Treta! Ryan Murphy e família Versace brigam por causa de ‘American Crime Story’

Treta! Ryan Murphy e família Versace brigam por causa de ‘American Crime Story’



No começo da semana, a família Versace emitiu um comunicado oficial afirmando que a nova temporada de ‘American Crimes Story‘ é uma obra de ficção não autorizada que não condiz com a realidade dos fatos.

Hoje, Ryan Murphy rebateu as alegações.

Em uma entrevista à revista Entertainment Weekly, o produtor reafirmou que ‘The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story’ é puramente baseado em fatos reais.

Segundo ele:

“A família Versace disse que o trabalho é fruto de uma ficção, mas não é. ‘The People vs. O.J. Simpson: American Crime Story’ foi baseado em uma obra de não-ficção do escritor Jeffrey Toobin. A história do estilista é também baseada em um livro do mesmo gênero de Maureen Orth, que foi debruçado, dissecado e esmiuçado por 20 anos. Ela trabalhou para a revista Vanity Fair. Além disso, Maureen é uma repórter impecável e nós permanecemos ao lado de seus relatos. E como nossa série é baseada em seu trabalho jornalístico, logo, não estamos diante de uma produção ficcional. A temporada é um trabalho não fictício, com elementos óbvios do docudrama. Não estamos fazendo um documentário”.

No comunicado oficial, a família do estilista pontuou que não teve acesso ao material produzido de maneira prévia, alegando:

“Nós nem autorizamos, tão pouco tivemos qualquer envolvimento de qualquer natureza na série do sr. Gianni Versace, que está prestes a ser lançada. Considerando que Versace não autorizou o livro no qual a produção é parcialmente baseada, nem ao menos participou do roteiro, essa série deve ser considerada apenas como fruto de um trabalho de ficção”.

Aproveite para assistir:


Respondendo os apontamentos feitos pela família, Murphy relembrou sobre o aval de Donatella Versace quanto ao que estava sendo produzido:

“No domingo do Globo de Ouro, Donatella mandou um belíssimo e enorme arranjo de flores à Penélope Cruz, com um bilhete de ‘boa sorte’. Este presente foi em virtude da participação da atriz no evento. Ela esteve na premiação representando a nossa série. Além disso, quando ofereci o papel à Cruz, ela foi expressamente clara, dizendo: ‘Eu estou muito interessada, mas sou amiga da Donatella e jamais assumirei essa responsabilidade, a menos que ela esteja ok com isso’. Então, ela ligou para a estilista, que consentiu. Indo mais longe, eu fui objetivo ao dizer as duas que em hipótese alguma compartilharia o roteiro ou informações ligadas ao projeto, porque nós simplesmente não fazemos isso. Não fizemos com a temporada de O.J. Simpson e nem com ‘Feud’. Eu jamais farei isso. E para completar, Penélope não se colocaria na posição de prejudicar Donatella e sua família, mostrando os fatos por um ângulo depreciativo”.

The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story’ estreia em 17 de janeiro, no FX.

Crítica | American Crime Story (1ª Temporada) 

A segunda temporada ‘American Crime Story‘ focará em Gianni Versace, estilista de alta costura italiano. Ele foi assassinado pelo assassino em série Andrew Cunanan em 15 de julho de 1997 com dois tiros na nuca, na entrada de sua casa em Miami Beach. A série também conta com Ricky MartinDarren Criss e Edgar Ramirez.

O assassino se matou poucos dias depois.

 



COMENTÁRIOS