Os Vampiros estão presentes na cultura há mais de 100 anos, e pretendem continuar por mais uma eternidade. Nos cinemas, ‘Nosferatu‘ foi o primeiro clássico, vindo do cinema mudo de F. W. Murnau (1922). Mas o início da fama dos vampiros nos cinemas se deu pela interpretação de Bela Lugosi em 1931.

O enigmático ator vivia ‘Drácula‘, baseado no romance de 1897 escrito pelo autor irlandês Bram Stoker, tendo como protagonista o vampiro Conde Drácula. Sem dúvida trata-se do mais famoso conto de vampiros da literatura.

Em 1958, Christopher Lee (o Saruman de ‘Senhor dos Anéis‘) assumiu o papel herdado de Lugosi, e gravou um novo ‘Drácula‘.

Na década de 80, os vampiros dominaram as produções teen. ‘Os Garotos Perdidos‘, ‘A Hora do Espanto‘ e ‘Fome De Viver‘ foram sucessos absolutos.

O gênero também ganhou comédias envolvendo os dentuços: ‘Amor à Primeira Mordida‘, com Nicolas Cage, e ‘Procura-se Rapaz Virgem‘, com Jim Carrey. Nos anos 90, ‘Dracula de Bram Stoker‘ e ‘Entrevista com O Vampiro‘ deram um tom épico ao tema, com superproduções que foram sucesso absoluto nas bilheterias. Mas também teve espaço para filmes divertidos que nunca alcançaram o sucesso nos cinemas, como ‘Buffy – A Caça Vampiros’ e ‘Um Drink no Inferno‘. Os filmes sobre vampiros se recriavam através das décadas.

Com o anúncio de que ‘Entrevista com O Vampiroganhará um remake possivelmente estrelado por Jared Leto, o CinePOP separou os melhores filmes sobre vampiros.

 

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

Confira abaixo os 10 Melhores Filmes sobre Vampiros:

 

10. Deixa Ela Entrar (2008)

Oskar, um garoto ansioso e frágil de 12 anos, é freqüentemente provocado por seus colegas de classe mais fortes, mas nunca se defende. O desejo do menino solitário por um amigo se concretiza quando ele conhece Eli, uma garota da mesma idade, que se muda para a vizinhança com o pai. Séria e pálida, ela só sai de casa à noite e não parece ser afetada pelas baixas temperaturas. Coincidentemente, a cidade começa a ser assombrada por uma série de assassinatos e desaparecimentos inexplicáveis. Sangue parece ser o denominador comum a estes crimes, e para um garoto introvertido como Oskar, que é fascinado por histórias horripilantes, não leva muito tempo até ele perceber que Eli é uma vampira. Mas um romance não declarado surge entre eles, e ela lhe dá a coragem para lutar contra seus agressores. Para sempre congelada num corpo de doze anos, com todos os sentimentos e emoções confusas de uma adolescente, Eli sabe que só pode continuar a viver se seguir em frente. Mas quando Oskar finalmente vai para o confronto, ela retorna para defendê-lo usando a única arma que conhece. Ganhou uma refilmagem norte-americana, quase tão boa quanto o original.

 

9. ‘Underworld – Anjos da Noite’ (2003) e ‘Anjos da Noite: Evolução’ (2006)

underworld2_3

Como o primeiro e segundo são interligados, vamos levar em consideração que esses dois primeiros ‘Anjos da Noite‘ sejam um filme em dois capítulos. Durante séculos, duas raças rivais evoluíram escondidas dos humanos: os aristocráticos Vampiros e os brutais Lycan (os temidos lobisomens). Eles combatem numa guerra secreta que só terminará quando uma das raças for exterminada. No meio dessa batalha a linda vampira Selena descobre uma conspiração dos Lycans para seqüestrar um jovem médico humano que carrega um mistério, ele é a morte e/ou salvação das duas espécies.

O primeiro filme teve seus prós e contras, agradou uma legião apaixonada por vampiros e lobisomens e desagradou aqueles cinéfilos em busca de algo mais… artístico e inteligente. A sequência se trata, realmente, da evolução.

