O ano de 2011 entrou para a história do mundo do entretenimento por ter tido uma mais polêmicas edições do Oscar, graças à estranha e caótica performance dos atores Anne Hathaway e James Franco – apresentadores da premiação.

Com o objetivo de cativar o público mais jovem, a dupla de populares atores subiu ao palco do Dolby Theater para protagonizar o que seria uma das premiações mais peculiares e desconfortáveis do cinema. Enquanto Franco se mostrava apático, desajustado e desconfortável – sem saber muito como proceder -, Hathaway assustou a todos por seu estilo exageradamente animado e alegre, que lhe renderam comparações a uma líder de torcida.

Já o ator que também era um dos grandes indicados o Oscar por sua performance na aclamada cinebiografia ‘127 Horas‘, chegou a ser acusado de estar sob o efeito de drogas – em virtude do seu comportamento.



E 10 anos desde a famigerada premiação a verdade do que de fato aconteceu veio à tona. Em uma recente entrevista ao portal Ringer, os roteiristas da edição de 2011 do Oscar revelaram detalhes e salientaram que o evento já estava fadados ao fracasso antes mesmo do grande dia:

“Foi tipo o encontro às cegas mais desconfortável do mundo, entre o garoto roqueiro e drogado e a adorável líder de torcida do acampamento de teatro”, disse David Wild, um dos roteiristas daquele ano sobre o monólogo de Franco e Hathaway.

Durante os meses de preparação, “Anne se colocou à disposição“, disse Jordan Rubin, outro roteirista da premiação. “Fui até a casa dela e trabalhei no roteiro e ela estava em uma série de vídeo conferências, além de estar respondendo e-mails. E mesmo assim, ela foi uma grande colaboradora”.

Franco, estava filmando um filme enquanto também estava mergulhado em seus estudos (ou ele estava ensinando ou tendo aulas em três faculdades diferentes, incluindo Yale).



“Ele sempre parecia estar em um vôo e foi muito difícil para poder falar com ele”, disse Rubin. “Isso já foi uma bandeira vermelha”.

E uma vez que a dupla começou a trabalhar junta, ficou óbvio que eles tinham personalidades completamente diferentes. Segundo os roteiristas, os dois não conseguiam se conectar e desenvolver uma química atraente durante o processo de preparação e ensaios, o que afetou diretamente na apresentação do Oscar, resultando em uma estranha noite, que entrou para a história da indústria.

 

Aproveite para assistir:



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva