‘X-Men:’ A ciência explica porque alguns mutantes são azuis

‘X-Men:’ A ciência explica porque alguns mutantes são azuis



Uma das maiores dúvidas entre os fãs de ‘X-Men‘ é por que alguns mutantes são azuis, como Mística, Noturno, Apocalipse e Fera. E, acredite, há uma reposta científica para isso.

De acordo com o Comic Book, em um artigo publicado no The Science Of, o Dr. Eric Spana, professor de biologia na Duke University, revelou como as várias composições genéticas dos ‘X-Men‘ poderiam ter resultado em sua cloração azul, baseada em exemplos no reino animal.

“Para os ‘X-Men‘, há uma explicação na coloração azul de dois dos exemplos acima. A proteína queratina não é apenas um importante componente proteico das penas, mas também do cabelo e das unhas humanas. Assim, o pelo azul do Fera deriva de duas mutações diferentes: uma que estimula o crescimento dos pelos/cabelos e outra que organiza a queratina nos fios para refletir a luz azul como num gaio azul [espécie de pássaro]. O Noturno, no entanto, não tem esse excesso de pelo, mas tem a pele azul. Sua mutação pode ser derivada das fibras de colágeno ordenadas semelhantes aos do babuíno mandril.”

Spana também cita algumas características por trás da pele azulada, o que teoricamente traria uma chave na possibilidade de um mutante humano saudável possuir esse pigmento.

“Podemos resumir a cor em duas grandes categorias: cor estrutural e cor do pigmento”, revelou Spana. “A cor do pigmento é o que torna o jeans, a tinta da caneta e o vitral azul. A cor estrutural é um efeito físico de absorção de luz e reflexão, onde apenas a luz azul é refletida e vista pelos olhos. Existem apenas alguns organismos na Terra que podem formar um pigmento azul natural, como algumas espécies de borboletas, por exemplo.”

Para quem não sabe, existem alguns exemplos de seres humanos com pele azulada, como os membros da família Fugate, originários do final do século XIX e início dos anos 90.

Os Fugate sofriam de metahemoglobinemia, um traço genético recessivo que impede o sangue de transportar ou fornecer a quantidade necessária de oxigênio.

Aproveite para assistir:




COMENTÁRIOS