Ao invés de trazer os erros do primeiro filme e transformá-los em acerto, o diretor Len Wiseman decidiu optar pelo lado mais fácil: executar os acertos do primeiro filme e evoluí-los. Sendo assim, os filmes juntos ficaram com um trama bem construída e interessante, além de ação desenfreada e efeitos especiais à lá ‘Matrix‘. Ah, e ainda tem Kate Beckinsale poderosa em roupa de couro apertada. O terceiro filme foi mediano, e o quarto terrível.

 

8. Vampiros de John Carpenter (1998)

vampirosdejohncarter_1

John Carpenter foi, por anos, um dos gênios dos filmes de terror. Ele dirigiu clássicos como Eles Vivem, A Cidade dos AmaldiçoadosHalloween. E antes de cair no limbo, ele dirigiu este ótimo ‘Vampiros‘.

Jack Crow é um exímio caçador de vampiros que junto com sua equipe de mercenários luta contra essas terríveis criaturas. Ao destruir um covil de vampiros no oeste do Novo México, a equipe de Jack é massacrada, restando apenas Tony e o padre Adam para irem atrás deles. A única pista para encontrar o líder Valek, o poderoso vampiro de 600 anos de idade, é a jovem prostituta Katrina, que foi mordida por ele. Logo descobrem que Valek está a procura da Cruz de Berziers, uma ferramenta que dará o poder suficiente para que ele e seus amigos possam conviver à luz do dia.

James Woods está implacável como caçador de vampiros, e a trama mistura suspense e terror com toques de faroeste. Uma produção imperdível.

 

7. Um Drink no Inferno (1996)

Eis um filme de várias faces. Começa como policial, muda para drama e termina com um suspense com vampiros. E o melhor? É uma mistureba muito bem sucedida.

Dois irmãos procurados pela polícia por 16 mortes seqüestram um ex-pastor e seu casal de filhos, para poderem atravessar a fronteira com o México e lá se dirigem à uma casa noturna freqüentada por caminhoneiros e motoqueiros, que é uma mistura de cabaré e prostíbulo. Porém, ao chegarem lá eles se deparam com algo totalmente inacreditável.

Com roteiro de Quentin Tarantino e direção de Robert Rodriguez, Um Drink no Inferno surpreende e se transforma em um cult instantâneo.

O canal norte-americano El Rey Network lançou uma série inspirada no filme, exibida no Brasil pelo Netflix.

 

6. Quando Chega a Escuridão (1987)

quandochegaaescuridao_1

É dificílimo encontrar uma cópia deste filme em VHS no Brasil, e ele nunca foi lançado em DVD. Mas o clássico ‘Quando Chega a Escuridão‘, é um dos maiores filmes de vampiros da década de 80.

Quando Chega a Escuridão‘ acompanha o jovem fazendeiro Caleb Colton, que conhece a jovem e linda Mae, e embarca em uma perigosa aventura. Seus companheiros – Jesse, Severen, Damondback, Homer – formam um grupo de vampiros que semeiam terror e morte em suas investidas à procura de sangue. Nesta assustadora aventura, são envolvidos também o fazendeiro e veterinário Loy, pai de Caleb, que tenta salvar o filho mediante uma transfusão, e a pequena Sarah, irmã de Caleb, que chega a ser sequestrada pelo macabro grupo. Se encontrá-lo, não perca a oportunidade de assistir.

Curiosidades

» A palavra “vampiro” não é mencionada nem uma única vez no filme.

» Uma refilmagem do filme foi cancelada por causa do sucesso de ‘Crepúsculo‘, pois os dois filmes possuem uma sinopse parecida.

 

5. Blade II – O Caçador de Vampiros (2002)

blade2_2

A adaptação de ‘Blade – O Caçador de Vampiros‘ para os cinemas foi muito boa, mas não chegou aos pés desta sequência, dirigida pelo mestre Guillermo del Toro. Blade (Wesley Snipes) é um ser meio homem, meio vampiro que é consumido pelo desejo de vingança contra os seres que atacaram a sua mãe antes mesmo dele nascer e fizeram com que ele se tornasse o que é atualmente. Com isso, ao crescer Blade iniciou uma verdadeira cruzada pessoal para combater e eliminar os vampiros, mas agora uma nova raça mais poderosa chamada reapers, criada a partir de cruzamentos genéticos entre humanos e vampiros, ameaça eliminar ambas as raças. Visto isso, Blade alia-se aos seus maiores inimigos para que, juntos, possam combater esta nova raça de seres. Del Toro criou um show de efeitos visuais, com uma fotografia bela e um roteiro excelente. O filme é imperdível!

Pena que a franquia foi afundada pelo terrível ‘Blade Trinity‘…

Curiosidades:

» As filmagens de Blade 2 ocorreram na cidade de Praga, capital da República Tcheca.

» O orçamento de Blade 2 foi de US$ 55 milhões.

 

4. A Hora do Espanto (1985)

horadoespanto_

Clássico da ‘Sessão da Tarde‘ e um marco na vida dos saudosistas.

Para o jovem Charley Webster (William Ragsdale) nada poderia ser melhor que um velho filme de terror bem tarde da noite. Assim, quando novos moradores ocupam a casa vizinha a experiência de Charley não deixa nenhuma dúvida de que o comportamento estranho dos novos vizinhos é explicado pelo fato de eles serem vampiros. Charley pede ajuda a Peter Vincent (Roddy McDowell), o apresentador do programa de terror preferido de Charley, mas acontece que Peter, além de covarde, não acredita em vampiros e está neste negócio apenas por dinheiro. Além disto, ele está correndo o risco de passar por louco ao dizer que seus vizinhos são vampiros e, para piorar tudo de vez, a mãe de Charley faz algo que deixa o filho apavorado: ela fica encantada com Jerry Dandrige (Chris Sarandon), um dos vampiros, e o convida para entrar na casa dela. Mesmo sendo uma produção que beira o filme B, é diversão garantida do início ao fim. O filme teve uma boa sequência, lançada em 1988. Vale a pena a nostalgia de achar ambos nas locadoras e assistí-los.

Ganhou uma refilmagem em 2011, estrelada por Colin Farrell, totalmente descartável.

Curiosidades:
» Nos EUA, o filme surpreendeu ao superar em seu lançamento a bilheteria de ‘A Hora do Pesadelo 2 – A Vingança de Freddy‘, que gerara expectativas bem maiores.

 

3. Garotos Perdidos (1987)

 garotosperdidos_1

Mais um clássico da ‘Sessão da Tarde‘, ‘Garotos Perdidos‘ continua atual e inteligente. O Jovem Sam (Corey Haim) e seu irmão mais velho adolescente (Jason Patric), eram adolescentes comuns até se mudarem para a pacata Santa Carla, Califórnia. Coisas estranhas começam a acontecer misteriosamente. Michael está agindo de forma estranha, talvez porque seus novos amigos liderados pelo enigmático David (Kiefer Suterland) não sejam nada comuns. Eles são vampiros dispostos a aproveitar a vida, curtir a noite e transformar Michael no mais novo membro de seu grupo.

Aqui, o diretor Joel Schumacher faz um trabalho de gênio, e usa o vampirismo como uma metáfora ao mundo das drogas, que estava em plena evidência nos anos 80. Com um elenco de estrelas que estavam em plena ascensão na época e ainda hoje (Jason Patric, Corey Haim, Kiefer Sutherland e Corey Feldman), possuí um roteiro bem estruturado e muito divertido.

Garotos Perdidos‘ é um filme obrigatório a todos.

Não perca tempo assistindo as lamentáveis sequências, lançadas direto em Home Video.

Curiosidades:
» O título do filme, em inglês The Lost Boys, é uma referência do diretor Joel Schumacher aos personagens de mesmo nome de Peter Pan, que nunca crescem.

» Faz parte da trilha musical do filme uma canção do The Doors, People Are Strange, regravada pela banda inglesa de post-punk Echo and The Bunnymen.

» O ator que interpretou David é Kiefer Sutherland, o mesmo ator de Jack Bauer da série 24 Horas.

 

2. Drácula de Bram Stoker (1992)

Nesta superprodução maravilhosa, Francis Ford Coppola retorna à fonte original do mito de Drácula e faz questão de manter o nome do escritor no nome do filme.

No século XV, um líder e guerreiro dos Cárpatos renega a Igreja quando esta se recusa a enterrar em solo sagrado a mulher que amava, pois ela se matou acreditando que ele estava morto. Assim, perambula através dos séculos como um morto-vivo e, ao contratar um advogado, descobre que a noiva deste é a reencarnação da sua amada. Deste modo, o deixa preso com suas “noivas” e vai para a Londres da Inglaterra vitoriana, no intuito de encontrar a mulher que sempre amou através dos séculos.

Gary Oldman faz o papel do conde apaixonado que pensa ter reencontrado sua amada que fora assassinada séculos antes e não mede esforços para tê-la de volta. Classificar esta fita apenas como mais um filme de terror seria no mínimo injusto. Coppola criou uma verdadeira obra de arte. A começar pelo visual deslumbrante e arrebatador. O elenco é de primeira, com Winona Ryder fazendo o papel de objeto do desejo de Drácula e Anthony Hopkins no de caça vampiros. A produção ganhou 3 merecidíssimos Oscars: de figurinos, maquiagem e efeitos sonoros.

Curiosidades:
» O grito do Príncipe Vlad após ele cortar a cruz com sua espada não é de Gary Oldman. Nesta cena em especial a voz de Oldman foi dublada pela de Lux Interior, vocalista da banda punk The Cramps.

» Sadie Frost decidiu pintar seu cabelo de vermelho após perceber que estava se parecendo muito com Winona Ryder no filme.

 

 

1. Entrevista com o Vampiro (1994)

entrevistacomovampiro_1

A escritora do livro desta adaptação, Anne Rice, não queria nem saber de Tom Cruise no papel do vampiro Lestat. Depois que viu o resultado se retratou publicamente. Realmente tudo funciona bem no filme, o clima gótico e o elenco com 3 grandes nomes de Hollywood, além de Cruise estão Brad Pitt e Antonio Banderas.  Não tem muitos sustos, mas por outro lado, é um dos melhores filmes sobre vampiros já feitos (ou, segundo este editor, O MELHOR).

É noite em São Francisco. Após 200 anos de vida sem fim, Louis de Ponte de Lac (Brad Pitt, de Thelma & Luise) decide contar toda sua história a um jovem

Um repórter (Christian Slater, de Robin Hood – O Príncipe dos Ladrões). Uma história de desejo, terror e êxtase… O conto sombrio do vampiro Lestat (Tom Cruise, de A Firma), a chance de experimentar o poder da eternidade. Lestat… imortal… senhor da noite… o mais atraente e perigoso de todos os vampiros… capaz de saborear os prazeres da noite em busca de novas vítimas para sustentar sua existência. Atormentado por uma vida sem significado, Louis parte para o mundo, à procura de vampiros como ele, e não como Lestat. Encontra apenas violência e destruição, ao lado da pequena Cláudia (Kirsten Dunst) e do enigmático Armand (Antonio Banderas, de Os Reis do Mambo).

Uma obra-prima da literatura e cinema, com uma direção impecável e uma fotografia que enche os olhos de qualquer cinéfilo! Imperdível.

Curiosidades:
» O entrevistador do filme inicialmente seria o ator River Phoenix, que faleceu antes do início das filmagens.

» A atriz Christina Ricci chegou a fazer testes para a personagem Claudia.

 

 

Bônus

Entre outros filmes de vampiros que valem ser assistidos estão: ’30 Dias de Noite’ (2007), ‘Vamp – A Noite dos Vampiros’ (1986), ‘A Dança dos Vampiros’ (1967), ‘Van Helsing – O Caçador de Monstros’ (2004) e ‘Buffy, a Caça-vampiros’ (1992).

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE