Adeus Fox! Ryan Murphy fecha acordo de exclusividade com a Netflix

Adeus Fox! Ryan Murphy fecha acordo de exclusividade com a Netflix




Após anos de parceria com a 20th Century Fox, o aclamado produtor e diretor Ryan Murphy se despede do estúdio e acaba de firmar uma milionária parceria exclusiva com a Netflix.

O acordo passa a vigorar em primeiro julho, data em que o contrato de Murphy com a Fox se encerra.

Com inúmeras séries originais produzidas para os canais Fox e FX, como ‘American Crime Story‘, ‘Feud‘, ‘Glee‘, ‘American Horror Story‘ e ‘9-1-1‘, Murphy se consagrou no ramo por sua autenticidade e por desenvolver roteiros originais surpreendentes.

Vencedor do Globo de Ouro e do Emmy Awards, ele coleciona elogios da crítica e deve dar sequência nessa admirável trajetória, dessa vez sob os cuidados da maior plataforma de streaming da atualidade.

Aproveite para assistir:


Em um comunicado oficial, Ted Sarandos, chefe de Conteúdo da Netflix, falou sobre o grandioso acordo firmado:

“A séries de Ryan Murphy tem influenciado o atual espírito cultural global, reinventando gêneros, e mudou o curso da história da televisão. Sua incansável dedicação em busca da excelência, para dar voz aos menos representados, seja para ser a vitrine de uma perspectiva única ou simplesmente para chocar a todos nós, permeia seu trabalho que estilhaça padrões. De ‘Nip/Tuck‘ – nossa primeira série licenciada – a ‘American Crime Story: The People V. O.J. Simpson‘ e ‘American Horror Story‘, nós vemos o quanto sua marca de narrativa cativa os consumidores e críticos ao redor do mundo. Seu celebrado trabalho e suas contribuições para a nossa indústria falam por si só e mal podemos esperar para dar suporte a Ryan, para trazer suas vastas e diversificadas histórias para o mundo”.

Com um valor correspondente a US$ 300 milhões, o acordo supera significativamente o primeiro contrato de Murphy com a Fox, firmado em 2010. Na ocasião, o acordo de quatro anos teria sido formalizado por apenas US$ 24 milhões.

Em um comunicado, o produtor também se posicionou, pontuando sua árdua trajetória até chegar a Hollywood, lembrando que as produções já existentes com a Fox seguem seu curso normal sob o seu comando.

Disse:

“Esse momento histórico não será esquecido ou desmerecido por mim. Sou um garoto gay de Indiana que se mudou para Hollywood em 1989 com US$55 da minha poupança nos bolsos. Então o fato dos meus sonhos terem se cristalizado e se tornado uma realidade de forma tão grande é emocionante e surpreendente para mim. Estou inundado de gratidão genuína a Ted Sarandos, Reed Hastings e Cindy Holland da Netflix, por acreditarem em mim e no futuro da minha companhia, que continuará a valorizar mulheres, minorias, heróis e heroínas LGBTQ e eu estou honrado e grato por poder continuar minha parceria com amigos e parceiros da Fox, nas produções que já estamos desenvolvendo”.



COMENTÁRIOS