‘A Canção do Sul’: Controverso filme da Disney não será adicionado à plataforma Disney+

‘A Canção do Sul’: Controverso filme da Disney não será adicionado à plataforma Disney+



Quando a aguardada plataforma Disney+ for lançada no final de 2019, não trará duas das produções mais controversas e racistas da companhia em questão. Segundo uma nova reportagem do site Boardwalk Times, o serviço de streaming da Disney estará disponível sem o longa-metragem A Canção do Sul, bem como uma versão editada do Dumbo original.

Alguns meses atrás, foi-nos anunciado que o catálogo completo dos estúdios seria, mais cedo ou mais tarde, adicionado à plataforma, levando alguns dos fãs mais devotos do panteão animado a se perguntar quando a obra em questão seria colocado para transmissão.

Para aqueles que não estão familiarizados, A Canção do Sul’ traz um personagem chamado Johnny (Bobby Driscoll), que encontra prazer em trabalhar na plantação de sua avó. Quando lá, a própria narrativa ameniza e romantiza a ideia de escravidão, trazendo inúmeros trabalhadores que se sentem felizes com suas condições.

A controversa cena de Dumbo, por sua vez, envolve o personagem de Jim Crow. Baseado nas leis homônimas da época, que permitiam a segregação racial até meados da década de 1960, Jim emulava as mesmas poses e estereótipos que as caricaturas teatrais que os negros recebiam naquele tempo.


Aproveite para assistir:


Com lançamento marcado para o dia 12 de novembro, a Disney+ será oferecida a 6,99 dólares por mês ou 69,99 dólares anuais. Além do panteão animado da Disney, os fãs também poderão já ter acesso a um ou dois episódios da nova série baseada na franquia Star WarsO Mandaloriano.


COMENTÁRIOS