublime vai lá, extrai óvulos da moça, multiplica e produz em tubo de ensaio para criar a Arma XIV. Ou seja, em torno de 1000 telepatas que se juntas já causam, imagine together.

As Cuckoos causam um estrago dentro do Instituto Xavier e são responsáveis por quase matar Emma Frost, mais especificamente, Esmé é a culpada. O ponto é que, claramente, elas não possuem problema algum em atirar primeiro e perguntar depois. Enquanto os mutantes que o público se deparou são a favor de uma abordagem mais branda, talvez as irmãs Stepford estejam junto a pessoas com habilidades que não possuem problemas em agir de maneira radical. O que, não bastando os conflitos com os sentinelas, as Indústrias Trask, será que agora também haverá conflitos com outros mutantes? Bom, resta esperar para saber o que os três episódios finais irão trazer. Mas parece que agora o circo começará a pegar fogo.

Até janeiro, portadores do gene X!





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c