terça-feira, abril 23, 2024

Zack Snyder revela que NÃO deseja voltar para o DCU: “Não estou atrás do James Gunn”

O renomado cineasta Zack Snyder, reconhecido por sua obra em ‘Liga da Justiça de Zack Snyder’, recentemente abordou a possibilidade de retornar ao universo da DC, revelando uma clara ausência de interesse em voltar ao mundo dos super-heróis.

Ele está agora concentrado em criar obras originais, como seu mais recente projeto, ‘Rebel Moon’, para a Netflix.

Em uma entrevista à The Atlantic, Snyder afirmou: “Não estou atrás do James Gunn, pedindo por um daqueles filmes cativantes. O verdadeiro Santo Graal é uma propriedade intelectual original que você constrói, algo que tenha significado e seja empolgante.”

Zack Snyder deixou a DC Studios em 2017 devido a uma tragédia pessoal, resultando na passagem da direção do filme ‘Liga da Justiça’ para Joss Whedon, conhecido por seu trabalho em ‘Os Vingadores’. Infelizmente, essa versão do filme não obteve sucesso. Em 2021, Snyder retornou para lançar sua própria versão, porém, após esse lançamento, não continuou sua colaboração no Universo Estendido da DC.

É importante notar que o Universo Cinematográfico da DC está passando por uma reinicialização, com ‘Aquaman 2: O Reino Perdido’ marcando o fim dessa era conhecida. O novo capítulo do DCU se inicia em 2025, com ‘Superman: O Legado’, sob a direção de James Gunn.

Atualmente, Zack Snyder está imerso em sua nova franquia, ‘Rebel Moon’, em colaboração com a Netflix. O primeiro filme, intitulado ‘Rebel Moon – Parte 1: A Menina do Fogo’, já está disponível. A tão aguardada sequência, ‘Rebel Moon – Parte 2: A Marcadora de Cicatrizes’, está programada para ser lançada em abril de 2024.

Confira a  sinopse e o teaser de ‘Rebel Moon – Parte 2: A Marcadora de Cicatrizes’:

Rebel Moon – Parte 2: A Marcadora de Cicatrizes‘ dá continuidade à épica saga de Kora e dos guerreiros sobreviventes. Ao lado do corajoso povo de Veldt, eles estão prestes a sacrificar o que for preciso para defender o vilarejo que se tornou lar de quem perdeu tudo e todos na luta contra o Mundo Mãe. Às vésperas da batalha, cada um deles precisa encarar as verdades sobre o próprio passado e os motivos que os levaram a lutar. Com o Reino disposto a aniquilar os rebeldes a qualquer custo, laços são formados, heróis emergem e lendas nascem.

Não deixe de assistir:

O filme estreia em 19 de abril de 2024.

Rebel Moon – Parte 1: A Menina do Fogo‘ já está disponível na plataforma de streaming da Netflix.

Na trama, tropas comandadas por forças tiranas ameaçam acabar com a paz de uma colônia localizada nos confins de uma galáxia, e Kora (Sofia Boutella), uma jovem com um passado misterioso, passa a ser a esperança de sobrevivência de todos.

Com a missão de encontrar guerreiros de outros planetas que possam ajudar a defender a colônia, Kora monta um pequeno grupo formado por forasteiros, rebeldes, camponeses e órfãos de guerra com algo em comum: a necessidade de redenção e vingança.

Com a sombra de um reino se aproximando da mais improvável das luas, uma batalha que decidirá o futuro de uma galáxia se iniciará, dando origem a um exército de heróis.

Snyder reuniu diversos nomes que já colaboraram com ele em seus filmes, como Ray Fisher, o Ciborgue de ‘Liga da Justiça’, e Jena Malone, a Rocket de ‘Sucker Punch‘.

Além disso, o cineasta convidou astros de destaque, incluindo o vencedor do Oscar Anthony Hopkins (‘O Silêncio dos Inocentes’) e o indicado ao Oscar Djimon Hounsou (‘Diamante de Sangue’).

Recebendo duras avaliações da crítica especializada, o longa amarga no momento meros 23% de aprovação no Rotten Tomatoes. Mas seria o filme um verdadeiro fiasco ou talvez um dos grandes projetos do popular diretor?

Confira a nossa crítica em vídeo, feita pela jornalista Rafaela Gomes:

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS