‘Vingadores: Ultimato’: Cena pós-créditos é revelada… e pode ser bastante decepcionante

‘Vingadores: Ultimato’: Cena pós-créditos é revelada… e pode ser bastante decepcionante




O relançamento de ‘Vingadores: Ultimato‘ ganhou mais informações nada animadoras.

Segundo o We Got This Covered, a cena pós-créditos “inacabada” em questão mostra simplesmente o Hulk entrando em ação quando algumas crianças precisam ser salvas. Eles estão presos em um prédio em chamas e Hulk entra e os resgata. É isso, aparentemente. Nenhuma prévia da Fase 4, ou surpresas, apenas Banner salvando o dia ajudando algumas crianças. A cena não estará com os efeitos digitais finalizados e também estará disponível no Blu-ray.

Além disso, há também uma homenagem a Stan Lee, uma mensagem especial do co-diretor Anthony Russo e uma prévia de ‘Homem-Aranha: Longe de Casa‘.

O filme voltará aos cinemas norte-americanos nesta sexta-feira, dia 28 de Junho.

Aproveite para assistir:


Confira:

Muitos fãs brasileiros nos enviaram mensagem perguntando se o filme também seria relançado por aqui. O CinePOP entrou em contato com a Walt Disney do Brasil, que nos CONFIRMOU o relançamento nos cinemas nacionais.

Porém, a data ainda não foi definida. Fiquem ligados no CinePOP para mais novidades!

A nova versão terá 188 minutos de duração, seis minutos a mais que o original. A nova versão não trará um corte drasticamente diferente do filme, já que os minutos extras virão em forma de uma cena pós-créditos.

“Não é uma versão estendida, mas haverá uma versão entrando nos cinemas com um empurrão de marketing que trará algumas novidades no final do filme. Se você ficar e assistir ao filme, após os créditos, haverá uma cena deletada, um pequeno tributo e algumas surpresas. O lançamento acontece no próximo fim de semana.”, afirmou Kevin Feige.

Com o relançamento, a Disney tenta passar os US$ 46 milhões que separam a bilheteria mundial de ‘Vingadores: Ultimato‘ (US$ 2,74 bilhões) e ‘Avatar‘ (US$ 2,78 bilhões).

Não foi revelado se o filme será relançado no Brasil.

Assista nossa crítica:



COMENTÁRIOS