‘Aladdin’: Entenda o final diferente do live-action

‘Aladdin’: Entenda o final diferente do live-action




O texto abaixo contém SPOILERS!

O live-action de ‘Aladdin’, dirigido por Guy Ritchie, já está nos cinemas, marcando a segunda das três adaptações dos clássicos da Disney que chegam ao cinema este ano. O longa consegue se manter fiel à versão animada de 1992, mas há uma mudança bem grande no final do filme, que se desvia do original. O que isso significa para uma possível sequência?

Quando o Gênio (Will Smith) explica a Aladdin (Mena Massoud) pela primeira vez como os desejos funcionam, ele faz um comentário que parece um tanto estranho. Ele diz que se pudesse, desejaria ser libertado, acrescentando que “desejaria rer humano”. O Gênio insinua que sua visão ideal de uma vida livre existe com limites, assim como é para os seres humanos.

Como no filme original, Aladdin usa seu terceiro e último desejo para libertar o Gênio de suas obrigações, como prometeu. No entanto, quando o Gênio é libertado, ele não se liberta apenas do feitiço. Em vez disso, ele se torna um humano.

Aproveite para assistir:


Por um lado, isso muda a narrativa de uma possível sequência, considerando que o Gênio não pode continuar fazendo magia de agora em diante. No entanto, dá ao Gênio um final ainda mais feliz.

Durante todo o filme, o Gênio flerta com a melhor amiga e serva de Jasmine (Naomi Scott), Dalia (Nasim Pedrad), deixando claro que eles tinham sentimentos um pelo outro. Ao se tornar humano, o Gênio revela seu desejo de se casar e ter filhos com ela, velejando pelo mundo. Depois de sua aventura com Aladdin e Jasmine, o Gênio e Dalia fazem exatamente o que ele sugeriu, vivendo felizes para sempre em seu barco.

No original, o Gênio escolhe viajar pelo mundo depois de deixar Aladdin, mas permanece sendo um gênio, transformá-lo em humano alterou toda essa narrativa.

O que você achou do novo final de ‘Aladdin’?

Confira o trailer da adaptação:

Um jovem humilde descobre uma lâmpada mágica, com um gênio que pode lhe conceder desejos. Agora o rapaz quer conquistar a moça por quem se apaixonou, mas o que ele não sabe é que a jovem é uma princesa que está prestes a se noivar. Agora, com a ajuda do Gênio, ele tenta se passar por um príncipe e para conquistar o amor da moça e a confiança de seu pai.

O elenco conta com Menda Massound (Aladdin), Marwan Kenzari (Jafar), Naomi Scott (Jasmine), Will Smith (Gênio), Navid Negahban (Sultan), Nasim Pedrad (Dalia), Billy Magnussen (Anders) e Numan Acar (Hakim).

O longa já está em exibição nos cinemas nacionais.



COMENTÁRIOS