Quem nunca se divertiu, se arrepiou, se emocionou com cenas familiares ao longo de toda sua trajetória cinéfila? A questão família é abordada de muitas maneiras, algumas rasas outras mais profundas, ao longo de toda a história do cinema. Pensando nisso, resolvemos relembrar 10 filmes que mostram famílias inesquecíveis do universo do cinema:

 

The Farewell

L to R: “Jiang Yongbo, Aoi Mizuhara, Chen Han, Tzi Ma, Awkwafina, Li Xiang, Lu Hong, Zhao Shuzhen.” Courtesy of Big Beach.

O crescimento do nariz de toda uma família. Escrito e dirigido pela cineasta chinesa Lulu Wang em apenas seu segundo longa-metragem, The Farewell (alguns o titulam como A Despedida), grata surpresa na temporada de premiações norte-americanas anos atrás, explora um tema familiar complicado de maneira leve e argumentativa. Há delicadeza por todos os lados. Preenche com elegância os contornos culturais tendo como pano de fundo uma família que possui um problema em comum.



 

Capitão Fantástico

Aproveite para assistir:

Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe. Escrito e dirigido pelo pouco conhecido ator e também cineasta Matt Ross, Capitão Fantástico é um daqueles filmes que deixam nosso coração na boca, faz nosso raciocínio brilhar e mexe intensamente com nosso modo de ver e viver tudo que aprendemos até hoje em nossas vidas. Conta com uma atuação brilhante do grande ator nova iorquino Viggo Mortensen. O longa-metragem de objetivos 118 minutos é, sem dúvidas, um dos grandes filmes quando pensamos em família.



 

A Família Bélier

O que é uma família senão o mais admirável dos governos? O trabalho do cineasta francês Eric Lartigau é uma comédia ao melhor estilo sessão da tarde mas com elementos tão sensíveis que elevam a qualidade da trama a cada frame. Só mesmo um cinema como o francês, que exala qualidade em muitos de seus títulos, para falar com tamanha sutileza sobre os problemas que ocorrem dentro de uma casa.

 

O Clã



Um revolucionário pode perder tudo: a família, a liberdade, até a vida. Menos a moral. O filme é dirigido pelo ótimo cineasta argentino Pablo Trapero, um diretor que adora colocar o dedo na ferida e deixar o público atônito com tantas sequências eletrizantes ao longo de toda sua carreira. Em O Clã, indicado pela Argentina ao Oscar, Trapero vai pelo mesmo caminho, dessa vez entrando a fundo no universo da ditadura e tendo como primeiro plano uma história que aconteceu na realidade sobre uma família que era especializada em sequestros de pessoas ricas. Com uma atuação fantástica do veterano Guillermo Francella e um final para lá de arrepiante, O Clã é um dos grandes filmes argentinos dos últimos tempos.

 

Parasita

Grande vencedor do Oscar 2020 virou sensação do universo cinéfilo dos últimos anos. Parasita merece realmente todos os elogios por sua trama impactante que não deixa de ser interessante um só segundo. Além de abordar temas importantes da nossa sociedade, como o desemprego, o projeto vai rumo ao brilhantismo ao mostrar as linhas psicológicas mais complexas do ser humano e todo seu poder de conseguir o novo e destruir. Escrito e dirigido pelo cineasta sul-coreano Bong Joon Ho (dos excelentes O Expresso do Amanhã e Mother – A Busca Pela Verdade), essa obra-prima asiática é um filme inesquecível, muito por conta de muitas de suas cenas impactantes que vão demorar a sair de nossa memória cinéfila.


 

Aqui em Casa Tudo bem

A verdadeira família é aquela unida pelo espírito e não pelo sangue. Com filmagens realizadas na paradisíaca ilha italiana de Ísquia, no golfo de Nápoles, o trabalho do cineasta Gabriele Muccino (À Procura da Felicidade) reúne diversos personagens em uma comemoração para mostrar todos os altos e baixos, sonhos e esperanças, de uma família que convive pouco junto e quando se reúne, a poeira debaixo do tapete vem à tona. Entre alegrias e tristezas, Muccino retrata, sem muita profundidade dessa vez, o ambiente familiar e suas curiosas histórias.

 

Boyhood – Da Infância à Juventude

Quando chegadas e partidas estão lado a lado, avalie profundamente mas continue corajoso. O brilhante trabalho do experiente cineasta Richard Linklater, é um dos filmes que mais demoraram pra ficar prontos da história do cinema, exatos 12 anos! Mas toda a espera valeu a pena! Contando a trajetória de um menino, da infância à adolescência, Linklater brinda os cinéfilos com uma história rica em verdades e questionamentos profundos sobre toda uma sociedade que variou seu modo de pensar ao longo de toda uma década. Um trabalho inesquecível, absolutamente genial!

 

Viva – A Vida é uma Festa

Falar sobre outras culturas é algo mágico que o cinema transforma em inesquecível A aventura Viva – A Vida é uma Festa é um daqueles filmes que realmente nos fazem emocionar com uma narrativa empolgante, personagens carismáticos com inúmeras mensagens do bem transmitida para todas as idades. O cineasta norte americano Lee Unkrich (de sucessos como Toy Story 3) leva a magia e a beleza de uma cultura rica em elementos transbordarem em carisma do lado de cá da telona.

 

Pequena Miss Sunshine

Em 2006 chegou aos cinemas a saga de uma família, que entre seus dramas e comédias, emociona do primeiro ao último minuto! Pequena Miss Sunshine conta a história da jovem Olive que tem o sonho de participar de um concurso. Assim, dentro de uma combi chamativa, embarca em uma divertida e comovente viagem com o pai, o tio, o avô, o irmão e a mãe. Um filme inesquecível.

 

O Poderoso Chefão

Uma das famílias mais famosas da história do cinema, os corleones! Baseado na obra aclamada do escritor Mario Puzo, O Poderoso Chefão conta a saga entre muitos dramas e escolhas, de umas das mais poderosas famílias da Máfia italiana nos Estados Unidos. Ao longo de sua trilogia vamos vendo o desenrolar dos emblemáticos personagens.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: