2020 é um ano bastante interessante para o cinema: apesar da pandemia sem precedentes do novo coronavírus ter colocado em suspensão diversas produções e adiado inúmeros títulos bastante aguardados pelos cinéfilos, vários longas-metragens que influenciaram gerações fazem bodas neste ano, incluindo o controverso e fan-favorite A Casa de Cera, que chegaria aos cinemas há quinze anos.

Diferente do que muitos pensam, a obra dirigida pelo espanhol Jaume Collet-Serra não é um remake ou uma espécia de sequência da lançada em 1953, ainda mais levando em conta que a história de ambas é muito diferente entre si. O filme de 2005 gira em torno de um grupo de jovens a caminho de um jogo de futebol que é obrigado a pedir ajuda em uma estranha e arrepiante cidade fantasma.Estranhamente o único lugar aberto é o museu de cera local, que logo atrai a atenção dos protagonistas pela perfeição das esculturas. Porém, a verdade logo vêm à tona: as figuras expostas, na verdade, são humanos cujos corpos foram cobertos com cera.

Apesar de não ter sido bem recebido pela crítica especializada à época do lançamento, o longa ganhou uma legião de fãs e um semi-status de cult. Além de ter arrecadado mais de US$70 milhões nas bilheterias mundiais (uma das maiores para o gênero slasher), a obra ajudou a lançar a carreira de nomes proeminentes no cenário jovem, ainda mais por trazer nomes como Jared Padalecki (como Wade), Elisha Cuthbert (Carly), Brian Van Holt (Bo e Vincent) e Paris Hilton (Paige).

E, em homenagem ao longa, o CinePOP preparou uma lista com dez curiosidades sobre a produção que você provavelmente não sabia.

Confira:

Aproveite para assistir:

1. PARTE DO ELENCO JÁ HAVIA TRABALHADO JUNTO ANTES

Essa não foi a primeira vez que alguns membros do elenco trabalharam juntos. Na verdade, Padalecki e Chad Michael Murray, que interpretou Nick, estrelaram a série Gilmore Girls nos anos 2000. Além disso, Padalecki e Hilton voltariam a colaborar em um episódio de Supernatural no mesmo ano de estreia do filme – que inclusive faz menção ao terror.

2. PARIS HILTON NÃO FOI A PRIMEIRA ESCOLHA PARA VIVER PAIGE

Antes de Hilton ser elencada como Paige Edwards, a Warner Bros. tinha outros nomes em mente para viver a personagem, incluindo Jennifer Connelly (‘Réquiem para um Sonho’) e Kate Winslet (Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças). O bordão “that’s hot”, inclusive, é dita por vários personagens por essa razão. Vale lembrar que Hilton foi a primeira a ser escalada para o longa.


3. A ESTREIA NO TERROR DE VÁRIOS ATORES

A Casa de Cera foi um marco bem importante na carreira de alguns membros do elenco, por ser o primeiro filme de terror em que participavam – nesse caso, de Padalecki e Cuthbert.

4. PAPEL DUPLO

Van Holt interpreta o papel duplo de Bo e Vincent Sinclair. O motivo pela grande diferença estética entre ambos os personagens foi o resultado de uma extensa transformação promovida pelo departamento de cabelo e maquiagem.

5. TREINAMENTO INTENSIVO

Nos extras do DVD, Hilton revela que, antes da cena de perseguição envolvendo Paige e o assassino, Vincent, ela subiu e desceu uma escada várias vezes para simular alguém ofegante.

6. ESTREIA NA DIREÇÃO

Poucos devem saber disso, mas A Casa de Cera foi a estreia diretorial de Jaume Collet-Serra. O cineasta também é conhecido por outras obras do gênero bastante subversivas, como ‘A Órfã’ (2009) e, mais recentemente, o clamado ‘Águas Rasas’ (2016). Seus próximos projetos incluem Jungle CruiseAdão Negro, ambos com previsão de estreia em 2021.


7. PROCESSO MILIONÁRIO

Em 2004, durante as filmagens do longa, os estúdios Warner Bros. da Austrália, onde o filme foi rodado, pegou fogo e destruiu uma das atrações da companhia. Um processo de 7 milhões de dólares foi aberto contra o expert em efeitos especiais por negligência. O motivo: uma vela acesa deixada em ambiente perigoso.

8. NEM TUDO ERA FEITO DE CERA


Apesar do realismo gráfico, o longa foi construído com uma mistura de pasta de amendoim e cera para a cena que trazia a cama de cera derretendo. Na sequência, Carly e Nick tentam escapar do serial killer. Nos especiais de bastidores, Cuthbert e Murray lamentaram sobre como era difícil se levantar da cama, gravando várias vezes uma única cena.

9. O FANTASMA DE CERA

No filme, o antagonista Vincent usa uma máscara feita de cera para esconder uma terrível desfiguração causada pelo pai quando era criança. Durante o clímax, a máscara cai (literalmente), revelando suas feições verdadeiras. Pouco depois, o filme corta para um lustre no museu que cai do teto – cuja construção traçou inúmeras comparações com o O Fantasma da Ópera (2004).

10. O QUE TERIA ACONTECIDO A BABY JANE?

Nas primeiras cenas de A Casa de Cera, Carly sai para explorar a bizarra cidade de Ambrose e acaba entrando no cinema local. Lá dentro, o clássico O Que Teria Acontecido a Baby Jane?’, única produção da história estrelada por Bette DavisJoan Crawford em conjunto, é transmissão. A escolha da exibição não é ao acaso: tanto o filme de 1962 quanto o de 2005 tratam sobre irmãos disfuncionais e seus relacionamentos de dominação e submissão.


Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE