Os relacionamentos amorosos sempre são um ótimo pontapé para roteiristas de todo o mundo que trazem a partir disso reflexões sobre família, moral, escolhas, desejos, até mesmo a infidelidade, entre outras conflituosas questões. Focando na infidelidade, como isso afeta o emocional do traidor e da pessoa traída? Uma série de pontos a serem analisados trazidos por poderosas obras ao longo do tempo nos jogam no nosso pensar e algumas vezes traçando paralelos com alguma história que conhecemos ou ouvimos falar.

Pensando nisso, e afim de explorar esse assunto por meio dos filmes, abaixo segue uma lista com 10 filmes que abordam a infidelidade nos relacionamentos.

 

 


Desobediência

Aproveite para assistir:



O luto e o amor. Depois de excelentes e elogiados trabalhos nos inesquecíveis, Gloria e Uma Mulher Fantástica, o cineasta chileno Sebastián Lelio enfim chegou ao epicentro das produções mundiais com delicado e interessante projeto Desobediência. Baseado no livro homônimo, de Naomi Alderman, o filme gira em torno de algumas situações que ligam a morte ao amor. Nos papéis principais, as duas melhores Rachels do cinema atualmente, McAdams e Weisz, essa última também assina a produção do longa.

 


A Linha Vermelha do Destino

A paciência dos acasos na hora errada. Envolvendo lendas, encontros e desencontros, o romance argentino A Linha Vermelha do Destino, El Hilo Rojo, no original, escrito e dirigido pela cineasta Daniela Goggi baseado na obra homônima de Erika Halvorsen, é um filme com arcos que cansam na melosidade mas provocam raciocínios profundos por conta de uma maturidade para falar de um assunto que gera dor e sofrimento para aqueles que gostam de finais felizes. Os protagonistas, interpretados por Eugenia Suárez e Benjamín Vicuña possuem uma grande harmonia em cena, não beira ao imaginário, muito perto do real. Está disponível no catálogo da Star+.

 

Locke


O amor é um conflito entre nossos reflexos e nossas reflexões. Um carro, diversos diálogos intrigantes, uma estrada que nunca termina e um homem no volante. Filme chato? Nada disso! O trabalho do cineasta inglês Steven Knight é um suspense com alta carga dramática, fruto da espetacular atuação de um dos melhores atores em atividade no mundo do cinema, Tom Hardy. Esse é um daqueles filmes que surpreendem demais.

 

Spagat


As quebras na linha do coração. Segredos, imigrantes ucranianos ilegais na Suíça, uma traição, um estopim inusitado. Dirigido pelo cineasta suíço Christian Johannes Koch, Spagat, que fez parte da ótima programação da Mostra SP 2020 é um longa-metragem suíço com um roteiro afiado (mesmo quando perde um pouco de fôlego nos últimos arcos com entrelinhas não muito bem resolvidas) onde consegue manter um clima de tensão sobre as consequências dos atos dos personagens. O ponto de interseção são as escolhas da protagonista Marina (Rachel Braunschweig em atuação segura) que descamuflam todas as mentiras em um efeito dominó impactante para os envolvidos.

 

A Walk on The Moon

Os indecifráveis códigos do amor. Debutando como diretor de longas-metragens no ano de 1999, com esse trabalho, o ator, produtor e cineasta Tony Goldwyn (o vilão do filme Ghost) tem o mérito de através das linhas do roteiro assinado pela ótima roteirista Pamela Gray, encontrar delicadeza e maturidade para mostrar conflitos e escolhas de uma mulher que faz reflexões sobre a vida de maneira introspectiva, tendo que optar ou não pela inconsequência e as certezas que encontra nas suas atitudes. O projeto conta com duas atuações fantásticas e emocionantes dos artistas Diane Lane e Liev Schreiber. Um filme que poucos conhecem e que merece ser encontrado.


 

Gromozeka

Em meio às dificuldades, o que fazemos com as nossas vidas? O trabalho do diretor Vladimir Kott, Gromozeka, chama a atenção por conta da marginalidade das emoções oriundas de três almas tristes que possuem trabalhos totalmente diferentes do que realmente gostariam. Os coadjuvantes dessa história vão se encontrando, trazendo surpresas para a trama, méritos para o ótimo roteiro assinado pelo próprio diretor. É um hino do desabafo da tristeza, um drama classificado como melancólico, porém, longe de ser chato.


 

Perfeitos Desconhecidos


Não há segredos que o tempo não revele. O longa-metragem espanhol Perfeitos Desconhecidos, oriundo em forma de remake de uma obra homônima italiana lançada em 2016, é um retrato do caótico universo do ser humano quando resolve esconder situações, contornando em mentiras, segredos escondidos e a exposição de tudo que antes ninguém sabia. Dirigido pelo experiente cineasta espanhol Álex de la Iglesia, somos testemunhas de situações constrangedoras e surpreendentes ações durante uma única noite, em meio a um jantar entre amigos.

 

Entre o Amor e a Paixão

Como não gostar de um casal que comemora o aniversário de casamento indo ao cinema? Com uma abertura detalhista, Sarah Polley une Michelle Williams e Seth Rogen em um filme profundo em busca da verdadeira essência da felicidade, assim começamos falando do ótimo Entre o Amor e a Paixão. Na trama somos apresentados a Margot e Lou, um casal muito simpático que enfrenta uma crise definida pela mesmice. O público é guiado para dentro desse relacionamento que logo fica exposto que há um tipo de solidão, tristeza que insiste em tomar conta do ambiente. Com a entrada de um novo vizinho na história, Margot não sabe o que fazer, se fica fiel ao marido que escreve livros sobre cozinhar frangos ou se entrega a uma paixão avassaladora.

 

Infidelidade

Talvez o filme mais conhecido sobre o tema da lista. Na trama, que tem como protagonistas os ótimos Richard Gere e Diane Lane, um casamento infeliz leva uma mulher a traição o que transforma em fúria o sentimento de seu marido pela situação. Lançado em 2002 no nos cinemas de todo o mundo, o filme foi um grande sucesso. A direção é assinada pelo cineasta Adrian Lyne. Disponível na Netflix.

 


Em Segredo

Ambientada em uma Paris do século XIX e baseada na obra Thérèse Raquin do escritor francês Émile Zola, o filme que marca um dos primeiros trabalhos da atriz Elizabeth Olsen, conta a história de uma jovem forçada a estar em um casamento que começa a se sentir atraída por outro homem. Dirigido por Charlie Stratton.

 

Não deixe de assistir: