'X-Men: Fênix Negra' pode se tornar o maior fracasso comercial de 2019

'X-Men: Fênix Negra' pode se tornar o maior fracasso comercial de 2019



As coisas não estão nada bem para 'X-Men: Fênix Negra'. O filme já está sendo removido de cartaz nos EUA apenas três semanas após sua estreia, por conta do baixo lucro que rendeu durante o período de exibição.

O filme foi retirado de 1.667 salas cinemas esta semana, o que equivale a cerca de 44% dos cinemas nos Estados Unidos.

Orçado em US$ 200 milhões, o filme arrecadou pouco menos de US$ 233 milhões pelo mundo, até o momento.

Se o filme arrecadar entre US$ 300 e 325 milhões mundialmente, o prejuízo ficará na casa dos US$ 100 a 120 milhões. O cenário é similar ao de ‘Liga da Justiça’, que também custou US$ 350 milhões, mas arrecadou mais de US$ 600 milhões mundialmente.

Dirigido por Simon Kinberg, o filme é situado em 1992, dez anos após os eventos de 'X-Men: Apocalipse'.

"Os X-Men enfrentam seu inimigo mais formidável e poderoso: um deles, Jean Grey. Durante uma missão de resgate no espaço, Jean é quase morta quando é atingida por uma misteriosa força cósmica. Quando ela volta para casa, essa força não só a torna infinitamente mais poderosa, mas muito mais instável. Lutando com essa entidade dentro dela, Jean desencadeia seus poderes de maneiras que ela não pode compreender nem conter. Com Jean fora de controle, e ferindo aqueles que ela mais ama, ela começa a desvendar a linha que mantém os X-Men juntos. Agora, com esta família desmoronando, eles devem encontrar uma maneira de se unir, não apenas para salvar a alma de Jean, mas para salvar nosso próprio planeta de alienígenas que desejam se armar com essa força e governar a galáxia."

O grandioso elenco conta com James McAvoy, Jennifer Lawrence, Sophie Turner, Jessica Chastain, Nicholas Hoult, Michael Fassbender, Tye Sheridan, Evan Peters, Alexandra Shipp e Kodi Smit-McPhee.

 


COMENTÁRIOS