‘Wonka’, ‘O Retorno de Mary Poppins’ e outros filmes MUSICAIS para ver neste final de ano

Estamos na reta final de 2023 e, como é de praxe, o CinePOP traz para você inúmeras dicas de encerramento de ano – ainda mais considerando as festas de Natal e de Ano Novo, que clamam por uma atitude mais positiva para o próximo ciclo que irá se iniciar.

E, dentro dessa ideia, os filmes musicais conseguem expressar de forma cândida e otimista esses ideais tão bem-vindos nessa época. Pensando nisso, preparamos uma lista com cinco longas-metragens do gênero para você conferir em dezembro, seja sozinho, seja com amigos ou com a família (incluindo ‘Wonka’, pré-sequência de ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’ que estreou recentemente nos cinemas brasileiros).

Confira nossas escolhas abaixo:

O ESTRANHO MUNDO DE JACK (1993)

Destinado tanto à época do Halloween quanto à do Natal, ‘O Estranho Mundo de Jack’ é uma das animações mais celebradas da história – e colocou em destaque o nome de Henry Selick como um dos realizadores mais originais da contemporaneidade. Além disso, o longa-metragem serviu como uma plataforma para o início da carreira de Tim Burton, que assinou a narrativa.

A produção gira em torno de Jack Skellington, o Rei das Abóboras, que está cansado de seguir a mesma rotina ano após ano. De repente, ele se encontra numa estranha floresta que guarda uma porta para a Cidade do Natal, dando de cara com uma festa diferente de tudo que já viu antes – e resolve tomá-la para si e criar um Natal único (e aterrorizante).

O EXPRESSO POLAR (2004)

‘O Expresso Polar’ se tornou um dos clássicos infantis mais assistidos na época do Natal – e, ano após ano, é redescoberto por aqueles que buscam uma aventura inesquecível. Reunindo Zemeckis e Tom Hanks, que já haviam trabalhado juntos em ‘Náufrago’, por exemplo, a animação é inspirada no livro de Chris Van Allsburg e acompanha um menino cheio de dúvidas que pega uma extraordinária carona para o Polo Norte, embarcando em uma jornada de autodescobrimento que mostra a ele que a maravilha da vida nunca desaparece para aqueles que acreditam.

Ainda que a estética musical fique em segundo plano – em virtude de uma instigante narrativa que nos leva ao extremo do planeta -, é notável como o filme é dotado de inúmeras faixas muito bem produzidas e que capturam o espírito natalino de forma inexplicavelmente adorável e comovente.

Não deixe de assistir:

O REI DO SHOW (2017)

Lançado em 2017, ‘O Rei do Show’ pode não ter agradado a crítica em geral, mas se tornou um clássico instantâneo de fim de ano e um dos favoritos do público – principalmente por trazer um elenco de peso, como Hugh JackmanZac EfronZendayaRebecca Ferguson e outros, às telonas.

A trama funciona como um potente e inédito musical que celebra o nascimento do show business e o sentimento maravilhoso de quando sonhos se realizam. Inspirado pelo ambicioso e imaginativo P. T. Barnum, o filme conta a história do visionário que criou o hipnotizante espetáculo que se tornou uma sensação mundial.

O RETORNO DE MARY POPPINS (2018)

Quase cinco décadas e meia depois do lançamento do filme original, a babá mais encantada de todos os tempos voltou às telonas com uma inesperada sequência intitulada ‘O Retorno de Mary Poppins’ – que trouxe ninguém menos que Emily Blunt no papel titular. Ainda que tivesse nos deixado com um pé atrás, o longa-metragem conquistou o público e a crítica por reviver uma das personagens mais icônicas da cultura pop de forma honesta e bastante simbólica.

A história é ambientada na época da Grande Depressão e acompanha Michael e Jane Banks, que já estão crescidos, com suas preocupações da vida adulta, e passam por um triste prospecto: com a queda das ações e um desemprego absurdamente inenarrável, eles podem perder a casa de infância e deixar para trás tudo o que viveram pelas paredes do imenso sobrado. Com Michael tendo que cuidar de três filhos, ninguém melhor que Mary Poppins (Emily Blunt) para ajudá-los a recuperar a felicidade e o gosto pela coisas simples da vida.

WONKA (2023)

Ninguém poderia imaginar que ‘Wonka’, pré-sequência do clássico ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’, daria certo – afinal, é notável a exaustão criativa de Hollywood no tocante a continuações, rebootsremakes de títulos bastante conhecidos. Entretanto, o diretor Paul King conseguiu surpreender a todos com uma divertida história sobre o chocolateiro mais famoso da história, Willy Wonka, unindo-se a uma performance impecável de Timothée Chalamet como o personagem titular.

Baseado no livro de Roald Dahl, essa comédia musical acompanha a história do excêntrico chocolatier. Desta vez, descobrimos como começou a história do jovem Willy (Chalamet) em sua jornada até se tornar o dono da maior fábrica de chocolate do mundo, deixando para sempre a casa de seus pais e embarcando em uma de suas aventuras mais fantásticas que, eventualmente, resultou no encontro com seus fiéis ajudantes, os Oompa-Loompas (Hugh Grant).

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS